quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Malu Mulher

Adoro uma boa história e aqui tem várias. Com textos de Manoel Carlos, Euclydes Marinho e outros gênios da teledramaturgia brasileira, o seriado Malu Mulher marcou a história da nossa TV. Recomendo.
Achei muito bom ver cenas dos anos 80, os problemas abordados, o tipo de roupa, gírias, hábitos, a moral vigente e até a decoração, enfim, todo o o comportamento das pessoas em uma época em que o Brasil vivia a transição para a democracia em meio à instabilidade econômica. Lembrei de coisas que vivi na minha infância.
Regina Duarte faz uma socióloga estressada e questionadora que resolve pedir o desquite ao seu marido-banana interpretado por Denis Carvalho. A filha é Narjara Turetta, que interpreta bem uma pré-adolescente. Quem rouba a cena quando aparece é o casal que interpreta os pais de Malu, os atores Antonio Petrin e Sonia Guedes. Adorei rever Christiane Torloni e Lucélia Santos bem novinhas. A música é uma delícia à parte.

Aluguei os dois DVDs por dez dias pagando R$10,00, mas pode-se comprá-los aqui.


RESUMO

Malu Mulher foi um grande sucesso da TV Globo, com criação e direção assinada por Daniel Filho. O seriado exibido entre maio de 1979 e dezembro de 1980 marcou o início da década de 80, trazendo para telinha questões polêmicas e novas visões sobre a mulher, a família e a sociedade. Neste box constam 2 DVDs com 10 episódios selecionados por Denis Carvalho e com a colaboração de Daniel Filho e Manoel Carlos (um dos autores da obra).

O episódio de estréia aborda o processo de separação de Malu e Pedro Henrique, as brigas, a insegurança da filha e a evidente desarmonia no lar. O primeiro ano do seriado mostra as dificuldades de Malu na tentativa de se virar sozinha e conseguir manter a casa e sustentar a filha. No segundo ano, Malu está mais amadurecida e consegue um trabalho fixo num instituto de pesquisa. Tem início então uma nova fase, onde ela está pronta para recomeçar a vida afetiva.
Veja um trecho:







*

9 comentários:

Carol postou o comentário número:

Fiquei com vontade de assistir!
Vou procurar na locadora ou baixar pela net mesmo heheheh
Minha mãe fala bastante desse seriado!

Obrigada pela dica!
Bjs!

Fernanda de Oliveira postou o comentário número:

Oi minha querida, passei para deixar uma beijoca, dizer que estou com saudades e agradecer seu carinho lá no blog, sempre tão presente, obrigada viu!

=]

maria teresa postou o comentário número:

Nossa Fernanda que saudades bateu agora, amava esse seriado, bom saber que tem os DVDs, qualquer hora pego na locadora, assim que acabar esse BBB10 que anda me consumindo e me decepcionando mto, mas como com vicio não tem como brigar, continuo firme e forte, bjos gata

Dricca Kastrup postou o comentário número:

Fe, agora você me trouxe um pedaço de infância, menina ! Muito legal ! Eu adorava esse programa, me emocionava muito. Vou procurar !

bjobjo

Fernanda Reali postou o comentário número:

Oi, meninas! É ótimo sim, podem assistir, embora tenha umas cenas tristes e pesadas no meio, com brigas etc.

Fiquei imaginando que sonho seria se a Globo Filmes lançasse as novelas de antigamente editadas para caberem em uma dúzia de DVDs. Adoraria rever Água Viva e A Sucessora.

Bjs

Daniela Ribas Paim postou o comentário número:

Oi amiga, saudades. Lembro que vi alguns pedaços na infância desta série,gostava, mas minha mãe não me deixava assistir, estou pensando seriamente comprar. Bjs... e adorei sua idéia de vender as novelas antigas, compraria um monte. Bjs...

Telma Maciel postou o comentário número:

Caramba! Eu nem era nascida qndo passou... mas fiquei com vontade de ver tbm, fato! rs
Olha, obrigada pela dica na alimentação da Sofia. Tenho até tentado, mas ela é tãããão difícil... afs... rs
Bjks

Márcia postou o comentário número:

Oi Fe!
Gostei da dica.
Essa série marcou época na TV brasileira, mas eu só conheço pelos trechinhos que vira e mexe o Vídeo Show mostra.
Beijos

Márcia postou o comentário número:

Fe!
Como vc colocou essa cerejinha aí em cima???
kkk
Beijinho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Real Time Analytics