sábado, 14 de agosto de 2010

Closer - Mais Perto




Closer é um filme que trata de relacionamentos descartáveis, do prazer da conquista, das mentiras e do peso da verdade nas relações afetivas.


Closer significa Mais Perto, mas foi chamado no Brasil de Perto Demais, porque os tradutores que renomeiam filmes nunca acertam uma, vamos combinar. Há uma diferença enorme no sentido que o diretor deu - Mais Perto (sentido de aproximar-se) - e o sentido que o tradutor deu - Perto Demais (sentido de invadir o espaço).

Este é um dos meus filmes favoritos, que já vi mais de 20 vezes. Triste, duro, amargo, mas é um filme de amor, ou de desamor. Recomendo ver e rever. Qual a sua cena favorita? Eu tenho várias, mas destaco um diálogo pesado entre Clive Owen e Julia Roberts contando uma traição.










Algumas das muitas frases marcantes:



Eu te divirto, mas te canso!


Por que O AMOR NÃO É SUFICIENTE?

O amor é um acidente esperando para acontecer.



Você não entende nada de amor porque nunca soube o que é ceder .

O desejo é um estranho que você acha que conhece.

Intimidade é uma mentira que nós contamos para nós mesmos.

A verdade é um jogo que você joga para ganhar.



Eu teria te amado pra sempre



Sempre existe a opção entre resistir e se entregar.Não sei quando, mas você teve este momento

Me mostra! Onde está esse amor? Não posso vê-lo, não posso tocá-lo, não posso senti-lo. Posso ouvir algumas palavras, mas não posso fazer nada com suas palavras fáceis!

Não importa o que você diga, é tarde demais.



Dizer a verdade é o que nos diferencia dos demais animais.

Se você acredita em amor à primeira vista, você nunca para de procurar.


Clique neste link para ver o trailer e aqui para ver o clip da música The Blower's Daughter. Saiba todos os detalhes do filme no IMDB. Direção de Mike Nichols, que também dirigiu outro filme que adoro, The Graduate.

*

30 comentários:

Oficina Chic postou o comentário número:

Esse filme é bom demais!
Beijos, bom final de semana :)
Gabi

Roberta M. postou o comentário número:

Depois de Pontes de Madison, é o meu filme favorito, acho perfeito!! beijos

c r i s postou o comentário número:

Oi Fernanda, tô passando pelo tui, mas já estou me sentindo em casa... tem muita coisa prá se pensar neste filme, gosto demais, boa dica!! Bjo e bom findi!!

LUFE postou o comentário número:

Oi Fernanda,
Boa dica... ainda não assisti.
Com esses 4 atores,só pode ser excelente.Vou ver.
bjo

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez postou o comentário número:

VC acredita q ainda não vi esse filme, Fernanda.

Mas vou ver, pela sua recomendação. Sei que vem coisa boa.

Estou precisando mesmo ver um bom filme. Cansado de ver cada filmeco ruim que tem por ai...
bjs e bom fds

Anita postou o comentário número:

fiquei curiosa pra assistir!!! vou procurar na locadora.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez postou o comentário número:

Fê Chiquitita.
Não sei se vc segue o lê esse blog. Mas visite, é dos bons

http://driinfinitoparticular.blogspot.com/

bjs e boa tarde.

Elaine Gaspareto postou o comentário número:

Fernanda,
Uma das cenas do filme que mais me lembro é daquela com a Natalie Portman e o Clive Owen onde ela faz o striptease na boate para ele; ele pode olhar mas não tocar. É uma cena tão triste, tão cheia de sofrimento de ambos que eu sempre sinto vontade de chorar. A antítese do erotismo, né?
Aliás o filme todo me dá vontade de chorar, até a música linda...

Beijos, querida

Marly postou o comentário número:

Também adorei. É um filme imperdível! Pena que aquele tipo de relacionamento que ele retrata tenha se tornado quase que a regra, na vida de muita gente, né?

Beijão e bom fim de semana

Du postou o comentário número:

Fernanda, com certeza um dos melhores filmes que já vi! A cena do início, enquanto toca a música "The Blower's Daughter" é a minha favorita - Natalie Portman no chão depois de ser atropelada, olha para o lindinho do Jude Law dizendo " hello stranger"... Perfeito!:D

Bah postou o comentário número:

Ahhh assisti esse filme e achei melancólico demais... porém, valeu a pena ter visto Julia Roberts interpretando muito bem.

Kisu!

Elaine Canha postou o comentário número:

Assisti o filme apenas uma vez com minhas amigas e acabamos não gostando muito (assistimos ainda no cinema). Acho que vou assistir novamente pra vê-los com outros olhos.

A cena que ainda lembro é quando a personagem de Jude Law descobre o nome da personagem de Natalie nos jagizos rsrs

Beijos

Flavia postou o comentário número:

Oie!!!!
Ja vi esse filme umas trocentas vezes tb, a adoro!!!!
Gosto da cena que Julia Roberts ta tirando fotos do Jude Law...
Adoro os 2 atores, um filme do Jude Law que tb não canso de ver é "o amor não tira ferias", é agua com açucar mas é lindo!

Telma Maciel postou o comentário número:

Fê, assisti uma vez esse filme e... odiei! Mas pq? Pq eu gosto de ver filmes com finais felizes, aqueles romances água com açúcar. Mas gostei da forma que vc expôs o filme e vou procurar assistir de novo.
Realmente é um filme marcante... Gosto qndo vc indica filmes livros ou qquer outra coisa pq vc dá informações que às vezes eu não percebo... Sou lesadinha, vc sabe, rs.
Um beijo!

Andréa Granja postou o comentário número:

Esse filme é uma loucura!

Boa dica!

Beijocas.

Andréa Granja
www.soumaisminhacasa.blogspot.com
@andreagranja

Marcia postou o comentário número:

Puxa, Fer, eu não canso de ver esse filme. Especialmente por conta do que ele traz em relação a casamentos, namoros, aproximar-se e afastar-se, sonhar e lutar por coisas que já não fazem sentido. Confesso que no atual momento da minha vida, é um filme que me cala fundo e me faz pensar.
Beijoca e bom final de semana.

Marliborges postou o comentário número:

Oi Fernada,
Vim aqui por que li teu comment lá no blog da Elaine. E como penso igual sobre essas "regrinhas, que nem leio" rsrs, vim conhecer teu cantinho. E adorei.

Que dica boa essa do filme! Vou aproveitar o findi e pegar na locadora. Bjsss

Giuliana: postou o comentário número:

Oba! Mais uma dica de filme, e vai para minha listinha..rs

De início me confundi com um filme que não me recordo o nome no momento, e tinha detestado, depois que li direitinho vi que estava enganada.

E agora estou louca para assistí-lo. Minha lista de filmes a serem assistidos está cada dia maior..haha

Dá pra colocar mais umas 6 a 10 horinhas no dia? =)

Beijos

Elza Carrara postou o comentário número:

Fernanda, eu adoro esse filme, mas infelizmente ele foi mal interpretado. Tem pessoas que não conseguem lidar com a realidade do tema ou de algumas cenas.
Particularmente acho o filme intenso, pesado e verdadeiro, gosto mais de filmes que contam histórias possíveis de nos acontecer, do que filmes de ficção onde tudo é digitalizado!
A personagem da Alice é minha preferida, sofrida, de alma independente e que se renova a cada decepção. O simbolismo da mudança do cabelo é genial.
Boa dica, espero que quem ainda não viu, sinta vontade de ver.
Bjs e um bom domingo pra vc.

Cintia Branco postou o comentário número:

Fernanda,

Já vi o filme e a história é bem pesada, cheia de idas e vindas, confesso que não está entre os meus favoritos, mas sempre que passa e estou livre, assisto novamente. Como é um filme muito denso, em cada vez que assisto vejo algo novo, não percebido antes, tenho uma nova leitura.
Beijos

Gislaine Fernandes postou o comentário número:

Já vi várias vezes tbm Fê e cada vez a gente tem um olhar diferente!
E a trilha sonora é ótima!
beijos

Janete Pinho postou o comentário número:

Oi Fernanda,
Também já vi este filme um montão de vezes e acho que ainda verei outras tantas vezes. Adoro este filme!
Bjos,
Janete

Lola Sciwinzki postou o comentário número:

Oiiiiiiieeeee.
Fernanda muito obrigada pelos recadinhos que vc deixou lá no blog.
Muito obrigada mesmo.
Menina eu aaaaaaaaaaaaamo esse filme, só no cinema eu vi umas 3 vezes, eu acho um filme perfeito.
O elenco é maravilhoso e tb acho incrível a cena q vc mencionou.
Agora eu já estou bem melhor.
Bjks enormes.

Lady postou o comentário número:

Ei Fernanda!
Sou filha do LUFE e resolvi dar uma volta nos blogs dos fãs dele.

Eu também aaaaaaaaamo esse filme... :)

Notas de Rodapé postou o comentário número:

Adoro esse filme também, é tão profundo! E vc tem toda razão, os tradutores nunca acertam! rsrsrsrs

TECA postou o comentário número:

Fernanda Reali
Sempre gostei de visitar seu blog pois não sei porque ele lembra minha juventude.Deve ser porque voce fala de esmalte e coisas de jovem que eu adoro até hoje.
Esse filme ...ah que lindo muito bom...
Um abraço carinhoso
Teca

Ana SS postou o comentário número:

e a última frase, claro que é a minha predileta.
=)

Elly postou o comentário número:

Amo, amo, amo esse filme! Dolorido por ser tão verdadeiro.

Beijos,
Eliane

Voltar ao topo Real Time Analytics