quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Enxaqueca - Não Aceite Sentir Dor!

Este post foi publicado originalmente no dia 18 de outubro de 2010. Publico novamente, pois teve enorme repercussão aqui e no twitter.


Sofri com enxaquecas incapacitantes por 5 anos e somente consegui me livrar delas com tratamentos médicos e com muita pesquisa. Li bastante sobre o assunto e afirmo que  informação é indispensável nesta luta.

Mapear a dor é fundamental. Anotar diariamente em sua agenda onde e como dói, ou se não dói nada, ou como a dor chegou, e isso tem que ser feito TODOS os dias. Eu desenhava uma cabecinha e marcava um X nos locais afetados e, assim, descobri que havia dois tipos diferentes de dor, em dois locais distintos.

Curei primeiro uma dor lateral, nas têmporas e maçãs do rosto, após usar aparelho ortodôntico e remover os dentes siso. O realinhamento dos dentes foi essencial, a mordida desalinhada causava a crise. A dentista descobriu essa mordida errada depois de pedir uma radiografia panorâmica dos dentes e da face.


A dor de cabeça que vinha com a TPM persisitiu e eu continuei mapeando e pesquisando. Anos depois, após uma bateria de exames, acertei os níveis hormonais com medicamentos e tomei uma fórmula que a médica mandava preparar, contendo ansiolítico e vitamina B, sempre 10 dias antes do fluxo menstrual. Essa enxaqueca que vinha com a TPM durava 10 dias e foi curada. Atualmente, quando tenho esta dor, dura no máximo duas horas.

Tive uma amiga que curou-se da enxaqueca após tratar seus problemas de tireóide.

Digo sempre para minhas amigas e repito: não se conforme com a dor! Sofrer não faz parte do seu pacote! Escolha viver bem.

Aqui vão algumas sugestões do Dr. Oz para diminuir as crises de enxaqueca. Mal não faz, por isso vale a pena tentar! Texto original aqui.

Cortar alimentos que são conhecidos como "gatilhos", ou seja, desencadeadores das crises de dor, tais como:


  • carnes defumadas
  • açúcar
  • chocolate
  • queijos
  • vinho
  • glutamato monossódico (molhos prontos, temperos, servem para dar sabor a alimentos industrializados)
  • café e cafeínas em geral (inclusive as que estão presentes nos refrigerantes e energéticos)

Evitar a dor é melhor do que tratá-la com remédios, mas tendo que tomar remédios, lembre-se de que a medicação mais eficiente é a prescrita pelo médico. Somente tomar analgésicos pode torná-lo mais resistente à dor e trazer efeitos colaterais sérios, como AVC, entre outros.

Dr. Feldmann é o médico mais famoso do Brasil quando se trata de enxaqueca. Consequentemente, o mais caro e inacessível para uma consulta. Felizmente, ele tem um site muito completo que pode ajudá-lo a minimizar suas crises. Leia e divulgue.

Você já sabe o que causa sua dor? Conte aqui, pois seu depoimento pode ajudar alguém que esteja precisando.


ATUALIZANDO

Informações importantes da Joana, do blog  Doces Verdades


Minha opinião de enxaquecosa:



Sofri por 7 anos e os neurologistas que me consultei me indicaram remédios que não tive coragem de tomar.
Também tenho alergia a Dipirona e AAS, e o Paracetamol atingia meu estômago. Ou seja a cada crise era um sofrimento, nada aliviava.
Quando me mudei para São Paulo decidi procurar o melhor, então eu estou me tratando com Dr. Feldmann tem 1 ano (não concordo com o inacessível. Afinal conheço vários médicos particulares que cobram o mesmo que ele por uma consulta).

Ele basicamente indica que para curar a Enxaqueca devemos mudar hábitos de vida - como na hora de dormir e a importância do sol - e ter uma alimentação indicada, cortando vários alimentos que podem desencadear a dor.
Também faço Acupuntura e tomo vitaminas prescrita por ele.

Melhorou bastante minhas crises, mas tenho que tomar um cuidado redobrado para não voltar. 

As causas são diversas, e minha indicação é: procure um especialista!


Leia matéria da Revista Época sobre Enxaqueca aqui.




Atualizando 

Comentário Anônimo

" oi Fernanda, vc tem toda razão, nao da pra aceitar a enxaqueca, so quem tem sabe do que estamos falando... Sofri por muitos anos, anotando tudo o que comi, chegando a conclusões erradas, tomando rios de remedios (ate antidepressivo). Ate que um dia o melhor neurologista da minha cidade decobriu que minha enxaqueca era causada pelo anticoncepcional! Eu chegava a ter duas crises por semana, precisava tomar soro, perdia o dia de trabalho, um horror! Estomago revirado, visão embaçada, confusào mental e dor, muita dor... Hoje tenho crises, mas no maximo tres por ano, assim que parei o anticoncepcional foi como tirar com a mào....Espero ter ajudado alguem, sinceramante!! "



97 comentários:

ELIANA-Coisas Boas da Vida postou o comentário número:

OI FERNANDA BOM DIA QUERIDA
HOJE VOU TER UMA DAQUELAS POIS FIQUEI MUITO NERVOSA COM UM CONTRATEMPO AQUI COM MEUS AMADOS SOBRINHOS SÃO CRIANÇAS TERRÍVEIS,MAS MUITO QUERIDAS!
TENHO ENXAQUECA CONSTANTEMENTE FICO ATÉ 3 DIAS COM MUITA DOR DE CABEÇA!
ADOREI O POST É SEMPRE BOM SABER MAIS!
BEIJO

Silmara F. postou o comentário número:

Adorei sua matéria.
Ontem mesmo, passei o dia todo com enxaqueca, é horrível!
Bjs e mto sucesso.

Clarice Malcorra postou o comentário número:

Hááá obrigado pelo carinho!!!!
Adorei sua visitinha lá no Blog!!!
E não posso mentir que adorei vir aqui!!! Este Post esta 10, ainda mais para mim que passei um Findi do Cão com a maudita Tpm.Hihihi
Beijos,
Clá!!!

Thayla postou o comentário número:

Oi Fernanda! Gostei muito do seu post. Eu sofro muito com dores de cabeça e algumas crises de enxaqueca. A dor de cabeça por exemplo tenho praticamente todos os dias. Minha enxaqueca não chega a ser incapacitante, numa crise mais forte eu sinto pontadas na cabeça e no rosto. Nas crises mais leves só sinto uma pontada na cabeça que vai e vem, quando vem geralmente dura uns 5 segundos aí passa. Já fui ao médico mas não adiantou nada. Vivo a base de remédios, quando sinto que vai dar aquela dorzinha de cabeça já tomo o remédio, não queria que fosse assim mas se eu deixo a dor de cabeça vir e passar sozinha aí sim eu fico de cama. Vou começar a fazer o mapeamento e levar ao médico. Vamos ver no que vai dar.
Bjos e uma ótima semana!

Andreia Lica postou o comentário número:

Fê, eu sofro com dores de cabeça na TPM, mas já sofri muito durante a gravidez do Gustavo, Era insuportável e não podia tomar remédios, o que me curou foi fazer acupuntura, fazia sessões semanais, que exterminaram com as dores durante a gravidez e depois dela tbm,por muito tempo.
Recomendo acupuntura até para a TPM.

Bjão

FLAVIA CRISTINA C. postou o comentário número:

ADOREI AS INFORMAÇÕES, EU TENHO A MORDIDA TORTA E SEMPRE FICO ADIANDO PARA COLOCAR APARELHO, ACHO DIFÍCIL POR TRABALHAR FALANDO, MAS MEU DENTISTA JÁ ME AVISOU. ÓTIMA SEMANA. BEIJOCAS...

Rosangela Loeblein postou o comentário número:

Fernanda,legal teu post, eu sofro de enxaqueca, teve épocas q era mais freqüentes depois q descobri q certos alimentos me causavam as crises comecei a me cuidar e elas diminuíram,hj só tenho as crises quando mesmo sabendo que vou ficar ruim acabo comendo por pura gula.Bjos

Fabiana Tardochi postou o comentário número:

Não tenho tido crises de enxaqueca com frequência. Fiz um tratamento, mas não melhorou 100%. Alimentaçao balanceada ajuda demais a resolver parte do meu problema, quando abuso de algum alimento ( chocolate, frituras, carnes)é crise na certa. Tomei remédios fortes e que quase me levaram a uma depressão, a ajuda médica é sempre a melhor opção, pois só eles sabem direito o que fazer, quais remédios indicar, quais as dosagens certas. Bjs boa semana

Lili postou o comentário número:

Fernandiiinha vc sempre tão atenta...Hummm sofro deste mal desde os cinco anos pq sou muito sensivel...meu corpo sempre responde em algum local qdo estou tensa...e.. a dor de cabeça era constante..hj aprendi a ter uma vida mais saudavel e so sinto a danada qdo realmente passo por algo dificil... já cheguei a tomar remedios diarios para a dor e ganhei de brinde uma gastrite! Hoje estou livre!

Renata postou o comentário número:

Oi Fer!
Muito bom você abordar esse assunto, pois quem é que não tem enxaqueca! Eu tenho várias dores de cabeça, digo várias porque cada tipo tem um gatilho diferente. Tenho problema de atm e as dores são terríveis! Tem a de nervoso, quando estresso muito; tem a da ressaca, quando abuso da cervejinha...tem a de quando fico muito tempo com o cabelo preso, e tem a da fome...quando fico mais de 5 horas sem comer. Já estou acostumada e só tomo analgésico se ela estiver muuuuito forte. Médicos? Já ouvi de tudo, até que era frescura, fazer o quê!
Beijos, Renata
palpitandoemtudo

Leticia postou o comentário número:

Oi Fe
Como vc bem sabe faço parte da trupe das enxaquecosas... tentei alguns tratamentos, mas ainda não posso dizer que foi eficaz.
Desde neurologista louco que me pôs em remédios fortissimos, até ginecologista que achava que era frescura.
Atualmente, faço acumputura 1x por semana, mas se paro, é enxaqueca na certa. Estou com um paleativo, eu sei, mas estava esperando passar a loucura do casamento para procurar um especialista e começar um tratamento real.
As minhas são bem severas, são de TPM e provavelmente de origem hormonal. Essas são as piores. Também tenho algumas alimentares, já descobri que o café e o açúcar refinado são gatinho, por isso evito (por isso, fiz o post da minha opção por uma cafeteira que tivesse chocolate).
Estou considerando a possibilidade de consultar o Dr Feldman, porque é questão de qualidade de vida. Quantas tardes perdi no hospital, chegando chorando para tomar qualquer coisa que aliviasse a dor.
Beijos
lelê

FADINHA postou o comentário número:

Bom dia, Fernanda!
A minha enxaqueca desencadeia-se sempre quando estou vivenciando um momento estressante ou muito nervosa, sabe? É tiro e queda!
Se bem que, já algum tempo não vivencio isso, desde que saí do meu último trabalho, onde me sentia verdadeiramente "sugada"!
Beijão

Falcolina Coisas da Lina postou o comentário número:

Fê, muito legal esse texto! É um mal que atinge muita gente. Só na minha família são 3 melheres que sofrem muuuito com a dna enxaqueca.
Se eu comer queijo amarelo (prato), ou muito chocolate, acabou o dia!!!

Bjs
Lina

Cantinho da Cê postou o comentário número:

Bom dia Fernanda,

Eu nunca tive enxaqueca, mas tinha uma amiga que tinha e ela chegava a ficar de cama mesmo por isso.

Que bom que você descobriu as causas da sua e pode tratá-las.

Beijos,

Ana Paula postou o comentário número:

Fer eu tbm sofro com a bendita enxaqueca. Antes era bem pior, e sentia com frequência, graças a Deus hoje sinto bem menos. O que eu fiz? Não sei rsrsrs... agora cortar algumas coisas na alimentação tipo chocolate é muito dificil. rsrs
Bjs

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez postou o comentário número:

Post completo, nem preciso elogiar e comentar nada.
Mas o que eu gostei mesmo foi o recado. De ninguém se contentar com a dor, com menos, achar que o ruim é normal. eh isso ai. Vc tem mtas leitoras, que te seguem e lêem com atenção. E o recado dado é bem claro: seja feliz, nega!
adorei
eh isso ai!
bom dia Fernanda

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez postou o comentário número:

e complementando. Poxa, dei sorte com isso. nunca tive enxaqueca e raramente tenho dor de cabeça (esse ano não me lembro de ter sentido).
bjs

JuMinako postou o comentário número:

amei o post, eu tenho enxaquecas terríveis!E realmente alimentos como queijos e bebidas alcóolicas tornam mais fortes!!!

Queria saber se vc topa trocar posts de saúde!!

beijus

Ana Kroetz postou o comentário número:

Oi,Fernanda!Também sofro com enxaquecas há 37 anos...Aprendi a reconhecer os gatilhos,já fiz até botox no rosto e na cabeça...Agora estou num período melhor...Mas achei importantíssimo o que vc falou sobre medicamentos...Tomei analgésicos a vida inteira e ganhei um"esôfago de Barret",que tem que ser monitorado a cada 6 meses com endoscopia e biópsia...
Parabéns pelo alerta mais que importante...
Bjs,Ana.

Flávia postou o comentário número:

Oi Fernanda ...Que matéria Maravilhosa!Graças a Deus eu não tenho dores de cabeça,nem enxaqueca,mas meu marido sofre constantemente.Já viu como é homem né!?Se recusa visitar o médico!Mas já anotei o site e hoje sem falta mostrarei pra ele!Obrigada pela dica!
Bjusssss té!

Lola postou o comentário número:

Oi Fer!

Que loucura! Descobri que minhas dores de cabeça são causadas por um desvio de septo que tenho devido a uma fratura de nariz que sofre aos 7 anos de idade! E só serão solucionadas depois de uma cirurgia nasal. Aff!

Bjs

** Dri ** postou o comentário número:

Nem me fale em enxaqueca....kkkkkkk.. Qdo ela vem me derruba!!!!
Amei seu texto e vou começar a prestar mais atenção nisso!!!
bjo bjo

Roberta M. postou o comentário número:

Fer, já tive essas enxaquecas, mas com anticoncepcional de uso continuo, meus problemas acabaram, agora sobrou eventuais dores de cabeça básicas rsss, beijos

Jurubeba postou o comentário número:

Minha opinião de enxaquecosa:

Sofri por 7 anos e os neurologistas que me consultei me indicaram remédios que não tive coragem de tomar.
Também tenho alergia a Dipirona e AAS, e o Paracetamol atingia meu estômago. Ou seja a cada crise era um sofrimento, nada aliviava.
Quando me mudei para São Paulo decidi procurar o melhor, então eu estou me tratando com Dr. Feldmann tem 1 ano (não concordo com o inacessível. Afinal conheço vários médicos particulares que cobram o mesmo que ele por uma consulta).

Ele basicamente indica que para curar a Enxaqueca devemos mudar hábitos de vida - como na hora de dormir e a importância do sol - e ter uma alimentação indicada, cortando vários alimentos que podem desencadear a dor.
Também faço Acupuntura e tomo vitaminas prescrita por ele.

Melhorou bastante minhas crises, mas tenho que tomar um cuidado redobrado para não voltar.

As causas são diversas, e minha indicação é: procure um especialista!

"não se conforme com a dor! Sofrer não faz parte do seu pacote! Escolha viver bem."

c r i s postou o comentário número:

Oi Fernanda, também já tive muitas dores de cabeça, a extração dos dentes do siso, foi o que tornou minha vida melhor!! Agora raramente tenho dor...ótima dica!! Bjo grande!

Anita postou o comentário número:

Excelente matéria e utilíssima, pq só quem sofre ou sofreu com isso é que sabe o terror que é. Qdo solteira..tinha umas crises enlouquecedoras, eram quase 2 dias sem poder andar, mas o meu caso foi descoberto q era da coluna e tensional, com RPG e ansiolítico me livrei desse monstro graças a Deus.Vc colocou perfeitamente, não se pode e nem se deve estar conformada com a dor, nem com nada que nos tire do bem estar, é procurar ajuda especializada e escolher ser feliz. Boa semana p ti.Bjs.

Paty postou o comentário número:

Oi Fe!

Nossa li tudo o que acontece comigo. A questão do aparelho ortodôntico, pra mim é prioridade, pois descobri depois de "velho" que preciso dele, inclusive como estou indo para a casa dos meus sogros agora no fim do mês, já vou começar a correr atrás dessa prioridade por lá, aqui nessa cidade onde moro tudo é complicado para nós. Beijos Paty!

P.S. obrigada por tirar minhas dúvidas qto ao verniz.

Janaína (Abacate) postou o comentário número:

Brilhante como sempre!

Minha causa, EU ATESTO, é hormonal. TPM =enxaqueca, fato! São 3 dias no mínimo, e só com medicação na veia!

Como não posso anticoncepcional oral e tiraram o Nuva Ring de circulação (tanto que estou de 7 semanas), agora é torcer pro ano que vem!

Aquela história de que quando casar sara... É MENTIRA! Só se for casamento religioso, porque no civil não adiantou nada!!!!

Amei o post! Super esclarecedor e útil!

Patricia Daltro postou o comentário número:

Nossa, Fernanda, post maravilhoso sobre o assunto. Eu sofro de enxaqueca, já foi pior, ultimamente está mais controlada. Quando mais nova tinha crises de ter que para a emergência tomar medicamento. Um monte de exames e ainda hoje não se tem certeza do que causava.
Por algum motivo, pós gravidez essas crises hospitalares se encerraram.
Ainda sofro, principalmente pré-menstruação, mas está mais branda.

Cecy postou o comentário número:

Atualmente estou em tratamento, mas o ruim é que ele é de erros e acertos. Já tomei ansiolítico, mudei pílula, tentei homeopatia.
Atualmente estou tomando uma pilula que me dá doses de hormonio no periodo mentrual e diurético 1 semana antes. As crises diminuiram muito, mas ainda existes.
Enxaqueca é muito chato, a maioria das pessoas não entende e dizem que vivemos doentes....
Horrivel

Rita Vieira postou o comentário número:

Oi, minha querida!
Nem me fale...comecei a sofrer com dores horríveis, pesquisando um médico descobriu sinusite crônica, que só curaria operando. Operei. A dor continuou. Agora descubro que tenho rinite alérgica e estou aguardando ansiosa o dia de um homeopata que curou uma amiga minha.

De qualquer forma, ar condicionado, ventilador, perfumes, água sanitária, mudança de tempo, me deixam louca de dor de cabeça e isso ocorre quase toda semana.

Mas estou no caminho da cura. E vc está certíssima! A gente não pode se conformar em viver assim!

Beijo!

Simone Scharamm postou o comentário número:

Oi, Fernanda,
Esse post está incrível! Será muito útil para muitas pessoas, acredite!
Obrigada por compartilhar!
Beijo e boa semana!

fabi postou o comentário número:

ótimo post! graças a Deus não sofro deste mal mas concordo com você não devemos ficar sofrendo de braços cruzados temos que procurar ajuda, só cuidado com essas "receitinhas" milagrosas bom mesmo é buscar ajuda com um profissional competente, beijos

Karla Jeanne postou o comentário número:

Fernanda quase nunca sinto dor de cabeça, Graças a Deus!!!
Mas olhando a lista de alimentos fiquei um pouco preocupada, adoro tudo bem docinho, pareço mais uma formiguinha..rsrsrs.
Vou procurar maneirar né!!!

Semana Abençoada!!!
BJKS DE KARLA***

JOANA CAMPOS postou o comentário número:

Nossa Fê, deve ser horrível....nunca tive graças à Deus! conheço quem tem. aff

Sofre não está no meu pacote, DEFINITIVAMENTE, eu procuraria especialista logo tbém.

Belo post.

Bjs

Joana Campos

Giuliana: postou o comentário número:

Bom, até então não tenho dores de cabeça que possa ser consideradas enxaqueca, ao menos no meu ponto de vista.

Mas esse seu post foi ótimo e é bom até para nós que não temos a ficarmos mais atentos.

Beijos

Rosana Remor postou o comentário número:

Graças a DEUS não tenho este problema.Quando sinto dor de cabeça, tomo qualquer analgésico e passa...Mas esta dicas são ótimas e vou repassá-las.Bjs!!

Ivonete postou o comentário número:

olá Fernanda!
Eu já tive muita enxaqueca. Depois de muitos remédios e médicos resolvi seguir os conselhos de meu pai , que na época já tomava o bendito chá de erva doce ,tomei diariamente por 6 anos, agora já estou curada nada mais me da enxaqueca , mas é preciso persistência tomar todos os dias de preferência a noite .
Beijocas!!!

Florzinha postou o comentário número:

♥ Também tenho enxaqueca, e descobri que alguns alimentos pioram as crises como: ovos e comida muito condimentada. Por isso evito esses tipos de alimento.
Também quando fico nervosa, por isso tento ficar o tempo todo calminha...
Beijos! ♥

Nilce postou o comentário número:

Deve ser terrível ter enxaqueca constante.
Eu só tive duas crises na minha vida e achei horrível. Ainda bem que descobri em tempo que era causada por vinho e nunca mais tomei.
Conheço muitas mulheres que na segunda-feira sempre estão com exaqueca, mas acho que, ou abusaram no domingo ou não querem mesmo trabalhar. kkkk
Excelente este post.

Bjs no coração!

Nilce

Anônimo postou o comentário número:

oi Fernanda, vc tem toda razão, nao da pra aceitar a enxaqueca, so quem tem sabe do que estamos falando... Sofri por muitos anos, anotando tudo o que comi, chegando a conclusões erradas, tomando rios de remedios (ate antidepressivo). Ate que um dia o melhor neurologista da minha cidade decobriu que minha enxaqueca era causada pelo anticoncepcional! Eu chegava a ter duas crises por semana, precisava tomar soro, perdia o dia de trabalho, um horror! Estomago revirado, visão embaçada, confusào mental e dor, muita dor... Hoje tenho crises, mas no maximo tres por ano, assim que parei o anticoncepcional foi como tirar com a mào....Espero ter ajudado alguem, sinceramante!!

Ly Mello postou o comentário número:

Amiga, estou sumida à 1 semana por conta da minha enxaqueca! Uma crise horrível, e não consegui sair dela ainda!
Já li o livro, mas não consigo fazer essa dieta de jeito nenhum!

Bjs.

Kelly postou o comentário número:

Como eu sofro com dores de cabeça constantes. Em junho fui levada ao médico porque não conseguia nem abrir os olhos, a única causa que foi apontada foi o anticoncepcional. Já fiz vários exames neurológicos e nada, já fiz alguns exames de sangue e nada também, mas a dor continua, hoje troquei de remédio com receita médica, vamos ver como fica. Dor não dá pra aguentar, sofro desde os 13 anos!!!!
beijos

SANDRA postou o comentário número:

Amiga,

Posso falar de experiência própria, tive durante anos uma enxaqueca que me torturava, na época da TPM então era o inferno em terra.
Com os anos e depois de muitos exames acabei decobrindo que eu tinha um problema grave de tireóide, a dor de cabeça era apenas um dos sintomas.
Em 2003 fiz uma cirurgia e tirei a glândula tireóide juntamente, daí para cá NUNCA mais tive dor de cabeça.
Não digo que a tireóide seja a única vilã, mas, no meu caso foi ela a responsável por tantos anos de dor.
Agora tenho outra vida, troquei uma dor terrível por uma pequena cicatriz e por um remedinho diário!

Um beijinhoooooo

SANDRA postou o comentário número:
Este comentário foi removido pelo autor.
Káthia Marchand postou o comentário número:

Graças a Deus não é o meu caso, mas, a minha amiga sofre há muitos anos com esta dor.
Já sabemos que está relacionado com o problema na tireóide dela.

Infelizmente ela possui os dois tipos, que é a Hipo e a Hiper... oscila muito.

Ela está verificando a possibilidade de um tratamento, mas, qdo está numa fase o remédio não serve para a outra, e acaba atacando ...

A solução nesta caso seria a acunpultura.

Espero tbm ajudar a alguém com esta dúvida.

Parabéns pela matéria. Um beijo!

Carmen Mesquita postou o comentário número:

Oi, Fe!

Li seu post e gostei muito.
Também tenho uma experiência pessoal e concordo que não se deve aceitar a dor ou então, todos devem ficar atentas aos sinais que o corpo dá.
Eu ignorei por muito tempo estes sinais e sempre colocava a culpa no stress do dia-a-dia e na TPM.
Nos últimos anos comecei com crises de dores de cabeça bem significativas e não ficava sem um analgésico na bolsa. No mínimo 1 vez por semana eu tinha dores e se não tomava remédio crescia de não aguentar ficar em pé.
Conclusão: Pressão arterial alta, muito alta.
Não pertenço a nenhum grupo de risco,não sou fumante, não sou obesa, não estou na menopausa, não tomo anticoncepcional, enfim a única resposta é genética herdada do meu pai.
Depois da pressão controlada não sei mais o que é dor de cabeça.

Nossa saúde é um bem precioso.
Um grande abraço a todos

Josi postou o comentário número:

Oi Fernanda!
Só quem sente mesmo pra saber como é horrível uma crise de enxaqueca. Eu tive um período bem crítico quando construía a minha casa, em que me davam crises durante o trabalho. De repente não conseguia enxergar mais nada, e a dor vinha como uma facada e ficava ali por uns três dias. Também tive crises muito fortes ao ingerir alimentos temperados com pimenta (aquela preta). Mas agora as crises diminuíram muito. E é fundamental que prestemos atenção no nosso corpo mesmo. Ele nos dá sinal de tudo.
Muito bom o post, como sempre.

bjinhos e boa semana....

Flavia postou o comentário número:

dps de velha passei a ter enxaqueca tb, rsss!!! mas eu trabalho de frete pra uma janela (ta, é vista pro mar de ipanema, msm não tira sua culpa! rss!) e acho q a claridade excessiva que ta causando, sera?!
bjsss

Alessandra postou o comentário número:

Não sei o que é isto, mas sei que quem tem sofre muitíssimo.
Gostei do texto.

Bjoquinhas,
Ale

Lu postou o comentário número:

FER, tbem sou enxaquecosa, um horror, tenho que parar no hospital para tomar soro e tudo, é horrível, daquelas de endoidecer mesmo...
me dá vomito, junta a ansiedade, fico meio fora de mim!
Adorei o post...
Bjus

Sorelle Doces e Delícias postou o comentário número:

Olá Fernandinha !!!
Incrível, mas você sempre se supera na ajuda ao próximo , vide esta matéria muito legal para quem sofre de qualquer tipo de dor.
A dor não nasceu com você , logo ,tem que ver ...
Beijocas.

VaneZa postou o comentário número:

O meu marido tem enxaqueca oriunda da gastrite. Se ele come alguamcoisa que afeta a gastrite, ele também tem enxaqueca.

Graças a Deus eu dificilmente tenho dor de cabeça. Muito raro.

Muito esclarecedor esse seu post. Parabéns!

Minha Mãe Sabia... postou o comentário número:

Oi Fernanda tudo bem? Sabe minha enxaqueca acredito ser de herança genética tambem, mas já percebi que tem um fundo de estress muito significativo, por exemplo, quando estou viajando a férias nem lembro que isso existe, fiquei 20 dias no nordeste e neca de dores, mas aqui tenho em média 3 por semana, tenho dores que chegam me dar vomitos e diarreia, tremem minha visão e me dão muita sudorese, ja fiz vários tratamentos e a unica medicação que adiantava saiu do mercado pra reformulação e nao temos previsao de retorno, meu medico ja percebeu que minha enxaqueca alem do fundo emocional, é do meu ritmo de vida acelerado, mas dai te pergunto, quem não tem ritmo acelerado???eu tenho atpe crises hipertensivas com as dores e sempre que elas iniciam tento relaxar... enfim, concordo com vc, nao podemos aceitar sentir dores caladas...

um beijao

adorei seu post

HAZEL postou o comentário número:

Olá, Fernanda!

Vim bisbilhotar o teu sticker! ahahahah
Estou aqui com um sorriso a ver as tuas crianças e os filhos caninos, que máximo. :)

Muito bom este post acerca da enxaqueca. Também tenho às vezes, e parece que a cabeça vai explodir.

Beijos e obrigada :)

Hatz postou o comentário número:

Bom dia Fernanda, vou te passar como fazer a sandalia, mas olha e super facil, obrigado por sua visita. Eu adorei a dupla havaianas e furoshiki vou usar como presente de natal.

bjs

PAULINHA SALES postou o comentário número:

Olá Fernanda... Encontrei seu blog pelo o da Vivi da Amo Craft, simplesmente AMEI... Sou fuxiqueira e blogueira também... Já estou seguindo o seu blog... Visite o meu - http://www.flordechitadeamargosa.blogspot.com/
Aguardo sua visitinha...
Beijinhos Carinhosos
Paulinha Sales

Anônimo postou o comentário número:

Nossa, que super estudo! Apesar de não sofrer deste mal foi bom saber!
Lembrei de vc que gosta de novidades, olha esse blog aqui
http://www.hellokika.com/blog/category/artesanatos/
Amei, tudo lindo demais e feito por uma drag queen!!!

★★ GIZA ★★ postou o comentário número:

OLA
ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO.
TE CONVIDO A ME FAZE RUMA VISITA:
WWW.FLORDELOTUS29.BLOGSPOT.COM
ME SIGA. VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
BEIJOS

Caroline Delvaux postou o comentário número:

Amiga,
Minha irmã sofre de enxaqueca há anos. Já tomou até injeção na cabeça e remédios fortíssimos.
Vou passar esse seu post para ela.
Você é única!!!
Bjkas,
Caroline Delvaux

LUFE postou o comentário número:

Oi Fernanda,
Excelente o post.
Bastante esclarecedor.
A enxaqueca, pelos proprios depoimentos, tem mesmo causas diversas e como você bem disse, o especialista é quem vai determina-las. Vale a pena, não pode ser aceitavel conviver com a dor...

bjo

Jud postou o comentário número:

Oi Fernanda querida:
Dou Graças a Deus todos os dias por nunca ter dor de cabeça! Sei que muita gente sofre com isso.
Beijo
jud-artes

Anne postou o comentário número:

Minha mãe sempre sofreu com dores de cabeça, durante muitos anos. E há um ano ela descobriu que era por causa de uma tireóide...
Fez o tratamento e cirurgia, melhorou em 90%, graças a Deus.
Muito boas as suas informações, esclarecedoras...
Obrigada por rezar por Edu, obrigada por entrar nessa corrente de esperanças, sei que Deus está cuidando dele...
Beijos em teu coração!

Erika Lessnau postou o comentário número:

Olá.....Aí, tb tenho enxaqueca e já sofri mto com isso....
Mas estou aquipara falar de coisa boa....Amei seu blog, já estou seguindo...Inspirada nessas arteiras criativas, fiz um blog tb....Dá uma passadinha lá...
artesdakakau.blogspot.com
Te espero lá! bjos

Adelaide postou o comentário número:

Bom eu sofri muito com minha filha que por volta dos 4 anos começou a se queixar de "dor de testa" doia tanto que minha pequena chegava a vomitar. No inicio achamos que era manha mas como persistiu corremos ao pediatra que pediu raio X de seios da face, mais ressonancia e pesquisa nas famílias para saber se alguem tinha enxaqueca, descoberto o que era, tinhamos outro dilema, como tratar uma criatura tão pequenas, fizemos como vc um diário, eu observando em casa e as tias na escola, o médico recomendou melhorar a alimentação e reduzir o nivel de estress Vc vai pensar estress numa criança... minha filha é naturalmente exigente, sempre queria fazer o melhor... nunca precionei e pasme tivemos que fazer um trabalho para que ela não se cobrasse tanto, agora mesmo em época de prova na escola, eu procuro passear com ela, ver filmes, faço com que o estudo seja algo sem muita cobrança, o contrario das outras mães...rsrs. nesses 9 anos reduzimos a enxaqueca a quase zero e conseguimos manter as notas acima de 8, antes ela só aceitava 10 queria ser sempre a primeira da turma.. a escola era exigente, mudamos ela de escola para uma onde não tinha tanta cobrança, em ser o primeiro... Mas basta um dia de festas com muito refri, chocolate e fritura, ou uma briga com as amigas,que no outro dia ela está com olheiras profundas e aquela dor de cabeça horrivel que a deixa de cama o dia todo.
Por isso adorei seu post que está muito claro e certamente irá ajudar quem ainda não chegou a um diagnostico correto.
Grande abraço

Eliane postou o comentário número:

Oi, Fernanda... mto oportuno este post.
Puxa, tava lendo os comentários... quanta gente com enxaqueca! quantas histórias...
Eu sou mais uma... rsrsr
Já tive enxaquecas horríveis... e só tinha um remédio que dava jeito.
Hoje, as dores aparecerem quando estou mto estressada/preocupada com algo e....... na TPM!!!!!
Procuro não me entupir de remédios... isso significa tomar medicamento no limite da dor, quando tenho um compromisso... no mais, tento não pensar que estou com a bendita... hehe...
Mas já falei com maridão que num guento essa vida, não... especialista jáaaaaa...
bjs bjs
http://www.larfamiliaecia.blogspot.com/

Pri Steil postou o comentário número:

Oi
Adorei.
Também sofro muito com dor de cabeça.
É insuportável.
Tenho desde os 8 anos de idade, e lembro de ficar no quarto escuro, sozinha, e às vezes minha mãe e minhas tias tentavam algo que alguém tinha dito que funcionava: batata na lateral da cabeça, pano com alguma coisa que não lembro o que era na cabeça.. essas coisas.
Remédios tomei muitos, a maioria receitado por médicos, pois frequentemente ia parar na Unimed.
Uma vez um médico receitou "Sonridor Caf" e para mim fez muito bem, pois ele faz efeito muito mais rápido em relação aos outros medicamentos, agora não vivo sem esse remédio.
Para quem ainda sofre com a enxaqueca vale a pena conversar com seu médico sobre esse remédio.

ABração e parabéns pelo blog e pelo post.
Conheci o blog há pouco tempo e desde então passo sempre por aqui.

Pri

Cintia Branco postou o comentário número:

Fernanda,

Não havia comentado ainda, mas na mesma hora que vi o link no twitter mostrei para a amiga que trabalha comigo e sofre de crises terríveis, na semana passada ela ficou internada 4 dias por conta das dores. Ela está fazendo um controle alimentar rígido, segue os conselhos do site desse médico que você citou, mas ainda está sofrendo. Vou aconselhá-la a anotar tudo, assim como você. Só tive enxaqueca até os 22 anos, eram terríveis e de um dia para o outro e de uma cirurgia as pressas, descobri que era sinusite, porém como a inflamação não estava localizada nos seios da face ninguém descobria, até que a mastóide inflamou de um tanto que ficou externa e tive que operar ligeirinho, depois disso nunca mais, foi como se tirassem com a mão. Tenho dores de cabeça esporádicas, geralmente perto do ciclo menstrual e depois de passar alguns estresse ou quando estou com fome. Cruzes, isso virou um tratado.
Beijos

Líviany Moura postou o comentário número:

Ola!!! Parabéns pelo blog! Adorei e ja estou seguindo!!!

Aproveitando a oportunidade, que tal contribuir para a criação de um livrinho de receitas 'online' e ainda concorrer a prêmios diretamente da "Zoropa"? rsrsr

Em um dos meus blogs tô fazendo uma promo bem legal, passa la pra dar uma olhada: http://livianymoura.blogspot.com/2010/10/promo-doce-sucre.html

Beijo grande e parabéns mais uma vez pelo blog!

Fabiano Mayrink postou o comentário número:

Dor de cabeça é fogo, vc me pos a pensar, problema de dentiçao, deve mesmo dar dor de cabeça, nesse momento minha cabeça esta doendo, sou muito ansioso, penso muito, minha cabeça matuta as vezes dia e noite nos sonhos rs, e sono perdido tambem causa isso em mim, as vezes se tem uma coisa que me interessa pra resolver na hora de dormir fico adiando o sono, ninguem merece, muito tempo no pc tambem costuma me dar dor de cabeça

Rafael postou o comentário número:

Olá Fernanda, parabéns pelo blog e pelo ótimo post.

Eu sofro de enxaqueca segundo um neurologista amigo mas perto dos relatos que li aqui posso me considerar um sortudo (aliás achei ver que a maioria que reclama desse mal é mulher).

Minhas crises são bem raras e nunca cheguei ao extremo de sentir enjôo, mas ainda assim a dor é lancinante.

Simpatizo com o sofrimento de todos e fico feliz que você esteja bem melhor. Concordo quando diz que informação é a melhor arma.

Aliás agradeço pelo texto pois agora vou ficar de olho na minha alimentação, horário de sol e também evitar tomar o Cefalium (que é o único que ameniza a dor no meu caso) deixando para somente fazer uso quando a dor for realmente insuportável.

Também vou começar a manter um jornalzinho dos episódios de dor para se algum dia vier a precisar de um tratamento mais detalhado já ter isso em mãos.

Novamente parabéns e desculpe pelo comentário enorme o.O

Eva postou o comentário número:

Oi Fê adorei tua presença e apoio lá no meu blog, também que o ganha é certo e é isso que quero que todas sejam valorizadas. Este teu post é muito propício, eu tenho enxaquecas, surpreendentes tres ou quatro vezes ao ano, de eu ir parar no hospital,com febre alta e vômitos, não conseguiram identificar ainda,a ultima medicação indicada há 4 meses está me deixando mais esperançosa, mas dicas como estas,quanto a alimentação desse post são bem vindas. beijos, adorei teu post!

Dani Coelho postou o comentário número:

Fe, ótimo post.
Eu sofro de enxaqueca e isso é horrível!!!
Estou com uma consulta marcada p/ esse mês e vamos ver o que vai dar...

Fui a um neurologista mês passado e comentei algumas coisas que tinha lido na internet, inclusive no site do dr. Feldmann, como a questão que anticoncepcional e olha o que ele me disse: "Anticoncepcional não dá dor de cabeça, se vc parar de tomar que dá pq vai ficar grávida" Que absurdo... Nem fiz os exames que ele pediu, vou em outro médico agora. Boa sorte p/ mim.

Beijos!

Jud postou o comentário número:

Oi Fernanda,
Diante , do mal da dor,me sinto privilegiada, pois nunca na vida, tive dor de cabeça e agradeço a Deus todos os dias por isso.
Adorei sua receita de risoto de frango, vou fazer.
Bjsssss,
jud-artes.

Casa Corpo e Cia: O jeito mulherzinha de ser. postou o comentário número:

Ô rainha do contra, tu não tem armário embaixo da pia não? Pra quê quer cortina?
Eu uso porque é improviso enquanto não faço o armário...

Mas pódeixá, que se você ganhar, realizo seu desejo como quiser, e quem sabe não boto a minha maquininha debaixo do braço e costuro aí na sua casa?

Mas sabe que aqui o povo é colorido, espalhafatoso mesmo... tudo nordestino, acostumados com chita, bonecos de Olinda... eu tô nesse meio, queria ser do nordeste, mas como não sou, pego carona nos deliciosos costumes deles! Adoro uma moqueca, acarajé, praia, acho lindo o sotaque... um dia eu vou pra lá de vez!

Bjokas!

Casa Corpo e Cia: O jeito mulherzinha de ser. postou o comentário número:

Ah sim, nunca tive enxaqueca, e vez ou outra quando sinto uma dorzinha, evito tomar remédio. Detesto tomar remédio! Qualquer um!

Vem da Terra postou o comentário número:

Adorei seu blog, cheio de boas ideias e informações úteis. Quando puder venha me conhecer. Trabalho com cerâmica artesanal esmaltada e queimada em forno a gás. Um abraço!

nemacharmosa postou o comentário número:

Muito bom lembrar deste mal que atinge tanta gente Fernanda! Graças a Deus não sei o que é sentir dores de cabeça, mas na família do meu esposo tem vários casos. Vou ver se minha sogra e cunhadas lêem.
Parabéns pelo post.
Ótima noite para você

Juliana Maria Carvalho postou o comentário número:

Eu também sofri muito de enxaqueca, mas no meu caso era depressão. Tomar o antidepressivo e praticar atividade física me livraram quase por completo do problema. Hoje em dia qdo tenho (raramente) tomo uma neosaldina... É tiro e queda!

Bjs,

Juliana
www.casadiboneca.blogspot.com

Dona Amélia postou o comentário número:

É, eu venho mapeando a dor, desde que nos falamos sobre isso a primeira vez. Já conversei com o neuro e hoje tomo o medicamento q ele passou nos dias certos, mas percebi que agora a dor tem vindo tb no período da ovulução. Ou seja, mais uma novidade pra conversar com o médico na próxima consulta.
E como quase não como doce e nem tomo café, o sofrimento diminui, e vai diminuir ainda mais, pq estou mesmo reduzindo e cortando alguns alimentos, temperos e bebidas que não ajudam.
E já tenho visto resultados.
Agora é voltar ao oftalmo pra rever o exame de vista, pq meus óculos já não estão mais segurando.

Suas dicas são sempre preciosas.

Mega xêros
Paty

Nile e Richard postou o comentário número:

Oi Fernanda.
Que bom que curou.
Sofrer de dor de cabeça não é nada bom.
Obrigado pelo texto informativo.
bjtos.Nile.

Marcia postou o comentário número:

kkkkkkkkkk
O comentario anonimo é MEU!
Da época que ainda so passeava pelos blogs anonimamente...
Bjs

Anônimo postou o comentário número:

tb tenho crises horríveis, no momento estou tendo aliás.

não entendi sobre a importância do sol, que foi citada pela paciente cuidada pelo dr. Feldman. Pois é justamente o sol, o principal fator desencadeante da minha crise, moro no nordeste e o sol aqui é implacável, tendo ficar bem protegida (casa, trabalho ou shopping) no horário de 11 até 15h, senão é enxaqueca na certa.

Vania postou o comentário número:

Oi Fernanda boa noite !!
Sofri anos e anos com enxaqueca e dor de cabeça...não gosto nem de lembrar !!
Mas vamos lá...de criancinha já sofria com isto e só depois de "macaca velha"...rs, que foi descoberta a causa...vesícula...há dez anos "ela foi pras cucuias"...antes ela do que eu !!!
Melhorou uns 70%...e veio com isso a bandida da pílula anticoncepcional...cortei...e logo após...pressão alta...herança...!!!
Não sei mais o que é enxaqueca uns bons anos...ufa !!!
Dor de cabeça? Só qdo levo um susto muito grande ou qdo fico muito tempo sem tomar café...
Estas informações passadas são "hipersuper" importantes...como diz um amigo...dor não faz parte da gente !!
Desculpe o tamanho do comentário !!
beijo.

Jurubeba postou o comentário número:

Fê,

Vi que um anônimo comentou uma coisa que escrevi.
Primeiro, o sol é importante sim, mas ele não indicou que ficássemos tomando sol durante horas no pior horário (o mais quente). Mas que uma dose diária de sol - somente 5 minutos - é necessário!

Leia esse artigo que ele escreveu:
http://www.enxaqueca.com.br/blog/?p=130 (O sol que cura e o sol que mata)

Por fim, um trecho do livro: "Não existe uma única fórmula mágica aplicável a todos os casos. Cada enxaquecoso tem sua própria história de vida."
"Somos corpo, mente e espírito (personalidade, emoções, coragem, energia, determinação, humor, pensamentos, intenções); portanto, nossa saúde depende da integridade desses três componentes. Cuidar dessas três coisas é a principal saída para a enxaqueca."

Casa de Catarina - lelê postou o comentário número:

Fe
Já tinha lido... tb sou parte da turma... eu estou tentando controlar com a acumputura, mas ainda não descobri a origem, como falei pra vcs.
Já tomei antidepressivo (uó!), já fiz dieta alimentar, mas ainda tenho pelo menos 1 por mês... em períodos críticos de estresse, cheguei a ter 1 por semana...
Este ano, me prometi que vou ao médico, que irei descobrir... acho que vou tentar o médico da Jô!
Beijos
lelê

Juliana postou o comentário número:

feliz 2011,que tudo se realize no ano que vai nascer...!!
parabéns por esse Blog maravilhoso!
espero que continue sempre assim,vim deixar bjux pra vcs, e tb dizer, que o meu blog está bem no começo então espero uma visitinha e um recadinho seu!!

aah e se puder,me ajude a divulgá-lo,por favor:

jujufcjuliana.blogspot.com

e se quiser conversar um pouquinho é só me add no meu msn:julianafcjuju@hotmail.com

mil bjux
(saúde,felicidade,amor,paz e tudo de bom pra sua família!)

Juliana,ou Ju

Dr. Alexandre Feldman postou o comentário número:

Oi Fernanda tudo bem? Muito obrigado pelos elogios e palavras de carinho! Vou continuar estudando, pesquisando e me esforçando para continuar merecendo sempre!!

Neli Alves postou o comentário número:

Nada como seguir um blog inteligente! Comentários consistentes, e até dr. Feldman!!! Tá podendo querida! Você merece. Bjks. Neli

Encontro das Lobas postou o comentário número:

Boa tarde, Fernanda!

Bom, eu sofria com enxaqueca desde adolescente e fui a vários médicos e nada... a uns dois anos descobri, após uma consulta com um Iridologista 0 Dr. Henrique Teixeira, que eu tinha gordura no fígado.
Mudei minha alimentação radicalmente e melhorei.
HOje, percebo que tenho uma crise quando não durmo direito e não como antes, sem motivo aparente.

No meu blog tem uma postagem que explico direitinho como foi.
"Descobri porque os olhos são o espelho da alma"

Depois dá uma olhadinha lá.

Beijinhos e fica com Deus

Gilmara
Blog Encontro das Lobas
http://encontrodaslobas.blogspot.com/

MARIA DE LOURDES CORAZZA postou o comentário número:

Amigas, não sei se irão acreditar, mas irei comentá-la assim mesmo.
Sofri de enxaqueca desde minha adolecencia, hoje estou com 63 anos, li e pesquizei muito sobre enxaqueca, fui a varios médicos, inclusive o ultimo me disse que estaria com enxaqueca cronica, meu deu medicamentos que não tive coragem de tomar, após ler a bula.
Tinha crise 2 x por semana inclusive com aura, que é pior ainda.
No dia 9 de nov. de 2010, vi na tv que era dia do Frei Galvão, e lembrei-me que havia ganho as pilulas, e não tomado, guardei, fui correndo pega-las e disse para mim mesma é hoje.
Fiz a novena e tomei com muita fé,
amigas, desde 9de novembro, não tive mais uma crise, não tomei mais nenhum remédio, inclusive estou comendo de tudo e tomando café , chocolate, ah passei por nervos a flor da pela, stresse, nada me atingiu. Graças a Deus e ao Frei Galvão, recebi uma graça milionaria, melhor que ganhar na megasena.rs.rs.
Estou feliz da vida.

MARIA DE LOURDES CORAZZA postou o comentário número:

Amigas, não sei se irão acreditar, mas irei comentá-la assim mesmo.
Sofri de enxaqueca desde minha adolecencia, hoje estou com 63 anos, li e pesquizei muito sobre enxaqueca, fui a varios médicos, inclusive o ultimo me disse que estaria com enxaqueca cronica, meu deu medicamentos que não tive coragem de tomar, após ler a bula.
Tinha crise 2 x por semana inclusive com aura, que é pior ainda.
No dia 9 de nov. de 2010, vi na tv que era dia do Frei Galvão, e lembrei-me que havia ganho as pilulas, e não tomado, guardei, fui correndo pega-las e disse para mim mesma é hoje.
Fiz a novena e tomei com muita fé,
amigas, desde 9de novembro, não tive mais uma crise, não tomei mais nenhum remédio, inclusive estou comendo de tudo e tomando café , chocolate, ah passei por nervos a flor da pela, stresse, nada me atingiu. Graças a Deus e ao Frei Galvão, recebi uma graça milionaria, melhor que ganhar na megasena.rs.rs.
Estou feliz da vida.

Ana de Almeida postou o comentário número:

Bom eu tenho enxaquecas terríveis, terríveis mesmo de passar uns sete dias com a cabeça doendo! Agora estou fazendo alguns exames pois descobri um desvio de septo e o meu medico disse que as crises podem estar sendo causadas por este motivo. Tenho também muita enxaqueca na epóca da menstruação, minha gineco agora me recomendou usar um anticoncepcional contínuo para ver se amenizava as crises? Alguém já fez este tipo de experiencia? Me ajudem tenho sofrido muito de verdade. Abraços...

junior postou o comentário número:

daniel santos
eu tenho dor de cabeça quando tomo muito sol, mas quando ataca dor de cabeça sinto vômito e passo mal.
o que pode ser isso?

Nice Telemensagem postou o comentário número:

ME AJUDE, por favor.!!
DESDE QUE COMECEI COM TIREÓIDE, HÁ 8 ANOS, Não sei o que é viver sem dor!!Dói o corpo todo!!!AS COSTAS, OMBRO, PESCOÇO, a vida parou pra mim, só tenho 60 anos, já emagreci, só como coisas que fazem bem, soja, sucos, etc..
Nem dormir eu consigo, já operei a tireóide, faço tratamento, NENHUM remédio tira minhas dores, o que fazer?? ME AJUDE POR FAVOR!!
Obrigada.

Samile postou o comentário número:

Nice, tomei Prednisona, que é um corticóide, mas funciona em dia de crise, é só não abusar. O medicamento pode causar inchaço nos tornozelos, mas o benefício compensa, e depois tudo passa. Beijoca!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Real Time Analytics