segunda-feira, 11 de abril de 2011

Generosidade - Fazer o Bem Melhora a Nossa Vida


Uma vez, uma amiga me disse: "quando a gente olha só para o próprio umbigo, a única coisa que a gente vê é um buraco. É preciso erguer os olhos e ver além". Depois de diversas conversas que tivemos, esta frase dela foi decisiva no novo rumo que dei à minha vida. Passei a olhar além do meu próprio umbigo e descobri coisas ótimas.

Eu me sinto bem em fazer o bem, com uma sensação de organização interior, uma sensação de encaixe.

Há um ditado que diz: "As palavras convencem,mas o exemplo arrasta". Abra os olhos e veja exemplos que você pode dar. Conte a todos as suas boas ações e convide as pessoas a repeti-las, não para autopromoção, mas para contagiar os outros. Seja um pequeno elo de uma grande corrente do BEM. Seu corpo vai sentir os efeitos destas boas ações.







Li este texto na Revista Anamaria do dia 17 de Dezembro e guardei a matéria porque achei-a verdadeira.

Os 7 benefícios da generosidade

1- Acalma e traz bem estar: o ato de doar faz com que o cérebro envie sinais positivos para o corpo, deixando a gente em paz.

2-Melhora o ambiente profissional: toda vez que vc.é gentil e atencioso com um colega de trabalho, ganha pontos na equipe, sendo cada vez mais respeitado e admirrado pelos companheiros.

3- É transmissível! Segundo uma pesquisa na internet, quem recebe um presente virtual, mesmo que de uma pessoa desconhecida, tem mais vontade de…presentear os outros.

4- Estimula a liderança. Essa é uma das características de um líder nato, aquele que tem carisma e transmite confiança. E, se pudéssemos escolher, certamente preferiríamos ter chefes bons e generosos.

5- Combate o estresse. Quando estamos irritados ou sob pressão, o cérebro produz um hormônio chamado cortisona, justamente o danado que nos deixa em estado de alerta. Ao ajudar alguém, o corpo imediatamente começa a diminuir a produção de cortisona. E relaxa!

6- Pode ser ensinada. Quem aprende na infância a ser generoso, vira um adulto muito melhor! A molecada tem que ser incentivada a doar brinquedos, roupas, livros e outros artigos que não quer mais ou não usa mais – em bom estado de conservação, porque ninguém merece receber coisas quebradas, caindo aos pedaços, resgadas…No dia a dia, sempre que ganhar uma coisa nova, ensine a retirar uma mais antiga para doar.

7- Diminui a pressão alta. Pesquisadores da Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, garantem que ser generoso diminui os batimentos cardíacos – uma das maneiras de baixar a pressão arterial.




Tays Rocha postou uma série de ações do BEM.
Contagie-se!






35 comentários:

Mahria postou o comentário número:

Eu que sou gordinha, quando faço o bem me sinto tão leve que tenho a sensação que perdi uns quilinhos rs


Bjs
Mah

Tays Rocha postou o comentário número:

Fer, tô aqui bem quietinha hihiihi... tô que nem a Pat, querendo silêncio por hoje, mas não podia deixar de vir ;o) Muito obrigada por me citar, fico muito feliz de ver meu nominho aqui!! Sabe que estou sempre engajada em ações solidárias reais? Fui e sou voluntária no abrigo da prefeitura, para crianças que sofreram grandes traumas e foram retiradas da família, que esperam liberação para adoção, e isso inclui violência física, abuso sexual e outras situações muito deprimentes. Nunca contei, nunca divulguei, porque sempre tive medo disso, que as pessoas achassem que era autopromoção e isso me faz tão bem, o que sinto quando vou lá é tão intenso e imenso! Acho que faço um bem maior prá mim do que prá eles. é uma situação especial, tive que passar por análise psicológica, cadastros e etc... e é sigiloso, não podemos tirar fotos, pela segurança e privacidade dessas crianças. Por causa da Mariana, gestação e etc... há um tempinho que não vou, mas pretendo retomar minhas visitas em breve. Assim como pretendo retomar urgentemente essa semana minha doação de sangue que faço a cada 3 meses religiosamente. Acho que nós somos privilegiados no geral, temos muito mais do que necessitamos prá sermos felizes e vivermos bem, por que não dividir isso? Ajudar? Se doar? Faz bem ao próximo e prá nós é ainda melhor. Eu sou e serei militante sempre em prol da solidariedade, já estou participando da rifa solidária novamente e vcs sabem que sempre que puderem, conte comigo ;o)

Beijocas ♥

Beatriz postou o comentário número:

Uma coisa eu tenho certeza, quando recebo comentários, ganho presetinhos dos blogs, ou até elogios, me sinto muito bem, e assim gosto de fazer o mesmo. De participar mais e de comentar mais, para que outras pessoas sintam a mesma alegria que senti quando recebi. Considero um comentário positivo, um fazer bem ao nosso amigo que postou algo bom para ser visto e compartilhado.
Amei seu post, vai fazer bem para muitas pessoas, assim como fez para mim.
Bjs.

Fernanda de Oliveira postou o comentário número:

Que post MARAVILHOSO! Generosidade, embora com outras palavras, foi um dos mandamentos deixados pelo Pai. Quem consegue exercê-la, sem dúvida, é mais feliz do que o próprio beneficiado.

Beijo grande ♥

Patricia Daltro postou o comentário número:

Post lindo, Fer! E muito importante, já dizia o profeta das ruas do Rio: "Gentileza gera Gentileza" e pra cada ato bom que a gente faz, outros se repetem para outras pessoas...

Um dos filmes que mais gosto é "A Corrente do Bem" - um menino e um ideal de mudar o mundo através de pequenos atos de generosidade faz toda uma cidade mudar!

Julia Thetinski postou o comentário número:

Olá!

Olha só... Quero te convidar pra participar e divulgar essa promo lá no blog Frescurinha:
http://www.frescurinha.com.br/2011/04/ganhe-um-cravo-e-canela-no-frescurinha.html
Vou sortear um sapato da Cravo e Canela, a sua escolha. =)

Pode inscrever todo o pessoal de casa, mãe, irmã, namorado, sempre é mais uma chance, né?

Termina na sexta-feira 15/04.

Boa sorte.
Beijooo

Vivi Oliveira postou o comentário número:

Post fantástico! Bom para refletir.E fazer o bem não custa nadinha,reparou que todos os beneficios e recomendações acima não exigem riqueza,bens materiais, pois o que mais escutamos por aí é que "não posso pq não tenho dinheiro",quando na verdade uma palavra de carinho vale mais que uma esmola,muitas vezes, e exige mais tb,pq vc tem q parar para ouvir.Existe carência de atenção,de gentileza,de educação tb e essas, todo mundo pode dar. Uma boa semana Fernanda ;) Cheirinhos! Vivi Oliveira

Rafaela'art postou o comentário número:

`´E verdade Fernanda, generosidade faz muuuuiiito bem,pena que poucos a tem e dão,bom seria se vivêssemos cheios
de pessoas generosas a nossa volta.Boa semana pra vc e quando de da uma passadinha lá em casa(blog),pra me visitar bjinhu.

calma que estou com pressa postou o comentário número:

oi Fe-
o que a fer de oliveira falou está certissimo - a gente se sente bem melhor doando do quem recebeu e ver a felicidade, um olho marejado por gratidão e nem ter palavras pra te agradecer - é prá guardar pelo resto da vida- eu tenho muitas destas guardadas na minha memória - e tb concordo que o melhor que falar é o ver - eu vi muito ,meus pais generosos , e isto tenho certeza me influenciou
eu não gosto de esmolas, gosto de fazer o bem -e ver o bem que fiz -
estes dias uma baiana aqui perto estava vendendo acaraje , e lá fui eu com papo com ela, uma mulher guerreira , que fica dia após dia fazendo e vendendo acaraje e carrega seus dois filhos de 10 anos e e 8 anos para não ficarem na rua- uma mulher sábia, e papo vai papo vem, ela me falou que o sonho dela era ver os filhos com pc , a como eu qeria poder dar um pc para estas crianças ... e ela me falou que eles não gostavam de ler porque nunca tiveram um livro de gravuras para crianças - sai de lá - Milena e eu fomos direto para o quarto dela pegar alguns livros fofos - agora imagina a carinha deles quando viram aqueles livros e a mãe me olhou com os olhos cheios de gratidão, sem palavras , e eu tb sem palavras - quer coisa melhor que isto ?
fazer o bem faz bem...
bj
lu

Cinderela Descaída postou o comentário número:

Concordo! E fazer o bem não precisa ser alistar-se nos Médicos sem Fronteiras e ir para os confins do mundo. Pode ser ligar para uma amiga que está em um momento difícil e convidá-la para um café, emprestar um ombro para chorar.
bjs

gamela presentes postou o comentário número:

Concordo com o texto integralmente.
E sinto que quando o bem é praticado, sem interesses de recompensas, parece que o universo conspira a seu favor.
Talvez as pessoas egoistas não enxerguem, ah, esqueci, elas estão olhando o seu umbigo...
Beijocas.

Clau Finotti postou o comentário número:

O tipo de texto que me dá prazer em ler.

Me faz ter esperança em um mundo melhor, sabe? Sei que é meio clichê, mas passamos tanto tempo preocupados com nós mesmos que achar uma fraçãozinha prá cuidar dos outros parece impossível às vezes.

Hoje me emocionei de verdade com o post da Tays Rocha e acho que mais blogueiras poderiam divulgar boas ações.

Eu fico muito feliz que muitas já abusam do direito de propagar o bem.

Aprendi com vc que isso não deve ser confundido com tentativa de auto promoção e sim uma exposição do bem que poder servir de exemplo.

Bjo grande.

Clau

Andreia postou o comentário número:

Muito bom este post.... gostei demais, pois sempre acredito que a gente pode mudar o ambiente e até pessoas, com atitudes generosas!
bjos
Andreia
http://artedacaixa.blogspot.com

Camille Nascimento postou o comentário número:

"Fazer o bem, sem olhar a quem!" Minha mãe me ensinou assim, no começo é difícil mas a gente vai apreendendo que tudo que a gente faz de bom ou ruim retorna pra gente então, façamos o bem!
É complicado semear a todo o tempo amor mas, é interessante que façamos com os outros o que gostaríamos que fizessem conosco.
Assim eu vou indo... E nunca perdi com isso!

Fê, preciso que me faça a gentileza de enviar seu endereço pro meu e-mail, quando fui à Ajú na semana retrazada te trouxe um mimo e gostaria de enviar, desculpa mas guardei tão direitinho o seu endereço que não me lembro mais onde, rsrs.

Beijos no coração!!

Bia Jubiart postou o comentário número:

Boa noite Fernanda!

Texto animador, contagiante e tudo muito verdadeiro, tomo deste remédio há bastante tempo... Desde adolescência... Porém sou travada para contar, até que melhorei um pouco, faço da bondade um segredo só meu e de quem recebe (e as vezes quem recebe nem sabe). Acho que isso é que importa, ah! E não dá efeito colateral.

Durma com os anjos protetores.

Beijoooooooooo

Dona Amélia postou o comentário número:

Fazer o bem sem olhar a quem... É essa a filosofia que procuro seguir, firme e forte a cada dia, e nem é pra merecer nada em troca não, faço porque gosto e fico triste quando me sinto impossibilitada de fazer mais, mas tb tenho aprendido, inclusive muito contigo, Fer, que só devo fazer o que está realmente ao meu alcance. Nos dias q puder mais, doo mais, nos dias em que posso menos, doo menos e vou seguindo assim, sempre doando, nem que seja o que sei fazer de melhor, que é ouvir e ser amiga! ;oD

Xêros, amore!
Paty

Caroline Delvaux postou o comentário número:

É isso aí Fê, fazer o bem é a maior de todas as doações.
As pessoas ainda estão muito presas em guardar para sí um sentimento que não precisa ser individual: a felicidade.
Outro dia uma amiga me disse que eu divido o melhor da minha vida com os outros, de graça.
Penso exatamente o contrário, talvez por isso exponha um bocado de acontecimentos felizes e difíceis para as pessoas, não como receitas para uma vida perfeita, mas se algumas coisas dão certo comigo, porque não posso dividir com o outro?
Um dos sentimentos mais legais na vida é a "inspiração". Parte dela se manifesta através da troca do bem. Você faz parte disso. Adorei o post.
Obrigada!!!
Bjkas,
Caroline Delvaux

A FADA DAS AGULHAS postou o comentário número:

Gostei tanto de ler seu texto hoje...Essa é a filosofia de vida que busco pra minha vida,ajudo sempre que posso e esse bem é enorme dentro do meu coração.Não gosto de ficar citando mas colaboro a uns 7 anos em um orfanato aprendo cada vez que vou lá mais um pouquinho.Me emociono,e chego em casa com uma sensação de paz dentro de mim.Agora prá Páscoa estamos organizando coisinhas bem legais,enfim é isso,se cada um fizesse só um pouquinho o mundo poderia ser melhor.
Podem contar comigo,sou em prol da solidariedade,sempre que posso contribuo nas rifas solidárias.

Beijoss amiga!

Thathy postou o comentário número:

Fer, queridona!

Foi engraçado me dar conta de que deve ser a primeira vez que comento aqui, pois já te leio faz tanto tempo... Percebi tb que não estava te seguindo (agora estou), mas nem precisava, pq seu endereço aparece nos mais visitados qdo eu abro nova janela no navegador... rss...

Amei o que vc escreveu hoje... realmente a sensação de fazer o bem é maravilhosa... Mas gostaria de acrescentar mais uma vantagem na sua lista... QUANDO VC AJUDA ALGUÉM, VC PERCEBE QUE AQUELE SEU GRAAANDE PROBLEMA NEM É TÃO GRANDE ASSIM. Vc aprende a dar valor pro que tem e agradecer.

Beijos grandes

Neli Rodrigues postou o comentário número:

A generosidade contagia e isso é mto bom. A gente tem que ter em mente que não vai conseguir ser um Ghandi da noite pro dia, mas podemos fazer nossa parte, mesmo que seja pequena e o exemplo vai mover outras pessoas tb.
Bjs♥

Glaucia postou o comentário número:

Que post mais bonito Fernanda. Uma frase muito sabia essa da sua amiga e uma das grandes verdades do mundo. Precisamos olhar além da gente e lembrar sempre do mais importante dos ensinamentos " Amar ao próximo".
Gostei muito mesmo de ler esse texto e saiba que minha manhã se iniciou mais ensolarada e perfumada.
Beijos

Giuliana: postou o comentário número:

Oi Fê,

Post excelente para começar a semana. ;oD

Aprendi desde pequena o que é generosidade, tenho um exemplo em casa a me espelhar, que é a minha mãe. Como diz ela, não temos nada, mas o que temos podemos compartilhar. E é isso mesmo que fazemos aqui em casa. E tenho total consciência que ainda preciso melhorar muito.

Ser generoso é bem mais fácil do que não ser. =)

Beijos

Moro em um Kinder Ovo postou o comentário número:

Como as pessoas estão precisando refletir sobre isto! Bjos

Lihh artes e coisinhas postou o comentário número:

Olá Fernandinha
Tenho o maior prazer de vir te visitar, por que aqui sempre tem um bálsamo para os olhos e para a mente, leitura da melhor qualidade, parabéns pelos ótimos textos, reais e carregados de positividade.
Um abraço grande
De uma leitora assídua.
Lihh

fabi postou o comentário número:

Que lindo! E podemos começar com coisas bem pequeninas, não precisa ser um grande feito, não... Apenas um sorriso já pode significar muito para uma pessoa, um abraço fabi

Neli Alves postou o comentário número:

Você, a Thais, e outras meninas blogueiras que não vou citar (acabo esquecendo algumas e acho injusto), são um exemplo para todos.
Se cada um fizesse um pouquinho as coisas ficariam mais suaves para a humanidade.
Agradeço em nome dos beneficiados. Bjks e parabéns

Adriana Balreira postou o comentário número:

Fê,

Amei o post hoje. É o que estamos precisando no mundo. Olharmos menos para o nosso próprio umbigo. E tem coisa mais gratificante e bom do que ajudar? É bom demais. Bom para a alma e o corpo.
Beijos
Adriana Balreira

Margarete postou o comentário número:

Oi Fe, com certeza, quando estamos ocupados em fazer o bem nossos problemas se tornam tão pequenos que até desaparecem.
Sou catequista voluntária no colégio de minha filha e estou amando, aprendendo tanto sobre tanta coisa e sempre acho tempo pra fazer mais. É bem aquilo: se quiser pedir algo à alguém, peça àquele que estiver ocupado, pois o desocupado não achará tempo!

Grande beijo!

Gorete Sousa postou o comentário número:

O titulo diz TUDO!!!! amei
great blog!!!
espero sua visitinha
xx

www.ilovenystyle.blogspot.com

Renata Neris postou o comentário número:

Minha religião prega a caridade e tem coisa melhor para se sentir bem? Parabéns pelo post.

Liliane de Paula postou o comentário número:

Eu sempre digo que a caridade não é um virtude passiva.
Não aquela falsa caridade que estou acostumada a vê no dia/dia.
Aliás, eu digo que sinto a catinga das falsas caridosas, caridosos que não enxergam nem o umbigo.

Leticia postou o comentário número:

Fe,
compartilho com você esta idéia de fazer o bem e adorei saber que também tem reações no nosso corpo! Eu aprendi a fazer o bem com a minha mãe, que aprendeu com o meu avô. Mas posso dizer, não faço nada perto do meu avô... um espero ser como ele...
Adorei a frase... vou anotar!!
Beijos
lelê

PS> tem outras coisas boas de fazer o bem:
- amplia a visão, quando paramos de olhar para o nosso umbigo, vemos que o mundo é maior e que muitas vezes nossos problemas são muito menores do que achamos realmente.
- gentileza gera gentileza, é como no filme "Corrente do bem"
- quando vc deixa de focar nos seus problemas e começa a universalizar, já percebeu que os nossos problemas se resolvem? O universo conspira... sabe por que? o foco muda, o problema muda e tudo no fim se transforma!
(desculpa a redação super "ingênua", mas este meu lado é bemmmm assim mesmo...)

Adélia postou o comentário número:

Fernanda, que bom saber por experiencia pessoal que você é bem assim como está postado.
Obrigada por me lembrar que a amizade mesmo longeeeeee está dentro do meu coração! Você é algo precioso e muito forte pra mim, preciso de ti! De tudo que vem de ti....teu amor, compaixão.....Obrigada por tudo o que representas AINDA em minha vida!!! Amo vc

Voltar ao topo Real Time Analytics