terça-feira, 3 de maio de 2011

Como suas Roupas podem Transformar Você

"Não tenho roupa. Nada me serve. Estou gorda demais. Emagreci tanto que nada fica bem. O pior de tudo é o pneu na barriga. Gosto do meu corpo, mas o peito caído acaba com a produção. Não reclamo de nada, só precisava tirar umas fatias da barriga. Me sinto ótima, o problema sao meus braços roliços".

Eu ouço e leio estas frases todo santo dia! Descontentamenots com o corpo que dificilmente serão consertados, pois dependeriam de um personal trainer e muita musculação. Sentar e chorar não é a solução. Se vestir de uma forma que valorize seus pontos fortes e que disfarce os defeitos sim, pode resolver e muito a sua vida.

Este post abre uma série especial sobre o Dia das Mães, com uma visão diferente da se mostra mães e filhos perfeitos em cenas de propaganda comercial. Defeitos? Todas temos. Soluções, só algumas buscam. Vamos juntas refletir sobre o que NÃO está bom e fazer um movimento pessoal de mudança.




SINOPSE DO LIVRO

As consultoras de moda britânicas Trinny e Susannah são conhecidas do público brasileiro pelas orientações e conselhos que apresentam em Esquadrão da Moda, exibido pelo canal por assinatura People + Arts e também pelo livro anterior, que ficou por várias semanas consecutivas na lista dos mais vendidos.

No programa, elas ensinam como ser elegante, de acordo com a personalidade e tipo físico de cada um, e não com as últimas tendências da moda. E, pelas entrevistas feitas com as mulheres que participaram do Esquadrão da Moda, a dupla percebeu um ponto em comum - a falta de coragem para modificar o estilo de vida. A partir daí, concluíram que para conseguir uma transformação efetiva no modo de vestir, é necessário ir além.





As autoras chegaram à conclusão que a solução não está em uma roupa específica, mas também em uma mudança de atitude perante a vida. 'O que suas roupas dizem sobre você?' é mais do que um guia sobre como ser elegante. Nele, as consultoras propõem transformar não só o visual, mas também a maneira de encarar a vida. De acordo com a dupla, ter estilo é a habilidade de mostrar todos os aspectos positivos de quem a pessoa realmente é pela maneira como ela se veste e se apresenta.

Fonte: Livraria da Travessa


Tenho este livro há mais de 2 anos e o releio de vez em quando, pois o vejo como um manual para consultas. Não gosto de comprar roupas, detesto experimentá-las, então me obrigo a ler as dicas antes de sair atrás de alguma peça.

Trechos do livro:

Organize um guarda-roupa com os oito itens perfeitos. Eles serão as pedras fundamentais de seus novos trajes.
.
Cuidado com a "mentalidade de pobreza" que alimenta a sensação de medo e privação. Evite dizer coisas como "Isso é bom demais para mim" ou "Não posso comprar isso" Pense nos motivos para ter esse item e poderá adquiri-lo.
.
Existe uma diferença entre roupa justa e muito apertada. O uso de roupas mais ajustadas faz você parecer mais magra e mais em forma.




Deixe os olhos maiores corrigindo o contorno das sobrancelhas e curvando os cílios. Use rímel SEMPRE que for sair de casa. Religiosamente.
.
Desfaça-se dos jeans largões, das camisetas enormes, blusões de moletom, botas disformes. Deixe só um par de tênis e algumas meias soquete. Do que sobrou, organize conjuntos para diversas partes de sua vida: trabalho, noite, informal elegante, para ficar em casa e para fazer exercícios. Consegue criar dois visuais diferentes para cada ocasião? Se não, do que precisa para preencher o que falta?
.
Sem roupa, dê uma olhada objetiva em seu corpo. Todos têm partes de que não gostam. Concentre-se nas partes que você considera atraentes. Descubra como expor os seus melhores atributos.
.
As lingeries modernas passaram por uma profunda revolução tecnológica. Primeiro, adquira peças que melhorem o seu corpo. Depois saia para comprar roupas novas.


Tenha acessórios ecléticos. Peças que combinam entre si deixam você com visual ultrapassado. Procure sapatos e bolsas que sejam da mesma "família", mas evite a mesma cor, o mesmo tecido, o mesmo tipo de enfeite.
.
Seja mais flexível com seu visual. Aprenda a usar peças avulsas e cores coordenadas, nunca iguais. Atualize as cores de seu guarda-roupas com a compra de blusas e echarpes modernas.
.
Sutiãs de adolescente não são estruturados e deixam seus seios caídos. Compre um sutiã que os levante e, se preciso, com enchimentos.

*

Folheie o livro na Amazon!

Imagens:
Google, Livraria da Travessa, http://www.feelbrandnew.co.uk

Post publicado originalmente em  2009.



ATUALIZANDO

com dicas de Ana Maria para afinar a silueta



Aposte em 


1. Vestido envelope
2. Vestidos com decote em V
3. Camisa de botões
4. Cardigã (use aberto)
5. Blusa ou camiseta com decote em V
6. Blazer acinturado (use aberto)
7. Calça de pernas retas
8. Calça com boca levemente aberta



Evite sempre

Roupas
1. Gola careca
2. Saia ou vestido com babados em camadas
3. Saia ou vestido longuete
4. Calça capri ou pescador, no meio da canela
5. Calça skinny justa demais
6. Calça largona desde a cintura
7. Gola alta
8. Vestido modelo "saco", reto, sem marcar a cintura
9. Blusa ou camiseta que deixa a barriga de fora

· Acessórios
10. Gargantilha
11. Sapatos com tiras no tornozelo

· Detalhes
12. Jeans com lavagem clara nas coxas e "bigodes" (linhas horizontais perto da virilha)
13. Cintura muito baixa
14. Barra da calça sobrando
15. Balonê e babados
16. Looks contrastantes, como calça escura com blusa clara, por exemplo



42 comentários:

Roberta M. postou o comentário número:

Bom senso ajuda muito na hora de se vestir, perceber que com a idade e talvez algumas mudanças no corpo, é preciso mudar nossos conceitos, e é bem dificil, pois a nossa cabeça nao acompanha o corpo rssss, beijosss

Rosana Francisco postou o comentário número:

eu li tudo amiga...mas e qdo a gente esta acima do peso, se sentindo a mais horrorosa de todas e não tem vontade de se arrumar, o que fazemos???to assim.......snif...tem pessoas que se aceitam gordas e se vestem super bem, mas eu não me aceito...nada fica bom...tem remedio no meu caso??kkkkkkk
bjinhussss....Rosana

CAROL EIBEL postou o comentário número:

Oi Fernanda Adorei as dicas e hoje mesmo tinha polanejado reorganizar meu guarda roupa devido a troca de temperatura e vou seguir sua dicas

Obrigada

Caról Eibel

Vivian postou o comentário número:

é difícil encontrar uma mulher que não tenha o roupeiro abarrotado e mesmo assim diga que não tem o que vestir. Eu cheguei a conclusão, por experiência própria, de que falta é estilo, criatividade, capacidade de escolher as peças certas. Isso demanda tempo, desarrumação e paciência em frente ao espelho, coisa que muitas (eu mesma) não têm !!!!

bj

Flaviane Koti postou o comentário número:

Vc sempre bola um jeito de melhorar a vida das mulheres, fazendo-as se gostarem mais e isso é muito legal.
Tenho o primeiro livro delas e é muito bom, são dicas atemporais, que podem ser usadas em todas as idades.
Bjs

Adriana Balreira postou o comentário número:

Fê,
Já tinha visto esse livro nas livrarias mas achava que não valia a pena te-lo. Agora que vc postou um pouquinho do que é o livro me deu vontade de compra-lo. Em relação a roupas quando vou comprar lembro do que tenho em casa e se vai combinar com o que tenho. Não sou consumista e compro por comprar. Só se realmente tiver precisando e/ou combinar com outras peças.
Beijos
Adriana

Denise David postou o comentário número:

Fernanda, sou sua fã de carteirinha!
Amo o Tim Gun, guru de moda... Vc está me saindo uma guru tb!
Sempre penso nisso: que roupa evidencia o meu melhor e "esconde" o que não é tão bom? rsrs...
Beijocas e parabéns pela post!

Gaby postou o comentário número:

Oi Fer,
Me sinto mais a vontade para me vestir melhor no inverno, as roupas são mais elegantes e a gente fica mais chique, e com poucas peças mudando os acessórios como sintos , cachecol echarpes fica 10, também sou gordinha e me aceito bem só tenho que usar roupas que me valorizam.
Amei seu post.

Bjs

Kawaii Biscuit postou o comentário número:

Eu sempre assistia ao programa delas.
Quando elas falavam assim:
Você é daquelas que usa uniforme, calça jeans e camiseta e se arruma em 5 minutos pra sair?
Eu pensava, nossa, essa sou eu.. rsrs..
Depois disso comecei a me arrumar melhor, passei a escolher algumas roupas mais decotadas que diziam que parecemos mais magras. Quanto ao rímel, tinha até me esquecido, foi bom ter lembrado.

Bjs, Rosa.

Turquezza postou o comentário número:

Depois de muito tempo estou aprendendo a comprar direito.
Não levar qualquer coisa para casa.
É melhor menos e mais interessante.
Armário abarrotado é sinal de desorganização e compulsão por compras.
Precisamos de poucas e boas, não é?
Beijos.

Iram M. postou o comentário número:

Hum!
Era um post desse que eu procurava.

Sucesso, Fernanda. Com certeza, pois é um tema interessante, eu adoro.

Beijos

Rita Vieira postou o comentário número:

Eu adoro assistir o esquadrão da moda, mas não tenho tv a cabo, vejo o do sbt mesmo... e já aprendi horrores com esse programa.

Acho engraçado que depois que comecei a aprender, fiquei mil vezes mais crítica do que já era e tenho menos e menos roupas... rsrs... e a minha família fica pê da vida comigo, não me dão mais roupas de presente porque eu fico aplicando as coisas que aprendi: não posso isso, não devo aquilo... rsrsrs...

Mas me interessei pelo livro, vou ver se compro.

Beijão, amoreco!

Lola postou o comentário número:

Fer, seu post veio a calhar num momento que estou passando...às vezes me dá vontade de gastar os tubos com roupas novas, mesmo sabendo que estou meio dura de $...daí eu me lembro que o meu descontentamento não é com o guarda-roupa, mas comigo mesma! E me lembro mais ainda que você pode estar vestida com um saco de batatas, mas se tiver atitude e uma boa auto-estima, vai estar maravilhosa!

Bjs

Zondra Art postou o comentário número:

Great and very interesting post dear Fernanda, I lake it!

Have a nice day, kisses:)

Mara postou o comentário número:

logo hoje que eu acordei de mimimi que nada está legal no meu guarda roupa...

Cristiane Félix postou o comentário número:

Adorei o post e as dicas são otímas. Criatividade ajuda muito!
Abraço.
Cris

Flavinha Gomes postou o comentário número:

Obrigada, Fernanda! Eu precisava ler isso. Ando tão down... Bj, querida.

Meu espaço do meu jeito: A arte de ser mulher postou o comentário número:

Amei as dicas, e confesso que procuro valorizar em mim o que realmente gosto e disfarço outras partes.
Obrigada pelas dicas.
Bjo,bjo.

Santinha postou o comentário número:

Estamos falando a mesma lingua viu Fe? Meu post chama nossa atenção para o espelho, bom senso e moderação.
Bom reler.
bj
yvone

Pri Araujo postou o comentário número:

Oi Fe, eu adoro os livros delas, tenho todos!!! as dicas são muito boas mesmo!!! bjocasss

Carine Gimenez postou o comentário número:

Toda mulher deveria comprar esse livro. Me interessei muito.
Você sempre buscando meios de ajudar a mulherada a sentir cada vez melhor!
Beijos.

Kinha postou o comentário número:

Bem, eu me insiro no grupo que adoraria tirar umas fatias da barriga, rsrs e dar um up nos seios e no bumbum também não seria ruim, hehehe
Mas as suas dicas estão ótimas e a lingerie certa pode fazer milagres!

Giuliana: postou o comentário número:

Oi Fê,

Manual essencial para toda mulher, né? ;oD

Só de ler as dicas que postou já gostei, imagino que deve ser uma bomba de aprendizado.

Beijos

Adelaide postou o comentário número:

Fernanda, eu sou fão de carterinha destas duas autoras, e concordo com as blogueiras que dizem que vestir o corpo gordo parece que não dá pra ficar linda. Mas....estar acima do peso com roupas que não te valorizam é pessimo, e deixar o guarda-roupa cheio de roupas que um dia irão servir é perda de espaço e tortura. Adorei as dicas e acho válido que principalmente quem (assim como eu) está acima do peso correr vestir o corpo com roupas que fiquem bem.
Abraços

Cinderela Descaída postou o comentário número:

Eu adorava ver este programa! Quem não adoraria receber uma grana para gastar depois de umas orientações profissionais?
Ótimas dicas!
bjs

É Preciso saber viver! postou o comentário número:

Oi Fernanda....

Nossa,quantas dicas legais!
É tudo o que uma mulher precisa saber,sobre como se vestir melhor!

Continuo acompanhando todos os dias seu blog.
Me surpreendo,com todos os assuntos!
Vc é muito versátil em tudo o que escreve!

bjs!

Rosana Remor postou o comentário número:

Fê,eu tento ser o mais básica o possívei,detesto andar na moda,me sinto uma tola...sabe quando a gente vai comprar uma roupa e a vendedora diz: leva,tá todo mundo usando!Pronto,eu não levo de jeito nenhum!Gosto de discrição, cada roupa na sua ocasião.Tenho uniforme para trabalhar, tenho roupas para ficar em casa,para malhar,para passear,para sair à noite...Acompanho blogs de moda e procuro usar alguns acessórios que valorizem as roupas.Acho que acerto!Bjs!!

Mariane Prospero Polins postou o comentário número:

Adorei o comentário sobre os sutiãs de adolescente...há pouco tempo descobri que a marca Mourisco, que um dia foi da minha família, e é antiquíssima faz sutiãs para "mulheres maduras" e ralmente caem bem melhor do que tantos outros por aí. Com tanta mulher de peitão no post aí embaixo talvez a dica valha pra alguém (além de mim, claro)!
Bjinho!

Caroline Delvaux postou o comentário número:

Adoreiiii...
Eu acompanho diariamente essas "transformações" pois vejo na prática (na minha loja) as necessidades e dificuldades das pessoas em se encontrarem nas vestimentas.
Sou uma facilitadora e representante da moda, é a minha profissão hoje, mas nunca, em hipótese alguma, deixo de esclarecer para as minhas clientes e amigas, que roupas só complementam um conjuto de qualidades que está dentro de nós mesmas e se resumem em duas pequenas palavras: atitude e segurança. O resto é puro complemento...
Dicas ótimas as do livro, muitas vezes um simples sutiã que nem aparece muda um visul inteiro.
Muito legal esse post Fê.
Bjkas,
Caroline Delvaux

Janete postou o comentário número:

Uma ótima dica essa! Realmente nem tudo que está na moda, faz a gente se sentir bem! Acho que o importante é isso, se sentir bem com o que estiver usando, claro a criatividade ajuda muito e o bom senso também! Bjos

Iara postou o comentário número:

Obrigado Fe, eu ando precisando desses conselhos mesmo, porque ando sentindo que nada encaixa em mim.
Vou ver se encontro este livro inclusive, to precisando me ajeitar um pouco na vida. kkk
É sempre bom vir aqui e sair mais animada.
Adoro você.

Cristiane Carvalho postou o comentário número:

Olá, eu ando meio sumida rsrs gosto muito de passar por aqui me faz muito bem me inspira a sonhar, tudo de bom, passei pra deixar meu carinho bjs Cris

Mariana Malagurti postou o comentário número:

É... não adianta ver uma roupa de modelo na Tv e querer que fique boa em você. Eu por exemplo sofro com as minhas coxas e batatas roliças. hehehe. Ótimo post, Adorei as dicas./ beijos

SANDRA postou o comentário número:

Oi Querida!

Adoro o ESQUADRÃO da MODA, em qualquer versão: Na Inglesa com a Trinny e Susannah, na Americada no a Stace e o Clyntou, ou, na Brasileira com a Isabele e o Arlindo!
Todas estas duplas dão dicas maravilhosas para a mulherada aprender a se valorizar....
Amiga, tu tens toda a razão......a gente tem que valorizar o que tem de bom, e aprender a esconder o que tem de ruim......

Muito TRI teu POST!
Beijinhosssssssss

Patricia Daltro postou o comentário número:

O meu problema é que só gosto da roupa que está na vitrine, nunca da que está no meu guarda-roupa! rs
Boas as dicas, vale a pena ter o livro sempre a mão, para evitar erros que só prejudicam a nós mesmos.

Elaine Canha postou o comentário número:

Oi

Tenho deixado de pensar que não posso comprar isso ou aquilo. Quando uma roupa me cai bem, compro mesmo. Da mesma forma, estou resistindo mais à promoções.

Beijos

Dona Amélia postou o comentário número:

Além de buscarmos o que nos favorece, acho imprescindível termos bom senso na hora de escolher o que comprar.
tenho ombros e quadris largos, pouca cintura, nada de bunda, peitão e colo bonito, então valorizo justamente o que mais gosto. Isso desde sempre, e quanto ás roupas, compro poucas, mas gosto das que duram, pq se há algo que detesto é o tal do barato que sai caro. ;oD

Foi bom olhar as dicas e ver que realmente estou fazendo certinho! ;oD

Xerinhos, frô!
Paty

A FADA DAS AGULHAS postou o comentário número:

Olá Fe,super importante esse manual de dicas para toda mulher.Ontem mesmo,organizei minhas roupas de outono-inverno no armário,e aquelas de verão já guardei separadamente..rs

Beijocas amiga!

Simone Souza

Adriana postou o comentário número:

FERNANDA, ADOREI AS DICAS!!!
SIGO SEMPRE O QUE O ESPELHO ME DIZ... E BOM SENSO SEMPRE!!!

BJS E BJS

Bia Jubiart postou o comentário número:

Excelentes dicas!

O que "evitar", está muito relacionado ao biotipo da pessoa, basta ter um bom senso.

Carinhosssssss

Renata postou o comentário número:

Oi Fer!
Eu gostava bastante de assistí-las!
Gostei demais das suas dicas. Antes eu me vestia super bem, depois que virei uma "entocada", parece que emburreci, nem me lembro mais o que é colocar uma roupa mais "tcham". Meu uniforme é jeans, camiseta e tenis. Até tenho roupas boas e bonitas no armário, mas me acho tão "over"! Acabo sempre optando pelo mais confortável trio já revelado anteriormente. Mas tenho melhorado...
Beijos, Renata
palpitandoemtudo

Ju Ramalho postou o comentário número:

Outro dia no TT eu estava falando de umas peças confortáveis que comprei na hering, que aliás concilia bom gosto, qualidade, 100% algodão, e confortabilidade.

Tenho casaco, blusinha, vestido fino, vestido dia a dia, adoro e fico de olho sempre nas trocas de estações para garimpar peças, e compro de estação tb.

Mas percebi que achavam caras as peças, eu não acho, pelo contrário acho pelo custo X beneficio até em conta, tem peças de banca por ai que sai o mesmo preço.

Acho que muita mulher ainda não aprendeu que menos é mais sempre, se é pra investir o certo é adquirir peças que favorecem as partes bonitas e disfarce as menos facvorecidas, que tenham caimento, qualidade pois terão durabilidade e o $ não será jogado fora.

Eu compro poucas peças mas que me favoreçam e disfarçam outras áreas, e opto por qualidade, seja em loja de departamento ou de ponta de estoque.

òtima dicas no post!

Voltar ao topo Real Time Analytics