quarta-feira, 29 de junho de 2011

Dia dos Namorados - Jogo de Cintura


As histórias de Dia dos Namorados e os depoimentos de Dia das Mães não terminaram. Acabei atrasando de propósito a publicação delas, pois havia outros assuntos planejados para o blog e não quis desorganizar muito as postagens.Portanto, fique atento para não perder nenhuma delas!

Hoje eu trago a história da Samara e do Diel, do blog Fazendo Festa com Arte. Um amor alegre e com muito jogo de cintura. Leia o que diz Samara:


"Nossa história é cômica, divertida. Eu e o Diel erámos colega de trabalho, eu de chefe dele. Após um dia de trabalho, fui dar carona a ele e passei mal dirigindo. Imagina a loucura disso aqui em Sampa. Ele precisou dirigir e me socorrer, mas a coisa era séria, estava tendo um derrame e precisava de UTI.

A recepção do hospital se recusou a fazer a internação porque éramos só amigos. Ele não tinha nenhum contato com ninguém da  minha família, sabia apenas coisas básica sobre mim. Para poder me internar no hospital, passou-se por namorado, noivo e esposo...

O médico da UTI o chamou, pois tinha que conversar, contar meu estado, entregar meus pertences, roupas, etc... Ele fez tudo isso e me deixou na cama do hospital  nuazinha,  e o médico lá conversando... Isso já era de madrugada e nada de minha mãe saber onde eu estava. Quando ela soube do ocorrido, colocou Diel para correr!!!

Fiquei mais de uma semana na UTI, depois fui tranferida para o quarto no hospital, sem telefone e nenhum contato dele.  Precisava agradecer, porque se ele não tivesse me socorrido, eu teria morrido!

Depois disso, nossa amizade se estreitou  e, um mês e pouco depois, já tendo recebido alta, ele me chamou para lanchar. Lá começou a cantar,  tocar violão, imagina a cena? No salão do Habib's´s cantando  minha namorada ... " do Vinícius de Moraes, mas eu não percebi a indireta (diretíssima) do NAMORADA.

Ao voltar pra casa, uma colega perguntou  quem ele era, se era meu namorado. E ele responde: estou a noite inteira cantando "Minha Namorada", pagando mico e ela nem se ligou!!! 


Nosso casamento também tem historinha: casamos no civil em uma cerimônia coletiva nas Casas Bahia e fomos assaltados. Fiz foto na delegacia! E o motel da lua-de-mel tinha gente na suíte, acredite... Para compensar, ganhamos a estadia da suíte presidencial, um luxo! Depois de tudo isso e mais um pouco, nosso amor cresce e somos muito felizes.  Com stress de todo casal, mas felizes!!!

Loja virtual da Samara
LEMBRA-ART PRODUÇÕES

Leia aqui todas as histórias de DIA DOS NAMORADOS




16 comentários:

Maysa postou o comentário número:

Linda história, adorei as peripécias do casal que se transformou numa linda história de amor.
bjs
Maysa

Cláudia postou o comentário número:

A história do derrame foi séria, ainda bem que ela está aqui para contar.

Mas o resto é tragicomédia. Serem assaltados no dia do casamento, e depois ainda depararem com um casal fazendo o que eu não sei, no quarto de motel deles, ahahahha, só rindo.

Samara, felicidades sempre !

Beijus querida.

Érica postou o comentário número:

Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença!

Que delícia de história!

Primeiro ele cuidou da saúde dela para depois se encarregar do coração!

Bom dia!

Fabi postou o comentário número:

Guriaaa... que louca história de amor ! Com certeza daria um capítulo e tanto do livro "Comédias da Vida Privada"... kkkkkk

Beijo grande e ótima semana !

Fabi Teixeira
http://vidaamorerisadas.blogspot.com/

Adelaide Araçai postou o comentário número:

Linda história, faz perceber que felizes para sempre são sempre fatos diferentes daquela maxima romantica.
Abraços

FAZENDO FESTA COM ARTE postou o comentário número:

oi Fê, que legal encontrar nossas historinha aqui! Fascinante e tragicomédia mesmo!!! cada uma que nós já passamos! Mas felizes para sempre!!! o derrame sim, foi mega sério ... mas graças a Deus e com a mãozinha do Diel estou aqui pra contar! eu ainda não tenho um blog totalmente pessoal... está em projeto! Mas tenho um meio profissional rsrsrs afinal trago nossa vida um pouco lá!
Agradeço o carinho de todas!
bjks
Sam
ahhh o blog é o fazendo festa com arte!
mais beijocas a todas e todos!

Adriana Balreira postou o comentário número:

Histórias de amor que começam com uma comédia real é bom demais. Levar a vida a sério não tem graça nenhuma. Muito boa a história de amor deles dois.
Adoro vim aqui e ler essas histórias e vê que ainda existe amor...
Beijos
Adriana

Elaine Canha postou o comentário número:

Bela história!
Mais, coitado, pq a futura sogra o botou pra correr rsrs?

Beijos

Lola postou o comentário número:

Nussss!!! Esse amor TEM que dar certo! Quanta coisa junta: comédia, susto e surpresa....hahahahahaha

Bjs

Clara postou o comentário número:

Ahhh que lindo!!!!
Que sejam felizes enquanto dure!!! Pra sempre.

Roberta M. postou o comentário número:

Ah, adorei a história deles, que máximo, é o destino fazendo as suas!! Beijocass

Lu Souza Brito postou o comentário número:

Fê, que historia deles!

É que sempre penso, quando tem que ser, a gente nao escapa.

Gente na suite de lua de mel? Tá melhor que eu...porque marido e eu desistimos de sair de casa n "noite de nupcias'. O cansaço era tanto que mal consegui tirar o vestido e remover a maquiagem.

Beijos

Coisas de Ceci postou o comentário número:

Samara, acho que ele já estava de olho em vc. eu nem namorava meu marido mas quando ele sofreu um acidente sério de carro fiquei balançada e achando que aquele sentimento que eu tinha era mais que amizade. E já fazem 23 anos de amor e amizade. Felicidades ao casal
Cecília
Natal/RN

Ana Paula Santiago (inventandocasa.blogspot.com) postou o comentário número:

Esse amor resiste a qualquer contratempo!!!!!!!!1 rsrsrrssr. Parabéns aos pombinhos!!

Iara postou o comentário número:

Se começou com um susto desses, não vai ter o que apague esse amor com certeza.
Felicidades aos dois.

Bia Jubiart postou o comentário número:

Vou ler no sábado Fernanda, aqui hoje o dia está tipo: Aaaffffff...

Anda me tentando a escrever uma história de amor buscapé...

Bjssssssss

Voltar ao topo Real Time Analytics