segunda-feira, 13 de junho de 2011

Dia dos Namorados - Na Cama...

Minha amiga Clau, idealizadora do blog da Dieta Coletiva, vai contar a sua história do Dia dos Namorados. Por este motivo, hoje não teremos post da seção Dieta Coletiva aqui. Clau queria passar a lua de mel todinha na cama e conseguiu, mas não foi do jeitinho que ela tinha imaginado!

Relato da @ClauFinotti:

"Desde o namoro até bem pouco tempo, eu e o marido sempre moramos em casas separadas, em cidades diferentes. Isso rendeu muito apavoramento e pressa, e no nosso casamento não foi diferente: tínhamos que aproveitar a minha licença no trabalho/férias para casar e fazer tudo que era preciso naquela época. Ele tinha que fazer cirurgia de vesícula e eu uma cirurgia plástica de redução de mamas, que já esperava fazia tempo. Marcamos tudo ao mesmo tempo: minha consulta, casamento, cirurgia dele e minha cirurgia.

No dia do casamento, acordamos, fomos ao meu médico para marcar a cirurgia e de lá iríamos ao cartório. Eu casei só no civil, seria demais ir consultar de noiva, né? Eu fui de terninho sóbrio mesmo. A consulta atrasou um pouco e tivemos que apressar o médico dizendo que iríamos ainda nos casar naquela manhã. Ele riu e disse que nunca tinha visto aquilo. Chegamos um pouco atrasados, mas os outros casamento tinham atrasado antes do nosso, então não tivemos problemas.

Nos casamos numa sexta e na terça era a cirurgia dele. Lá fomos nós ao hospital. A previsão era de um procedimento menos invasivo e simples, mas acabou sendo preciso fazer um corte abdominal. Imagina euzinha, que nunca tinha tirado um dente siso sequer, acompanhando recém marido no hospital num pós operatório que mais parecia o filme "O Exorcista". A cada sessão de vômitos gastava um lençol inteiro.

No sábado, voltamos da nossa "lua de mel hospitalar" e na terça feira já era minha cirurgia. Neste momento, ele nem tinha como cuidar de mim no meu pós operatório, então chamamos minha prima para nos ajudar. Onze dias depois do casamento estava eu lá operada, de peitos novos e de repouso mais que absoluto. Nos meus retornos médicos era até engraçado ver os dois subindo as escadas parecendo que tínhamos ambos feito uma cesariana.

Tudo isso nos rendeu muitas risadas em família. Não tivemos muito glamour na lua de mel, isso é fato, mas amor temos bastante até hoje."








21 comentários:

Bia Jubiart postou o comentário número:

Mais original impossível! Daria um bom roteiro de filme...


Fernanda, uma ótima semana p/ vc!

Bj.

cecília postou o comentário número:

Clau, que idéia maluca marcar as cirurgias depois do casamento!imagino como foi com vc pq já fiz redução de mamas e o pós-operatório é delicado.Ri imaginado vcs andando juntos, mas casamento é na saúde e na doença, as vzs imaginamos que tudo vai sair da forma que queremos e nada dá certo.
Fernanda, que pena queminha estória nem foi postada. meu marido ficou na expectativa e todo dia entrava no teu blog várias vzs,fica para o próximo ano né?
Bjs, Cecília

Fernanda Reali postou o comentário número:

Cecília, não te preocupes, pois tua história será postada sim.

Como já te expliquei, preciso organizar as postagens, já que as blogagem de esmaltes cresceu e acaba ocupando o fim de semana todo, são muitas participantes.

pode ficar tranquila que publicarei, conforme o combinado.

Beijo e obrigadaaa

Turquezza postou o comentário número:

Ótimo começo rsrs É assim que testamos o Amor ... que não é feito só de risinhos e beijinhos rsrs
Parabéns aos dois pela coragem e felicidades mil.
Beijos.

Clau Finotti postou o comentário número:

Oi Fernanda!

Adorei ver minha historinha no seu blog!

Só esqueci de um detalhe importante: eu me casei dia 03 de junho e fiz minha cirurgia em 14 de junho, ou seja, no meio da confusão toda teve ainda um Dia dos Namorados todinho nada glamuroso, hahaha...

Bjus.

Clau

Cláudia postou o comentário número:

Gente do céu, quando a gente acha que já viu de tudo, vem uma história dessas. Ri, imaginando os dois subindo as escadas. Hilário.
O amor tem disso aí.

Clau, felicidades sempre.

Fernanda, você é demais.

beijus.

Renata Neris postou o comentário número:

Quando ha amor, não é necessário glamou, né? O amor supera tudo. Parabéns e que o amor de vocês continue crescendo, crescendo, crescendo...

Adelaide Araçai postou o comentário número:

Fer eu achava que o meu casamento tinha sido prático e sem romantismo, mas vejo que a Clau me ganhou....kkk O importante é o companheirismo que foi forte até nesta hora.
Tenha uma ótima semana
Abraços

Cristiane Félix postou o comentário número:

Oi Fer,q doideira marcar cirurgia pro casal depois do casamento. Eles são muito corajosos.
Boa semana pra vc.
Abraço.

Luci Hora postou o comentário número:

ADorei a história da Clau! Dei muitas risadas!! Achei a cara dela a história!! haahahaha

Telma Maciel postou o comentário número:

É como falei pra Clau: é muito amor! Casar sabendo q não vai ter lua de mel na época de lua de mel! hueheuheu
Pelo menos a impossibilidade seria dos dois, né? Um 'cuida' do outro, hehehe
Beijo

Ana Maria Braga postou o comentário número:

Adorei conhecer a historia da Clau. Bem diferente.
Uma ótima semana. Bjs

Clara postou o comentário número:

Mulher é bem isso... tem que fazer? Vamos fazer tudo de uma vez. E acaba dando certo. Pelo menos rotina não teve. Adorei!
Beijos.

Zi postou o comentário número:

O que mais vale nessa vida é o amor! boa semana! beijos Zí
www.casadazi.blogspot.com

Adriana Balreira postou o comentário número:

Clau,
Só vocês mesmo para depois de casar se operarem logo em seguida. Nunca tinha ouvido história nem mesmo perto disso! Lua de Mel no hospital sem direito a mel...rsrs....
Beijos
Adriana

Du postou o comentário número:

Querida, desculpe, não consegui avisar todo mundo, mas a @dullim virou @mocadosonho, meu twitter pessoal agora é o @pirlimpimpimm, me segue lá que te sigo de volta! ;-)

Beijos!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez postou o comentário número:

um casamento diferente, com certeza. mas isso que é o legal, já começa um apoiando o outro em um momento difícil.
bjs

Taia Assunção postou o comentário número:

Menina, que situação. No meu entrou uma bebum na hora da Ave Maria cantando: Mãezinha do céu, eu não sei rezar. Bafão. Foi tirada da igreja gritando: eu sou que nem homem, ninguém joga farinha em mim não...rsrsrs. Valei-me! A minha mana casou-se numa segunda-feira (aliás eu também) e o Padre esqueceu...rsrsrs. tiveram que ir atrás de outro. Casamento bom é casamento com história. Beijocas!

Lauisa Sousa postou o comentário número:

Adorei a história..alegrou o meu dia..isso é maravilhoso para deixar o casal ainda mais unido..que linda e cômica história Clau..beijos Fê

Cinderela Descaída postou o comentário número:

O amor verdadeiro tudo supera! Mas que lua de mel dolorida, hein?
O bom é que pode-se fazer várias durante a vida!
bjs para vocês duas (Clau e Fê)

LILIANE postou o comentário número:

Ah que bonitinho....
Cada pessoa começa sua história a dois de uma forma mas o importante mesmo é ter amor, cumplicidade, afeto, amizade.
um beijinho na Clau
um beijinho Fernanda

Voltar ao topo