quinta-feira, 9 de junho de 2011

Dia dos Namorados: Namorando na Escada


Conversando com a Elis, @coisasdelily, ela me disse: -"Deixa eu te contar uma história que nao é romântica, mas é engraçada".

"Eu ainda era solteira e toda noite quando marido/noivo ia me visitar a gente passava horas namorando na escada (quem nunca namorou na escada que atire a primeira pedra!).



Numa noite eu estava sentada num degrau e ele em pé e a gente conversando (Juro!! nesse dia era só conversa! rsrs). De repente ele olha pra trás de mim e rola o seguinte diálogo:

- É melhor vc se levantar.
- Por que?
- Porque tem um bicho estranho vindo na sua direção.

Eu dei um pulo e, claro, olhei pra trás pra ver o tal bicho esquisito que até hoje não sei o que era. Sei que tinha muitas pernas,era enorme e branco, acho que era uma lacraia albina. E num surto de desespero, e com o pavor de pensar que aquele bicho poderia ter encostado em mim, eu comecei a gritar:

-Tira, tira! Por favor! É enorme, Paulinho!!! Eu nunca tinha visto um desses branco!!!

Ele cruzou os braços e disse:

- Ótimo! Obrigado! Agora é que os vizinhos vão me olhar mais esquisito do que já olham.

Na hora eu nao entendi nada e só depois entendi que o que falei ficou meio esquisito. E, de fato, os vizinhos passaram a olhar a gente meio estranho".   :)

*



Viu como eu tenho amigas doidas? ahaha
Se você tem uma historinha romântica de Dia dos Namorados, 
envie para fernandareali@gmail.com e publicarei aqui.


45 comentários:

Marcia Pergameni postou o comentário número:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
escada é tão boooooooooooooooooooom!!!

Thais postou o comentário número:

kkkk
Já passei por situacões bizarras na escada do predio dos meus pais, mas acho q essa dai foi campea de explanação rs

Mari Amorim postou o comentário número:

Fernanda,
adorei,ah,se a escada de minha casa falasse...
Deixo-lhe um abraço cheio de boas energias!
Mari

Flavia postou o comentário número:

To passando mal de rir!!!!!!
Imagina a cara dos vizinhos escutando isso?! kkkk!!!

Adriana Moreira postou o comentário número:

Tô passando mal de tanto rir, menina...kkkkkkkkkkkkkkkkk

Estou imaginando a cena... que vergonha... rsrsrsrsr

Beijão,

Drica.

cecília postou o comentário número:

Essa foi muito boa,kkkk.Imagine os vizinhos que ficam só espiando a "filha do vizinho" namorando na escada só para depois sair falando,tiveram muito o que falarkkkkkkkkkkkkkkkk.

Keilla Colombo postou o comentário número:

Estou me matando de rir...imagina o que os vizinhos pensaram...rsrsr

Clau Finotti postou o comentário número:

Huummm, sei lá se Elis não inventou esse bicho alienígena depois de tudo só prá se justificar com algum exvizinho que leia esse blog, hehehe... tenho lá minhas dúvidas, mas a história foi ótima, valeu pelo riso!!!

Bjos às duas!

Clau

Lu Souza Brito postou o comentário número:

Kkkkkkkkkkkkkkk, ai meu Deus, coitado do namorado, que vergonha deve ter passado.
Ahahaha, mas dessas que ficam marcadas.

Priscyla Rodrigues postou o comentário número:

Kkkkkkkk
Muito engraçado!!!
Fico imaginando a cara dos vizinhos com esse diálogo, digamos assim, "meio pornográfico" hahahahahaha

Bjoks

Elaine Tasquim Biason postou o comentário número:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk chorando de rir!!!
eu imagino a cara dos vizinhos!!!
se fosse eu a vizinha ia olhar estranho tbém, kkkkkkkkkk
vcs são ótimas!!!

Lola postou o comentário número:

Mas se entrou, porque ela queria que tirasse????
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bjs

Elis (Coisas de Lily) postou o comentário número:

Meninas o fato é venérico, digo, verídico!!!!
O tal bicho apareceu e me deixou LOUCA!!! Pior que nunca mais vi 'aquele' bicho branco...hahaha Mas sabem que até hoje a gente nao sabe se de fato alguém ouviu, mas que passaram a olhar pra gente meio esquisito passaram... hahahahaha

*Cellerj* postou o comentário número:

Genteeee, escada é MARA!!!!
kkkkkk
Ri muito!!!!
Bjks

Elaine Canha postou o comentário número:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Cada coisa que acontece com a gente em fase de namoro...

Beijos

Giuliana: postou o comentário número:

Ah Elis, essa foi demais! haha ;oD

O melhor foi a gratidão do namorado por se tornar ainda mais esquisito aos olhos dos vizinhos...rs

Acabei de falar pro namorado que ia mandar a história do dia que começamos a namorar..rs

Beijos

Iara postou o comentário número:

Essa da escada ficou hilária, imagino o pobre do namorado quando teve que dar as caras pela vizinhança de novo.
Sabendo que todo mundo tinha um retrato mental do bicho pensando que era o bicho dele.
Pobrezinho. kkkkkkk

Ana Paula Santiago (inventandocasa.blogspot.com) postou o comentário número:

kkk, eu lendo aqui do lado do marido e cheorei de tanto rir, ele perguntou porque e aí foi a vez dele!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkk
Eu sou a única amiga certa! kkkkk Quem dera!

FAZENDO FESTA COM ARTE postou o comentário número:

kkkkkkkk adorei! já sabe qdo sua filha estiver na escada!kkkk

Márcia postou o comentário número:

Hahahaha, EU RI!
Estou adorando as histórias!

Lufe postou o comentário número:

KKKKKKKKKKKKK

Imagino a cara de "poderoso" do Paulinho quando entrava no predio depois desse marketing todo.....rsrsrs

Dani Pivatelli postou o comentário número:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Rindo muiiiiiiiiiiiiiiiiiiito!!!!!!!!!!!

Leila Brasil postou o comentário número:

Oba!!!! que delícia de acontecimento, rsssss. Ri muito e lembrei que , talvez, naquele "venérico" dia , vênus fez festa atrás das paredes mais próximas a tal escada . Deve ter dados ótimas idéias para os vizinhos. Pode ter acontecido como na canção de Chico Buarque "Valsinha" e a cidade(leia-se vizinhança) amanheceu em paz, rssss

Gisela Marini Dias postou o comentário número:

hihihihi....que comédia!
No início da história eu achei que fosse "outra" coisa, porque quem visse ele em pé e ela sentada na frente dele, mas não visse o rosto dela, poderia imaginar outra coisa...kkkk

Bjos

Carine Gimenez postou o comentário número:

Vindo da Elis nada me surpreende!!
Nunca namorei na escada,vou reclamar com marido.
Beijos.

Telma Maciel postou o comentário número:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Nossa... só tem como rir demais! hauhauahuah
Namorar na escada é fato, mas namorar no portão é perigoso demais... ai, credo! Nem posso lembrar! kkkkk

Cláudia postou o comentário número:

Muito boa.
Já namorei muuuuito em escada, mas não sabia que ... também era chamado de lacraia albina, kkkkkkkkk

Clara postou o comentário número:

OI Fernanda. Adorei a história.
Eu tenho algumas, mas são muito picantes e não dá pra comentar.
Beijos.

Cristiane Félix postou o comentário número:

Muito engraçado....
É cada uma!
Bom fim de semana.
Cris

Renata postou o comentário número:

Oi Fer!
Adorei as estórias! Essa e a do "amor guloso" ! rsrsrs Muito boas!
Beijos! Renata
palpitandoemtudo

Adriana Balreira postou o comentário número:

Escadas de todo o Brasil já viram tudo!!! kkkkkkk...Adorei a história! Coitado do marido da Elis! kkkkkk
Beijos
Adriana

Andrea Cristiane postou o comentário número:

Fernanda, estou rindo até agora deste post, me fez lembrar o dia em que eu e meu marido estávamos entrando no elevador e num determinado momento ele viu um fio de cabelo, aparentemente solto e gentilmente foi tirá-lo da minha blusa, mas quando ele puxou eu dei um gritinho... ai esse tá vivo! Ele se desculpou e nisso notamos que todos no elevador nos olhavam estranho, aí caiu a ficha... se está vivo é piolho! kkkkkkk

DaniMoreno postou o comentário número:

kkkkk... marido e eu tbm namorávamos na escadaria... e no apê abandonado do caseiro!!! O problema é que a porta só abria por fora... tínhamos que entrar e prender a porta pra depois podermos sair. Um dia, a porta escapou... e fechou... e ficamos presos dentro do apê do caseiro láaa no último andar. Ficamos horas rindo e tentando dar um jeito de abrirmos a tal porta. Por sorte, o interfone funcionava e tivemos que chamar o porteiro. Mico nível 10!!! rsrsrs
beijocas, flor!!

Divaléria Gonçalves postou o comentário número:

kkkkkk... esses bichinhos enormes e brancos devem estar em extinção tira não... kkkkkkkk Õ coitado

Voltar ao topo