sábado, 21 de fevereiro de 2015

Qual é a tua obra? #ASemana 8




A festa de entrega do Oscar, premiação máxima do cinema norte-americano, é neste Domingo. Estou torcendo para Boyhood ganhar muitos prêmios, pois o considero o filme da década, inovador, supreendente.

Não houve roteiro com diálogos, apenas indicações do que deveria ser falado. Os atores iam improvisando, o diretor aproveitou o que considerava adequado. Durante doze anos, a equipe se reuniu por cerca de uma semana a cada ano, e filmava assim, livremente. Esta passagem de 12 anos no tempo não é demarcada, e aparece quando percebemos que o menino Mason cresceu, e que outros personagens estão diferentes.

Em vez de Boyhood (meninice), o filme deveria ter sido chamado de Motherhood (maternidade) porque o filme é todo voltado à mãe, interpretada por Patricia Arquette, e como ela supera os desafios, retoma os estudos, se profissionaliza, ama, casa, separa, mantém a família unida por toda a década. Deve levar o Oscar de melhor atriz coadjuvante.

No próximo post, vou falar sobre Still Alice, com Julianne Moore. É uma atuação perfeita, deve levar o Oscar de melhor atriz. 

Nos cinemas brasileiros, recomendo o documentário Cassia Eller. Emocionante, muito bem feito, ágil, nos envolve.


O livro que estou lendo nesta semana se chama "Qual é a tua obra?", do filósofo Mario Sergio Cortella, editora Vozes.


"Gente arrogante é gente que acha que ela é o único tipo de ser humano válido que existe."





"Ser humano é ser junto (...) exige uma noção especial da nossa igualdade de existência, o que nos obriga a afastar do ponto de partida qualquer forma de arrogância."






Clique e veja a palestra completa no youtube, do filósofo Mario Sergio Cortella: "Qual é a tua obra?".



Usei esmalte vinho com acento marrom para combinar com a capa do livro. É o velho e bom Mavala Burgundy 248.





Pintei mais peças em madeira. Escolhi a cor de fundo, um turquesa suave (Coral Bolhas Flutuantes), e a professora Odila escolheu as demais cores.




São diversas etapas, camadas, traços, por isso não consegui concluir. Assim que o sousplat estiver pronto, atualizo o post com as fotos.

Qual a tua obra nesta semana? Que filme te emocionou? Que leitura mexeu contigo?




10 comentários:

Geh postou o comentário número:

Amanhã não quero perder o Oscar, nunca assisti acredita? Pois é...Quero muito assistir Para sempre Alice, ouvi bons comentários sobre ele. E adoro os filmes com essa atriz. O último que assisti foi Sem escalas e adorei.
Já fui uma pessoa muito arrogante sabia, achava sempre que era a dona da razão. Mas aprendi muito e melhorei demais nesse quesito. Os livros sempre nos ajudam! faz duas semanas que não pinto as unhas, estão horríveis. Esse trabalho de pintura é lindo demais, as cores maravilhosas. Bom final de semana. Bjuss

Josye Duran postou o comentário número:

Olá Fernanda!
Gostei muito da história deste filme, vou procurar assisti-lo deve ser muito interessante!!
As cores do sousplat são bem alegres, vai ficar lindo quando estiver pronto!
Bjss

Flávia Lino postou o comentário número:

Olá, querida Fer!
Estou um pouco por fora do Oscar este ano e sua postagem me deu vontade de me informar sobre isso..
A-do-rei o seu post. Acho ótimo quando você dá indicações, sempre são bem-vindas e você tem um ótimo gosto.
Cortella é o máximo, ele é o cara! Vou assistir à palestra.
Uma linda semana para você!

Beijos...

Flávia

http://palavraslino.blogspot.com.br/

Flávia Lino postou o comentário número:

Ops...esqueci de responder suas pergunta...rsrs.

Livro que me emocionou: vários, mas o primeiro deles foi "Feliz Ano Velho" do Marcelo Rubens Paiva. Li há anos e não me esqueço da emoção ao tê-lo em mãos e ler sobre algo tão emocionante como a superação e as dificuldades da história real.

O filme que mais tem me tocado ultimamente é "Diário de uma Paixão"...Adoro a história, os atores, Ryan Gosling é maravilhoso!

Beijinhos novamente, Flávia

Estela Vidal Ribeiro postou o comentário número:

Ola! Não vi o filme Boyhood, mas vi o da Juliane Moore e é simplesmente maravilhoso! O da Cassia Eller também quero ver. Não gostei muito do Sniper Americano, que também tem indicação de melhor filme. Bom, mas não melhor filme. Mas como nunca acerto, tudo é possível...
Beijo

querendoserblogueira.blogspot.com.br

melissa postou o comentário número:

estamos de volte à BC!! Adoro suas postagens,adoro a blogagem!
Bjs

Juliana Ramalho postou o comentário número:

Oie Fer!

O Oscar foi ontem e entre raras surpresas foi bom me motivar a ver esses filmes e outros que estou querendo ver que foi citado e que são estrangeiros.
Esse ano os discursos foram mais cabeças e com algum sentido útil e diretos.
Torci muito por Boyhood e Grande Hotel Budapeste que ganhou muitos prêmios aliás todos que gostei ganharam, fiquei com pena de Keaton merecia pois fazer aquele filme não foi fácil.
Dentre os livros estou lendo muito e relendo, estou adequando meu álbum com esses registros.
Pratico a livroterapia há anos e está dando certo.
Adoro Cortella já usei muito vídeo dele em aula, algumas coisas não concordo outras concordo plenamente.
Esmalte elegante e chic esse, não fiz unhas pois estou com uma grande descamação nelas, e estou tratando, estão fracas e usar esmalte escuro como eu queria preciso esperar.
lindas obras de arte com essas técnicas que está fazendo.
Acho que a vida requer isso se cercar de arte e coisas boas.
É o que desejo para minha pessoa ser feliz com o que faz bem.
Boa semana, bjo

Márcia Zilio postou o comentário número:

Adoro tuas artes e a disponibilidade que tens para elas! Não assisti ao Oscar! (dormi!) Achei DIVOOOO o esmalte! Tuas postagens me cobram, sempre que as leio, que devo voltar a ler outas obras que não sejam as de artigos científicos! hahahaha
Boa semana Fer!

Voltar ao topo Real Time Analytics