quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Enxaqueca e Hábitos Alimentares


Enxaqueca acaba com a vida de uma pessoa. A dor incapacita, exaure, machuca, e ainda temos que ver olhares atravessados porque algumas pessoasnão compreendem a extensão do nosso sofrimento. Passei por isso tempos atrás e estou curada, livre da enxaqueca. Contei tudo no post Não Aceite Sentir Dor.

{Veja mais sobre a relação entre alimentos e enxaqueca neste post antigo, que eu trago para o Vale a Pena Ver de Novo, a série de posts do mês de outrubro, que você pode ler enquanto estou viajando.}



Comer bem pode reduzir - e muito - as dores de cabeça. Já contei aqui neste post como me livrei da enxaqueca. Sempre estou atenta aos gatilhos que possam disparar novas crises e tenho me mantido ótima. Acabei de ler este texto da revista SAÚDE e o trago para compor este segundo post da DIETA COLETIVA.


"Entupir-se de analgésicos não é a melhor saída para o tormento. A grande sacada é prevenir as crises com ajustes no cardápio. É que as dores de cabeça tensionais, inclusive a enxaqueca, dão as caras por causa do aumento do diâmetro dos vasos sanguíneos. Resultado: inflamação e dor. E a comida tem muito a ver com isso.

Alimentos embutidos - como a salsicha - contém nitratos e nitritos, substãncias por trás da dilatação. Daí, nos mais suscetíveis, isso é suficiente para desencadear a dor. Já alimentos ricos em substâncias anti-inflamatórias  podem ajudar a evitar o incômodo. é o caso dos peixes como sardinha e salmão.




Os peixes e o azeite contêm  ômega-3, uma gordura que ajuda a combater cefaléias.


Ajustes no Menu

Antes de trocar o seu cardápio, faça uma observação cuidadosa. Anote tudo o que você come e repare nas reações do corpo. Descubra quais os alimentos que são gatilhos da sua dor. Evite ficar muito tempo de barriga vazia. Durante o jejum, as taxas de açúcar caem, levando à falta de oxigenação e à dilatação dos vasos, o que provoca este tipo de dor. (Dica: lembre-se de comer uma coisinha saudável a cada 3 horas e beber água)

Corte

 * Cafeína - café, refrigerante à base de Cola, guaraná e chá mate (dica - não precisa cortar o café, basta tomar o descafeinado)

 * Nitritos e Nitratos - linguiças, salsichas, carnes, molhos prontos, alimentos industrializados (amo linguiça calabresa e bacon, mas evito ao máximo, pois sei que trazem dor nunca tomo sopas prontas, evito de toda forma os alimentos enlatados e temperos prontos)

 * Tiranina - chocolate, queijos duros, vinho tinto, amendoim, carne defumada, frutas cítricas etc.

 * Fenóis, Aldeídos e Sulfetos - vinho tinto, bebidas espumantes e destiladas em geral

 Aposte

  * Gorduras do bem - azeite de oliva, sardinha, salmão e anchova agem no controle da dor.

  * Triptofano - ajuda a liberar serotonina, que promove bem-estar. Invista em fontes como banana, erva-cidreira, maracujá, pão, arroz integral, feijão, granola.


Este iogurte caseiro da Nilda com uma colherzinha de linhaça, amaranto ou farelo de quinua, hummm, aumenta o bom humor.




Aposte também:

  * anti-histamínicos - inibem a produção de histamina e prostaglandina, responsáveis por inflamações e dores. Estão no orégano, no cravo, na canela e no gengibre.

 * DICA: comer uma banana alivia a dor, mas ela deve estar madura, senão a fruta agrava o quadro."


(Leia meu post sobre os benefícios das bananas)



A amiga Joana faz tratamento contra enxaqueca teve uma melhora significativa porque mudou diversos hábitos, inclusive na alimentação. ela nos conta que devemos:

Incluir: peixes, nozes, castanha do pará, iogurte desnatado, muita fruta, salada colorida(nada de apenas alface e tomate), ovo, farinha integral, queijo branco, azeite de oliva(ao invés de manteiga ou margarina), soja, aveia, um bom vinho, muita água.

Excluir: excesso de fritura (um grelhado é melhor), carne vermelha, biscoitos, doces, refrigerante, farinha branca, bacon, leite integral, embutidos em geral. 
 











*



O objetivo da Dieta Coletiva é a busca por um corpo mais leve, mais saudável, com diversão e com interação entre blogueiros. Não há regras nem fins lucrativos.

Visite o blog Força de Expressão e siga no twitter a @claufinotti, para ficar por dentro de tudo. 

Veja aqui a lista completa das participantes da blogagem coletiva sobre dietas. Haverá posts sempre às segundas-feiras.

Se for participar fazendo posts no seu blog, crie um marcador (tag) chamado Dieta Coletiva para agrupar seus posts e facilitar a vida dos seus leitores. Aqui no meu blog, também há posts que podem interessar quem quer comer de forma mais leve no marcador COMER BEM. Puxe a cadeira e sinta-se à vontade!

Giuliana também deu dicas preciosas no Espaço da Giu.


60 dicas no post da @simonefadasouza. Amei!

2 comentários:

Adelaide Araçai postou o comentário número:

Como sempre você é sempre sensata em seus post, esse com esse maravilhosos alerta é um exemplo e veio bem a calhar, vou convidar minha sobrinha a lê-lo, afinal eu sempre falo sobre isso com ela mas, santo de casa não faz milagres...rsrs

Abraços

Filmes Online postou o comentário número:

Excelente artigo muito rico em informações, eu estava procurando justamente informações alimentares para reduzir a enchaqueca, com certeza aprendi muito, eu li tambem seu post 'Enxaqueca não aceito sentir dor' eu recomendo a todos q veja também, valeu pela dica, bjs...

Voltar ao topo Real Time Analytics