terça-feira, 6 de outubro de 2015

Gorda ou Magra, Veja Como se Vestir Melhor


Muito magra que parece uma tábua? Muito gorda que parece uma matrona? Quem está na dieta coletiva está em busca da sua melhor forma. Além da reeducação alimentar, uma readequação nas roupas é essencial para levantar a autoestima e ajustar a autoimagem.

{Este post foi publicado em 2011. Eu o trouxe para o Vale A Pena Verde Novo, série do mês de Outubro, em que estarei em viagem.}

Eu tenho uma amiga gordinha, que parece muito gorda porque se veste com roupas estampadas e muito folgadas, como se saísse enrolada na toalha de mesa. Um dia, por milagre, ela apareceu com uma blusa tipo bata, lisa, justa nos seios e decotada, soltinha na parte da barriga e do estômago, e me deu a impressão de que ela havia emagrecido uns 10kg!



Não é necessário ter muitas coisas. Duas blusas estilo cache-coeur (decote V, acinturada), uma calça reta, uma saia evasé (cujo corte é em formato de letra A), batinhas estilo império, colares variados para mudar a cara das roupas, uma echarpe. Pronto, eis que surge uma nova mulher.

Este tipo de roupa que você vê na figura abaixo fica bem em mulheres muito magrinhas e também em muito gordinhas. Calça escura reta e blusa acinturada com decote cache-coeur. As mais velhas devem evitar a barriguinha de fora, que só fica bem nas muito jovens.



Um investimento que compensa demais é um bom sutiã, estruturado e confortável, com enchimento fino e alças firmes. Achei com bons preços nas lojas Renner, C&A e Marisa, mas você pode comprar pela internet também. O importante é pesquisar antes de comprar, lendo sobre cada modelo. Estes que eu mostro abaixo são da marca Hope.




Sutiãs para magrinhas, bojo levemente recheado e com sistema push-up, que une os seios e dá impressão de serem maiores e mais arredondados.




Sutiãs para gordinhas, estruturado, transpassado, que separa os seios e os acomoda melhor no decote, evitando o "monosseio" de vovó.






Mais um modelo reforçado para gordinhas, com detalhes nas alças.








No site Vila Mulher:

“É necessário saber o tamanho certo no estilo adequado. Quando você for comprar leve em consideração o seu tipo de seio. Separado? Flácido? Espalhado? Volumoso? E se pergunte. Qual é o efeito que deseja aproximar? Remodelar? Diminuir?”, esclarece.
Na hora escolher o seu também é importante observar a qualidade dos elásticos, além da sustentação do bojo e das laterais. Tecidos de algodão ou mistos, que misturam fios naturais e sintéticos, são as melhores opções. Sintéticos e pouco absorventes pode atrair fungos embaixo ou no bico dos seios
Experimente vários modelos e perceba que o tamanho certo é aquele que cai como uma luva no seu corpo, conforme o seu objetivo. Algumas regrinhas básicas também ajudam. Para seios grandes, o ideal são aqueles com lateral larga. Não se esqueça de trocar a posição das alças para que os ombros não fiquem marcados ou doloridos.
Existem várias opções no mercado para deixar os seios com a aparência de maiores: enchimentos de tecido, água ou óleo, e meia-taça com aros. Há também aquele com fecho na frente. Ao aproximar os seios dão a impressão de serem maiores. “Escolha sempre bojos mais leves, macios e respiráveis. Eles conferem um efeito de realce elegante, com conforto”, finaliza a diretora de marketing.


2 comentários:

Renata postou o comentário número:

Oi Fer!

Gostei das dicas, pois sou tão básica que até desanimo na hora de comprar roupa. Jeans e camiseta é o meu uniforme. Gostei desse estilo de blusa que você postou, não pensei que ficasse bom para as mais cheinhas.

Beijos, Renata
palpitandoemtudo

André postou o comentário número:

Oi Fer, sou administrador do Modafeminina.biz
Agradeço por ter nos indicado!
Seu blog tá show!

Abraço!

Voltar ao topo