Mostrando postagens com marcador Blog bacana. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Blog bacana. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Como você é você?



Como você é você? Eu te fiz essa pergunta porque pergunto a mim todos os dias. Eu não sou a mesma "fernanda" do último post, nem a mesma da semana passada. Isso é bom e é ruim, pois causa espanto e desconforto em quem nos rodeia. Pense e me responda: 

Como você tem sido você?



Hoje, tenho mais música e mais alegria nos meus dias. Tudo tem sido feito normalmente na rotina, mas permeando com uma atitude positiva planejada. Penso, planejo e faço: como posso distribuir algo de bom hoje para o mundo? E para mim, quais os prazeres vou me dar? Todos os dias vou me dar mais cor e mais música.




Nesta jornada em busca de dias musicais e coloridos, meu marido continua sendo meu companheiro de caminhada, de praia, de samba, de exposição de arte, de leitura, de dança, de tudo. Eu tenho um amor intenso por ele, o meu parceiro de vida, meu namorado de sempre.





Que tempos são esses, pergunta o cartaz com o rosto de Bertold Brecht. São tempos obscuros no Brasil, tempos de golpe na democracia, tempos de retrocesso. Por isso, e por muito mais, a gente resiste com a arte, a música, a fotografia, o amor. 




Olhe ao redor, olhe demoradamente onde houver cor.




O inverno no Rio de Janeiro está frio, 
mas dentro de mim só faz sol.



Como você vai ser é fruto não só do acaso, mas de como você quer ser, de como quer ver, de como vai resistir. Você é uma construção diária. Conserve-se, mas se use, se jogue. Seja mais você.



Depois de muitos meses, trouxe
 pequeno post. Escrevo diariamente no Instagram, pela praticidade, e deixo o blog de lado. Muito obrigada se você chegou aqui para ler algo.



Post que faz parte da blogagem coletiva da Elaine Gaspareto 



quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Fim de um ciclo, começo de outro

O ano de 2017 terminou, e eu não fiz um fechamento das postagens, mas vim aqui fazer um post de agradecimento aos leitores e comentaristas. Muito obrigada, amigos virtuais! Todos temos tristezas e alegrias, todos temos o que contar. Obrigada a quem veio ler, apoiar, compartilhar. Se eu fosse contar tudo o que passei em 2017, este blog passaria a se chamar Sessão de Terapia.




No fim de 2017, não vim postar as comidas, nem mostrar a decoração de Natal, nem fiz as proposições de "Feliz Ano-Novo". Não decorei a casa, apenas pus algumas luzinhas. A única coisa que fiz questão de colorir foram as unhas. Usei vários vermelhos em Dezembro, e este "Toque de Ira" foi o mais bonito.



Experimentei tantas coisas desde Outubro, mas tantas, que nem eu acredito. Viagem, passeio, show, leitura, cinema, enfim, tive dias repletos. 

Tenho postado tudo no Instagram instagram @fernandareali  (me diga qual sua @ para eu segui-lo).

Quero agradecer a você, que vem aqui, ler ou comentar.
Quero agradecer à Elaine Gaspareto, que cuida do meu blog e propõe as blogagens coletivas, agregando bons sentimentos.

Sou grata por ter participado diversas vezes do painel #52semanasdegratidão e vou participar dos painéis sobre um novo olhar. No próximo post, vou começar. O que você vê e pode ser revisto com novos olhos, com um novo olhar? Pense. Bisbilhote como funciona clicando aqui.

Fim da blogagem coletiva de 2017


No próximo post, seja bem vindo a um novo OLHAR



terça-feira, 5 de setembro de 2017

Como Nossos Pais




Versos que conversam comigo há anos: a música
Como nossos pais repercute sempre com verdade em mim. 


(...)
Viver é melhor que sonhar
Eu sei que o amor
É uma coisa boa
Mas também sei
Que qualquer canto
É menor do que a vida
De qualquer pessoa...

(...)

Você me pergunta
Pela minha paixão
Digo que estou encantada
Como uma nova invenção
Eu vou ficar nesta cidade
Não vou voltar pro sertão
Pois vejo vir vindo no vento
Cheiro de nova estação
Eu sei de tudo na ferida viva
Do meu coração...

(...)

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo o que fizemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Como os nossos pais...


Meu amor tem sido a melhor companhia para todos os momentos. Com ele fui ver este filme impactante, que se chama "Como nossos Pais", vencedor de diversos prêmios Kikito em Gramado.  #comonossospaisofilme tem tido uma trajetória de sucesso também no exterior. 

O filme se passa em São Paulo, conta a história de Rosa, sua mãe, suas filhas, seu marido, seu estresse, suas angústias, seus desejos, suas frustrações. Rosa poderia ser cada uma de nós em algum momento da vida. Veja o trailer, leia as críticas, assista ao filme, reflita, se emocione. É um trabalho de equipe muito bem concatenado, em que Maria Ribeiro brilha.



Assista ao trailer aqui.


Um momento que vou lembrar para sempre foi o show do cantor Paulo Ricardo no Teatro Riachuelo. Fui com minha filha Helena, com a querida amiga Chris Inventando com a mamãe, e a amiga dela, super simpática, a Marcia. Adorei tudo, cada momento. Paulo Ricardo continua talentoso e carismático, como era da primeira vem em que eu o vi, em 1985. 



Fique atendo às próximas apresentações no show On The Rock.

Chris também postou sobre o show do Paulo ricardo. Dê uma espiadinha no 
Inventando com a Mamãe.


Se você assistir ao filme Como nossos pais, por favor, me conte. Quero saber se foi tão impactante para você como foi para mim. Obrigada pela sua visita!


Participe desta blogagem coletiva, um post por semana, ou quando for possível, conte o seu momento de gratidão e depois leve seu link lá para a minha amiga Elaine Gaspareto.   



sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Faça seu Projeto Felicidade



Sempre tive tendência a melancolia, à tristeza, ao negativismo e à depressão. Depois de alguns anos na terapia, consegui mudar em alguns aspectos, fazendo escolhas melhores, dizendo NÃO para o que me machuca e SIM para o que me faz bem. Mesmo assim, todos os dias preciso fazer essa escolha, porque o mau humor e o negativismo são insidiosos, vão espreitando e tomam conta de tudo. Assim como a pessoa escolhe o filme que vai assistir, a roupa que vai vestir, precisa escolher a ATITUDE que vai tomar diariamente. 



Mês de Novembro: Manter o Coração Satisfeito



Comprei The Happiness Project em Amsterdã, o livro estava escrito em inglês, devorei, li, reli, mas precisava ler em português, porque sabia que me tocaria mais. Foi uma excelente compra. A releitura está me fazendo muito bem.



O livro é dividido de forma a que o projeto seja factível em um ano, para cada mês um assunto é abordado e objetivos são propostos. É tudo muito simples, muito fácil de compreender, mas é difícil aplicar no cotidiano.




Eu não sei perdoar e tenho uma enorme dificuldade em lidar com as frustrações, e o livro me lembra do que posso corrigir. Esta lição eu já sabia: "A felicidade tem uma influência forte no casamento, porque os cônjuges "pegam"o humor do outro com muita facilidade". Não somente cônjuges, mas também todos que convivem se contaminam com o humor alheio. 



Fevereiro: Lembre-se do Amor


Como reagir de forma mais positiva quando a gente é negativa? Tentando se educar. A aprendizagem é um processo constante, temos que lembrar disso. 




Não posso gastar, pois estou economizando para...



É preciso reservar um momento para rir, para criar, para se divertir.

Mês de Maio: Levar a Brincadeira a Sério


Todo o texto da escritora Gretchen Rubin pode ser encontrado na internet, mas eu recomendo que compre o livro porque é preciso reler, marcar, consultar. Gostei de tudo, por isso é difícil selecionar poucos trechos.




 O que eu tenho tentado por em prática:

- Fazer um diário alimentar, ter consciência do que como e bebo
- Guardar lembranças felizes para acessar nos momentos difíceis
- Arrumar um tempo para ser boba, dar risada

- Manter um caderno de gratidão
- Pegar leve com as pessoas, deixar pra lá o que não for tão importante
- Evitar ao máximo fazer comentários negativos

- Gerar mais emoções positivas
- Agir de forma a dar provas de amor; somente a palavra não basta
- Sair da rotina de vez em quando, experimentar algo novo
- Lembrar do que é realmente importante
- Cultivar o sentimento de gratidão diariamente




Visite o site da escritora Gretchen Rubin e leia mais sobre os livros dela. O site está escrito em inglês e, se for necessário, use o google tradutor para ajudá-lo.

No blog Desassossegada, a blogueira Stephanie escreveu sobre como este livro a tocou. 

Obrigada por ler meu post. Se puder, escreva o link do seu blog nos comentários, para que eu possa retribuir a sua visita.


Participe desta blogagem coletiva, um post por semana, ou quando for possível, conte o seu momento de gratidão e depois leve seu link lá para a minha amiga Elaine Gaspareto.   



sábado, 22 de agosto de 2015

O Amor é Simples #CurtiCompartilhei


Tive contratempos e imprevistos na quarta-feira, mas mantive a calma e usei o tempo de espera para fazer algo produtivo: preparei bolos para presentear gente querida, porque o amor é simples.

Frase citada pela Lin Sousa: "Carpe Diem"(aproveite o dia!)




Usei a receita da caixa da AMINNA. Ficou bom, mas a massa ficou pesada. Preciso melhorar algo. Assei-os em marmitinhas, cortei uma embalagem de papelão, fiz uma tampa decorada, e na outra usei guardanapo de decoupage. Levei-os para o lanche com as amigas.




"Menos é mais."
Frase citada por Marlene Bortolin



O calor fez a kalanchoe florescer mais rapidamente, e me encantei com a cor das pétalas. Veja os três mini botões ali atrás:



"Surpresas felizes me sucedem diariamente."
Frase citada por Cris Sant Ana


Do livro Design Your Self, que ganhei tempos atrás da Chris Ferreira  Inventando com a Mamãe, retirei este trecho e o copiei em uma folha de papel. Sobre o amor:




Pus a folha de papel em um envelope e o deixei em um canto do metrô, para que algum desconhecido o leia. 


"Dizeis: darei só aos que precisam. Mas vossos pomares não dizem assim; dão pra continuar a viver, pois reter é perecer." Gibran Khalil Gibran, citado por Angela Soares.


Todas estas citações que recebi, após meu pedido no instagram e facebook, são para compartilhar com pessoas conhecidas ou desconhecidas. No meio de tanto blablablá e de tanto bate-boca que vemos por aí, que tal rechear nossos dias com palavras positivas, afirmativas?



O convite é este: escreva suas frases, ou transcreva trechos de livros, cite aquilo que o faz melhor, poste nas redes sociais usando a hashtag #CompartilhePalavras, para que mais pessoas possam ler.

Como muitas pessoas não usam instagram ou facebook, escreva suas frases em um papel e deixe-o por aí, para ser achado, lido, saboreado. Muita gente deixa lixo nas ruas, mas você pode deixar palavras boas. Cada um só dá o que tem... 

Claudia Pinto criou #CompartilhePalavras. Clique e se ache nesse projeto:





Voltei a ler trechos de O Livro da Psicologia, porque estou precisando de frases para postar no projeto #CompartilhePalavras, e ele traz muitas citações ótimas.


O esmalte Vult tem o pincel bem largo e chato, mais fácil para eu pintar sozinha. Comprei-o na Pink Casa da Manicura e custou cerca de R$ 5,00.


quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Natal e Retrospectiva #ASemana 43


Mil desculpas por eu não ter postado #ASemana de Natal, pois ficamos com a internet péssima em casa, sem chances de conseguir fazer um post cheio de imagens. 


Feliz Natal, para você que veio aqui ler o blog, para você que me faz companhia, mesmo que à distância. Muito obrigada! Sou grata por cada comentário, por cada clique, por cada email.


No dia 18, fizemos um encontro de Natal com as amigas blogueiras e abrimos as cartelas com os nomes das vencedoras da ação entre amigos da Pat Daltro, sorteando duas "Cupcake Maker I" da Britânia. Foi muito gostoso. 




Na foto abaixo, você vê parte do grupo e no meu álbum do facebook você vê todas as fotos. Clique AQUI.



Comprei a máquina de fazer cupcakes há pouco mais de um mês e tenho feito tudo nela: bolinhos, pãezinhos, pastéis assados. Faz sucesso aqui em casa. Em janeiro, faremos a terceira ação entre amigos. Participe, é divertido, é solidário. Na minha página A Gente Escolhe Ser Feliz tem muitas fotos com receitas simples.




Com a internet lenta, fiz mais pinturas. Aproveitei bastante o estêncil que a Roberta Lito me deu de presente.



Comprei Chocolito's para presentear pessoas queridas. Pequena, econômica,  gostosa, a lembrancinha agradou:



Pat Daltro me deu um livro sobre histórias de amor, com prefácio de Martha Medeiros. 



Salvador Dali e Gala, em seu amor inspirador



Nas fotos acima, eu estava usando o esmalte Beauty Color Cherry Up. Não sei se o ganhei da Roberta ou da Zizi Santos. Muito bom e com ótimo brilho, mesmo pintando madeira, plantando, cozinhando, ele durou bem.



Minha amiga Monalise do blog Dividindo Experências nos convidou para fazermos a retrospectiva blogueira de 2014, mas eu ainda não consegui.. 




Faça um post contando a retrospectiva do seu ano blogueiro, respondendo ao que Monalise perguntou neste post.



Monalise enviou as seguintes questões:

1. POST Trabalhoso, mas que você conseguiu produzir!
2. Um post marcante...

3. Indique um post escrito por outra amiga que você leu e nunca esqueceu...

4. Indique um post que você considera como exemplo. Vale uma história, um relato, uma imagem, seja criativa!

5. Indique um post PAP que você fez

6. Indique um post coletivo que você participa ou amou participar.

7. Um post coletivo que você ainda vai participar 
8. Se puder indique um comentário de seu leitor que te deixou feliz

9. Quais seus blogs queridinhos? Aqueles que vc não consegue ficar sem ler.

10. Se quiser compartilhe suas redes sociais para que possamos conhecer seu blog!



Minha queria Elaine Gaspareto já postou a retrospectiva dela, que está, como sempre, imperdível. Clique em Elaine Gaspareto Blog e comprove.


Traga seu link para #ASemana (fale da que passou ou da que virá), conte o que fez de chato ou de bacana, compartilhe suas vivências, com ou sem fotos. Esta interação entre blogueiras é muito gratificante.


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Margaretss: cor, reciclagem, decoração


Margaretss é uma empreendedora, dona do portal Divitae, artesã, blogueira, mulher generosa. Já falei nela inúmeras vezes aqui no blog e nunca me canso. (Clique e relembre um destes posts). 

Ela me inspira a fazer mil coisas, traz cor para a casa da gente... 

Veja a horta vertical da Margaretss


O espelho com colagem de pedrarias na varanda dela



Os banquinhos que ela pintou para a cozinha



As letras que costurou para a filha


Mil dicas de organização e aproveitamento de espaço



Além de fazer mil coisas para ela, para a casa, para as amigas, ela ajuda pessoas que precisam, faz campanhas e divulgação para ajudar quem está em tratamento de doenças. Margaret é uma mola propulsora de ações do BEM. Clique se você se importa com a dor dos outros.



Para falar mais sobre a Margaret, convidei a amiga  Fabiana, do blog Reciclar e Decorar






Se você gosta de arrumar a casa, pintar, reutilizar objetos, dar vida e cor àquilo que o tempo já desgastou, então vai gostar do blog dessas duas artesãs.



Clique na imagem e vá para o blog da Margaretss





Para se inspirar com ideias para sua casa, clique no Reciclar e Decorar.



sábado, 30 de agosto de 2014

O que você precisa ver #ASemana 28



De vez em quando, abro um livro antigo e escolho aleatoriamente um trecho. Sabe o que acontece? Parece que o livro me fala aquilo que estou precisando ouvir. Faça o teste e, se não tiver nenhum livro à mão agora, entre em um site de frases e escolha uma ao acaso. Talvez funcione com você. A mesma coisa acontece para filmes, para cenas cotidianas. O que eu preciso ver aparece na minha frente por acaso. E com você, isso acontece?


Eu precisava ler este trecho e nem sabia...





Aconteceu nesta semana com o trecho do livro Montanha Russa, da Martha Medeiros, aconteceu em um o blog da Andreia Vask, que visitei, aconteceu ao ver um filme antigo (Gente como a Gente): o que eu precisava ver ou ouvir naquele dia estava ali, na minha frente, e eu entendi como um pequeno sinal, uma dica, e tudo isso me fez bem.





"Aprendi a ser feliz não sendo". Escreveu Rosane Castilhos em seu blog:




"Não sou imune a infelicidade, muito pelo contrário, muitas coisas me derrubam, mas de novo se apresenta a mim a escolha, e eu escolho SER FELIZ! Escrevi tudo isso para que não te sintas a única a sofrer, melhor ainda: seu sofrimento me parece pequeno diante de tantos outros, não entenda isso como um desprezo pela sua tristeza, entenda como um incentivo para que você busque ser feliz. É agora a sua chance de ESCOLHA. Só você poderá caminhar seu caminho, só você é responsável por sua história. Não a escreva com tristeza, a escreva com CORAGEM. Se sou feliz? SOU, mas com infelicidades no meio."





Assisti Magia ao Luar, o mais recente filme de Woody Allen. Sou fã do diretor, assisto tudo dele, revejo várias vezes, e fui com mais vontade por ter Colin Firth no elenco. É uma comédia delicada, despretensiosa, com uma direção de arte excelente, em art déco, uma delícia aos olhos, embora eu tenha achado o roteiro previsível. Além do cineminha, tive o privilégio de ter a companhia de duas amigas queridas.


Clique na foto para ver o trailer.




Esmalte Miss Rôse Coral 015 que Claudia Pinto me emprestou. Boa cobertura, vidro fofo em formato de maçã mordida, por cerca de R$ 9,00 na internet ou lojas de produtos para manicure.



Abra os olhos para ver o que precisa ser visto, preste mais atenção aos pequenos sinais. Deixe sua sensibilidade lhe mostrar coisas que podem ser interessantes na sua semana ou na de seus amigos.

ATUALIZANDO

Eu tinha acabado de publicar este texto quando li o post da Priscilla de Sá sobre Três Maneiras de se dizer NÃO. Encaixou bem com o que estava precisando hoje. Leia AQUI.




Voltar ao topo