Mostrando postagens com marcador Rio de Janeiro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Rio de Janeiro. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 12 de março de 2014

Doze Meses Fora de Moda



Passeando pelo Shopping dos Antiquários, em Copacabana, a gente acha tesouros naquelas vitrines. Passeie lá quando vier ao Rio de Janeiro e aproveite para espiar antes aqui.


A loja mais charmosa se chama Brechó De Salto Alto, nome inspirado no filme do Almodóvar, "Tacones Lejanos".


Dá vontade de comprar tudo, porque as coisas são bem cuidadas e estão dispostas em um layout muito convidativo. Fui lá interessada em um telefone antigo e achei muito mais!




O dono se chama Marcos. Foi ele quem me atendeu, gentilmente, mostrando  e explicando as características dos produtos. Ele me disse que seu slogan é "Doze Meses Fora de Moda", pois só trabalha com produtos retrô.



Veja o video do brechó de Salto Alto no youtube:




No Shopping dos Antiquários tem várias lojas interessantes:

Lustres elegantes

Máquina de escrever alemã


Boneca Madrasta da Branca de Neve


A parede do fundo do pequeno shopping tem uma foto muito com um olhar sobre Copacabana do passado 


Detalhe do mesmo painel



O Shopping dos Antiquários é uma galeria que fica na rua Siqueira Campos, 143, no andar em cima da galeria Shopping Cidade Copacabana, junto ao metrô Siqueira Campos. Para saber como chegar e o que mais você pode encontrar lá, clique AQUI.


Gostou de passear comigo por este cantinho de Copacabana? Logo vou postar outra loja linda que conheci lá. Volte para ver.



terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Ao ar livre



Hoje, vim mostrar o que mais tenho feito ao ar livre: andar e piscinar. Não tive nenhum dia de mar em 2014, para evitar a superpolulação nas areias de Copacabana, Leme e Ipanema, as praias mais próximas de casa.



Morar no Rio de Janeiro nos dá o privilégio de esbarrarmos em
paisagens lindas, na mistura mais do que perfeita entre mar e
montanha.

Pode-se ter lazer gastando bem pouco, saindo para caminhar e tomar uma água de coco, por exemplo.






Caminhar faz bem, queima calorias e nos põe em contato com a realidade que nos rodeia. 




Mesmo quando estou em casa, me sinto ao ar livre, porque temos uma varanda com vista para a montanha. Esse por-do-sol espetacular eu fotografei quando estava deitada na rede.



Clique no link e veja meus posts sobre Fotografia  e participe da BC do blog Moca de familia.





quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Luxo puro: Exposição Le Parc Lumière


Hoje eu vou levar você em um passeio surpreendente: vamos a uma exposição de arte cinética? Aproveite, pois pouca gente tem acesso a este luxo:

arte de movimento



Entramos em salas completamente escuras, em salas fechadas de um espaço cultural, que se chama Casa Daros. Lá, a exposição acontece pelo movimento da luz. Muita Engenharia e muito conhecimento em Física para montar o espetáculo, mas para os nossos olhos é pura mágica.

capa do livro do artista plástico argentino Julio Parc




Tudo escuro quando entramos, tateando entre essas imagens


"Le Parc é um dos grandes nomes da arte contemporânea, além de ser considerado um dos precursores da arte cinética. Nesta exposição, o espectador pode conferir uma das principais preocupações do artista: as alterações da luz. O visitante também pode notar o caráter lúdico, sempre presente na arte de Julio Le Parc." (texto daqui).


Guga circulando entre as placas de plástico



Helena e eu entre os quadradinhos de acrílico



São diversos mecanismos diferentes, com efeitos incríveis.




Conforme oestemecanismo abre e fecha, as luzes formam novos desenhos, como se fosse um grande caleidoscópio.



Mesma instalação, agora vista de longe



Deitados em um pufe gigante, em uma sala toda escura, nós vimos uma outra instalação criando efeitos de luz no teto, como se fosse uma nuvem metálica gigante.



E mais adiante...


Uma parede com metais se movendo, fazendo sombras e criando novos formatos



Mesma instalação, agora vista de frente.



Foi uma experiência sensorial interessante e divertida, por ser totalmente interativa. Adultos e crianças vão gostar!



Tudo isso e muito mais na Casa Daros de Botafogo no Rio de Janeiro, um espaço amplo, confortável e bem localizado.



Deixamos o carro no estacionamento do shopping e atravessamos pela passagem subterrânea, por ser mais seguro.


Já estivemos na Casa Daros antes e amamos!


Prédio antigo, mas completamente reformado, confortável!



 Se você vem ao Rio de Janeiro, pode ver a exposição, que fica aberta ao público até Fevereiro de 2014.


A entrada na Casa Daros é gratuita, há diversos espaços, mas a exposição Le Parc Lumière é paga e custa R$ 12 por adulto.




E não deixe de ir à biblioteca com teto de vidro






Clique AQUI e veja nosso passeio no Outono à Casa Daros, com pátios, espelhos etc.


Sábado dia 09 de Novembro:
blogagem coletiva Esmalte Vermelho




sexta-feira, 5 de abril de 2013

Esmalte e Outono com Passeio à Casa Daros


Ando tão apaixonada por esta combinação de cores que todas as semanas eu preciso repeti-la. Fica um Coral maravilhoso! Esmalte O Boticário cor Paris Petit Rose, uma camada. Esmalte DNA Italy cor Rosa vivo, uma camada



Excelentes na consistência, no brilho e na durabilidade. 



Eu achei que esta cor coral combinou muito bem como nosso passeio à Casa Daros, o mais novo centro cultural do Rio de Janeiro. Um casarão antigo, completamente reformado, para receber mostras da cultura latinoamericana e para ser um espaço de educação para a arte.



Estes são os primeiros impressos, que guardarei como lembrança. Aqui, ficamos sabendo que o casarão foi um educandário de moças, qual a proposta deste centro e como foi a reforma. Você pode clicar aqui e saber mais.



Este espelho é uma obra de arte de Oscar Muñoz. O corredor tem vários deles. Quando os sopramos uma imagem de um desaparecido político aparece como uma sombra. Lembre-se que a America Latina viveu muitas ditaduras, por issso este museu tem tantas referências a elas nas obras (mais detalhes das exposições aqui)






Vou escrever um post sobre a obra incrível de Vik Muniz feita com o entulho da obra de reforma da Casa Daros. Volte para ver ao longo da semana!


A torre do Shopping Rio Sul à esquerda e as torres do condomínio Morada do Sol à direita. No meio de tanto prédio, os cariocas devem comemorar esta área ampla que é a Casa Daros.






Gosto de tirar a beiradinha do esmalte passando o polegar na ponta, assim que pinto a unha. Nesta imagem, estava sem tirar as cutículas por 3 semanas, usando Bepantol Derma Creme para hidratá-las.




Foi nosso passeio de Páscoa, ótimo para um dia de outono no Rio de Janeiro. Veja todo meu álbum de fotos da Casa Daros no facebook clicando aqui.

No ano passado, na blogagem coletiva OUTONO, usei as cores das folhas das árvores como inspiração, veja:





Nossa Senhora da Graça do Vik Muniz




Na semana que vem, dia 13, Esmalte e Petit Pois (Poás)
Unhas de bolinhas? Caneca de bolinhas? Roupas de bolinhas? O que você mais gosta de ver neste padrão petit pois?

No dia 20 de abril, Esmalte e Porta Retratos.

sexta-feira, 8 de março de 2013

Arte Adriana Varejão no MAM - Pequenas Felicidades # 64





O Milagre dos Peixes - trabalho maravilhoso e que me encantou demais no último final de semana. Obra que vimos na exposição do MAM Rio. Amei muito!!!

Artista Adriana Varejão.
Clique na imagem para ver o quadro nas proporções e cores originais.



Obra O Selvagem, com girassóis e legumes colados. Logo que Guga olhou, disse: - Mamãe, olha! Parece um quadro do Arcimboldo!  





Esse meu filho já tem olhos preparados para as artes plásticas, e eu adoro isso. Sempre vamos a museus, desde que as crianças eram bem pequenas, e as características dos artistas vão entrando aos poucos em suas cabecinhas.


Nós vimos Arcimboldo na National Gallery (relembre aqui)




Clique na imagem e vá ao site da artista Adriana Varejão

imagem do site da artista


O MAM RIO é lindo e bem localizado.

Pão de Açúcar ao Fundo

imagem do site MAM Rio


O museu fica no Aterro do Flamengo, o maior parque da cidade.

imagem do site MAM Rio


Como todas as construções modernistas, grandes espaços e muitas janelas

imagem do site MAM Rio


Guga é curioso e interessado, aproveita mais este tipo de passeio. Helena gostou, mas ela aproveita bem menos do que o Guga, pois não é curiosa. 

A gente vai falando e descrevendo: olha um Volpi, lembra das bandeirinhas? Aqui o esboço do Abaporu, da Tarsila do Amaral, que vimos em Buenos Aires, lembra? E assim, vamos puxando pela memória dela.

Educar o olhar para a arte é difícil, pois precisamos ler e tentar aprender para podermos passar algo, mas eu ensino mesmo quando não sei: vou ao google e pergunto!



Visite o MAM Rio de Janeiro









*

Sábado dia 9/3 = blogagem coletiva Esmalte e Decoração
Sábado doa 1/3 = blogagem coletiva Esmalte e Cozinha



Voltar ao topo Real Time Analytics