Mostrando postagens com marcador Viagem. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Viagem. Mostrar todas as postagens

domingo, 1 de janeiro de 2017

É Preciso Arte para Viver


Bernini foi o maior escultor que a humanidade teve. Google e confira, perceba que estou falando a verdade. Em um bloco de pedra, mármore, ele não via o bloco, via o movimento, e ia talhando suavemente, até que dali saíam pessoas, anjos. As estátuas de Bernini parecem ter vida, flutuam, pulsam. Eu vi várias ao vivo, eu afirmo, tem vida ali dentro.

Detalhe da escultura O Rapto de Proserpina
Mármore talhado


Nestas mãos malvadas de homem, que agarram com força a mulher, não vejo o pavor e nem a dor da mulher tentando se desvencilhar, pois nem olho o seu rosto. Fixo meus olhos nas mãos apertando a carne com força. E a carne, em questão, é um bloco de mármore.

O rapto de Proserpina
(está na Galeria Borghese, mas ainda não pude vê-la ao vivo)


Como pode haver magia e movimento em um pedaço de mármore? Isto se chama ARTE. A arte faz ver, sonhar, faz viajar, faz sentir tudo o que a dura realidade não nos permite.

Um dia, em 2015, realizei o sonho de ver ao vivo várias obras de Bernini, e amei esta, a Fontana dei Quattro Fiumi, na Piazza Navona de Roma.




Para o ano que começa hoje, eu desejo ter mais arte em minha vida, e desejo que você queira ter mais arte na sua, usando todas as alternativas possíveis, seja viajando, indo a um museu, abrindo um livro, ou seja seja clicando em um link, pois viagem virtual também educa e eleva a alma. Uns minutos de arte por dia tornam a vida melhor, eu acredito, então vamos tentar?

Feliz 2017



Imagens retiradas de HubPage.com

Veja mais obras de Bernini clicando aqui.


sábado, 2 de janeiro de 2016

Ainda estou aqui


Ainda estou aqui, embora tenha deixado o blog sem atualizações por cerca de dois meses. Sem meu notebook, fica muito complicado postar no blogger, não sei blogar de celular. Hoje estou usando o notebook da filha. Então, por favor, me desculpem pelo sumiço. E muito obrigada por tantas mensagens por email e inbox, amigas e leitoras que se importam e querem saber se está tudo bem. Sim, está tudo ótimo. Uma das resoluções de Ano-Novo é voltar a atualizar o blog regularmente. 

Em Novembro, mantive o foco nas pinturas e produzi diversos banquinhos pintados, feitos para presentear as amigas no Natal. Veja no meu álbum Artesanatos 2015 do facebook.

Em Dezembro, fizemos uma viagem a dois, sem os filhos. Eu e meu marido aproveitamos a segunda lua-de-mel do ano, e fomos passear em Praga e Viena. Antes de embarcar, eu tive medo de sofrer com o frio, detesto inverno, mas foi tranquilo. Nesta foto, estão os lugares que eu queria muito conhecer: as locações do filme Antes do Amanhecer, em Viena, que eu vejo e revejo há anos. Fui aos lugares mais significativos para mim deste romance de Jesse e Celine: café Sperl, Museu Albertina, Roda Gigante do Prater, ruas e cantinhos que por anos sonhei.


Viena ,cidade para ver e rever. Amei, quero voltar! Merece um post com fotos e links. Vamos ver se faço ainda em janeiro.





Ainda estou aqui, o mais recente livro de Marcelo Rubens Paiva, que meu marido me deu de presente. Eu queria tanto ler este livro, tanto, e ele foi melhor do que eu tinha imaginado. Com muita habilidade e leveza, o autor aborda temas pesados como o Alzheimer da mãe Eunice, a tortura do pai Rubens e a resiliência de toda a família Paiva. Delicado e emocionante. 






O modo como Marcelo escreve nos torna cúmplices, amigos dele, vivendo dia após dia de situações muito fortes, mas que ele enfrenta com firmeza e bom humor.



Esmalte Manhattan & Shine efeito gel, excelente cobertura, pincel largo e chato




*

Obrigada por sua companhia em 2015. Seja bem vindo aqui no blog em 2016. Tenho posts diários no Instagram e na página A Gente escolhe Ser Feliz. Venha!






sábado, 24 de outubro de 2015

Para Roma, Com Amor


A viagem que fiz a Roma neste mês de Outubro foi maravilhosa, mas não planejo fazer um post detalhado com dicas de turismo. Vou mostrar o que saboreei.

Imagem que fiz de um texto escrito na janela do metrô 



"A vida é curta... Perdoe rapidamente, beije lentamente, ame verdadeiramente, ria sempre que quiser e não se arrependa de nada que o fez sorrir ou chorar."

"La vita è breve... Perdona in fretta, bacia lentamente, ama davvero, ridi sempre di gusto, e non pentirti mai di qualsiasi cosa ti abbia fatto sorridere, oppure piangere." Texto de Sergio Bambaren


Foi uma viagem não muito planejada, mas desejada. Foi a primeira lua-de-mel que fizemos desde que os filhos nasceram, há quase treze anos. Sozinhos, ele e e eu, por oito dias inteiros.

Alugamos um apartamento pequeno e novinho em Trastevere, um bairro residencial, arborizado, cheio de restaurantes, mas com movimento tranquilo de turistas. Isso nos permitiu um bom descanso, depois de caminhar horas pelo centro histórico, no meio da multidão barulhenta e do tumulto do turismo predatório.

MyApARTSuite


Evitamos o estresse, compramos o Roma Pass, passe de três dias para nos livrarmos das filas de bilheteria nas atrações. Riscamos do nosso caderninho qualquer coisa que nos deixasse de mau humor, escolhemos somente o prazer do passeio, sem a neurose do "tem que ver", "tem que ir", "tem que fazer". 

Levamos menos de 5 minutos para entrar no Coliseu usando o Roma Pass.


Em oito dias, eu só tive que comer, caminhar, namorar e dormir. Eram as únicas obrigações, que foram cumpridas com gosto. Sem pressa, sem pacotes, vagando pelas ruas, olhando os prédios, sentindo o cheirinho dos pinheiros, vendo as nuances de azul do céu.

Roma tem uma cor linda, prédios em tons variados da cor de tijolos, amarelos, alaranjados, ocres, com monumentos históricos a cada esquina, igrejas ricamente decoradas, obeliscos esculpidos de forma inacreditável, uma arquitetura de tirar o fôlego mesmo. 


Piazza Navona vista da janela do Museo di Roma



Piazza di Spagna


Você não precisa entrar em nenhum museu para conhecer a História. Basta ler um pouco sobre a cidade e caminhar, que a História vai saltar à sua frente. Mesmo assim, eu quis conhecer os Musei Capitolini, o Museo di Roma, as Termas de Deocleciano, a Cinecittà, o MaXXI Museo, meu preferido.



Vaticano: não ousei encarar a imensa fila de segurança

O lugar mais interessante da cidade para mim: Pantheon


Referências que usei para a nossa viagem:

Filme "ParaRoma, com Amor", comédia de Woody Allen
Filme "Elsa e Fred", de Marcos Carnevale, cinema argentino da melhor qualidade.






Esmalte KIKO cor 382, cinza chumbo levemente perolado, que comprei na loja Kiko da Via Ottaviano, no bairro Prati.


{Estou com ideias bem bacanas para as nossas blogagens coletivas e vou postar aqui. Volte para ver. Obrigada pela visita hoje!}


sábado, 25 de julho de 2015

Porto Alegre, Porto Retrô #CurtiCompartilhei


Bom dia! Boa tarde! Boa noite! Seja bem vindo! 

Assim foi nossa chegada no Hotel Boutique Porto Retro em Porto Alegre. Fomos recebidos com carinho, conforto e bom humor. 




Passamos cinco noites neste hotel em nossas mini-férias de Julho e gostamos demais. Estávamos acostumados a ficar em um hotel enorme, localizado ao lado de um shopping, na rua de trás, então a localização do Porto Retrô foi um fator decisivo para nossa escolha.

Descobri este hotel no Trip Advisor, que é onde sempre inicio a organização de nossas viagens. Em todas as nossas viagens, procuramos nos hospedar em apartamentos com mini cozinha, para podermos atender melhor os filhos no café da manhã e nos lanches da noite. A decoração retrô foi outro ponto que nos chamou a atenção. 


Esta imagem é da copa onde é servido o café da manhã aos hóspedes. Muito charmoso, simples e gostoso. 



No hall do elevador e da escada, um balcão recheado de objetos bonitos nos encantou. 



A decoração antiguinha (retrô) contrasta com as instalações super modernas, tudo funcionando muito bem, novíssimo, fresco, parecendo estar sendo usado pela primeira vez. Dentro de cada apartamento, sala, quarto, banheiro, mini-cozinha bem equipada, poltronas, cadeiras de design e muitos abajures para leitura.



Os quartos são minúsculos, mas bonitos e com roupa de cama perfeita, macia e de excelente qualidade. Pedi travesseiros extras, e eles já estavam lá quando chegamos.




 O frio e a umidade que castigavam o rio Grande do Sul não entraram no hotel, pois os ambientes tinham aquecimento, o que nos ajudou bastante a encarar o inverno. Fazia 12 anos que não ia a Porto Alegre no frio. Sempre escolho ir nas férias de Dezembro. 


Espelho, espelho meu, existe alguém mais friorenta do que eu?





Fizemos muitos passeios, turistamos demais: Mercado Público, Memorial Erico Verissimo, Praça da Matriz, livrarias, restaurantes, shopping centers, cinemas. Revisitamos nossos lugares preferidos.




Conheci o cinema Guion, adorei. No mesmo shopping do cinema, almoçamos no restaurante de comida nordestina, delicioso, com caipirinhas perfeitas.



Levei de lembrança para algumas amigas os tapetinhos de caneca "mug rug"s que a Tania Paz fez. Cachorrinha yorkshire, gatinho, cachorrinha cocker, enfim, fofuras úteis para deixar as cassa das menina mais bonitas.




Se estiver em Porto Alegre, aproveite e faça uma visita para conhecer esse Flat Boutique. É um deleite. Deixo um agradecimento à equipe gentil, especialmente Vanessa.

Este post NÃO é publieditorial. Escolhemos, reservamos e pagamos nossa permanência no hotel. Ele está aqui no #CurtiCompartilhei porque divulgá-lo pode ser útil a outras pessoas, que vão se surpreender positivamente como nós nos surpreendemos.


O livro da Sandra Portugal merece destaque na minha semana e nos links que eu curto e compartilho. É muito bom ver uma pessoa querida realizar um sonho, atingir um objetivo. Eu comprei o livro, Chris pegou o autógrafo para mim, e vou lê-lo durante a semana, para contar para vocês o que achei dele. Saiba mais no site Projetando Pessoas.



Minhas unhas com Esmalte Panvel Topázio e 3 em 1 da KIKO (base, secante e extrabrilho, tudo em um só vidrinho).





*

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Organize com Dicas Práticas #Curticompartilhei




Eu sou muito bagunceira. Por mais que eu arrume, passam-se dois dias e já começa o caos, mas não vou desistir de me educar para a organização. E você, consegue ser organizada? Depois que comecei a ler e a praticar o Método KonMari, descrito no livro A Mágica da Arrumação, de Marie Kondo, as coisas melhoraram bem, mas ainda há bagunça ao redor.

Conforme manda a autora, DESAPEGUEI, doei, pus fora, me desfiz de muitas coisas, mas ainda não foi o suficiente. O que ficou, está sendo arrumado.


Bolsas - deixei na prateleira do guarda-roupas as que uso diariamente e pus as outras, que uso pouco, em uma gaveta bem embaixo.




Guardando todas limpas, a menor dentro da maior, elas não amassam e acho na hora em que preciso.


Uso organizador de bolsa, assim levo o mesmo volume para todo lugar. Antes era pequeno e com compartimentos:





Agora uso outro modelo, como se fosse uma necessaire grande. Dentro tem álcool gel, batom, escova, carteirinha, cartão, chave, celular, bolsa retornável para compras (ecobag ou tote bag). Tudo vai dentro deste organizador com tecido de bolinhas. Ao mudar de bolsa, basta pegar o organizador e tudo vai dentro.





Tenho dois conjuntos de chaves. Um grande, pesado, com todas as chaves da casa, outo bem pequeno, com o que preciso para a entrada de serviço. O chaveiro está costurado a um mosquetão, que é um gancho abre e fecha. Assim a chave fica sempre junto da carteirinha e não a perco na bolsa como antigamente.




Pesquisei como organizar uma mala, pois viajaremos por 4 dias nestas férias. Minhas malas têm sido cada vez menores e mais leves, porém, nesta pequena viagem levarei muita coisa, fruto do desapego que fiz, coisas que vou doar, além de casacos e roupas de frio. 

O tempo está frio e chuvoso em Porto Alegre, não quero lavar roupa nenhum dia, então estou levando oito mudas de roupas por pessoa (normalmente levo quatro e ponho na máquina de lavar à noite). Este post do pinterest me ajudou. 







Nas viagens, levo um adaptador de tomadas e um cabo extra para recarregar o celular. Uma vez, em um hotel, a tomada do quarto tinha folga, e o celular não recarregava. Com o adaptador, minimizo o problema.




Miudezas

Comprei uma sapateira para organizar coisas na despensa tempos atrás, usamos por uns três anos, então ela voltou a ser usada como sapateira de novo. 




Agora, comprei outra sapateira para organizar bijuterias. Na volta da viagem eu posto sobre isso.Veja quanta dica boa para organizar com sapateira tem no Buzz Feed (clique).



Esmalte Bourjois 28 Red Dingue, pincel ótimo,flat, textura encorpada.






*

sábado, 16 de maio de 2015

Turistando em Paris #ASemana 20



Passamos a semana turistando em Paris. Era para ter sido uma viagem a Lisboa, que ainda não conhecemos, mas uma promoção da Air France nos fez mudar o roteiro em cima da hora. Rever Paris é sempre bom, e a cidade está lotada nesta primavera.


Vista do rio Sena pela janela no Museu do Louvre


Passeio de barco pelo rio Sena. Nunca tinha conseguido fazer este pequeno passeio, porque das outras vezes era muito frio ou chovia. Desta vez, fazia sol e estava 22 graus. Perfeito!



À medida que o barco faz seu roteiro de uma hora, o alto falante descreve a paisagem em diversos idiomas. Uma turistada que vale muito a pena, pois a gente vê a cidade de outros ângulos.




Frio de 12 graus no primeiro dia, calor de 30 graus no penúltimo, maioria do tempo com sol de primavera, tudo florido.




Fomos a diversos museus, um por dia, e aproveitamos cada minuto do Museum Pass, que oferece bons descontos e agiliza a entrada nos livrando de filas. 



Crianças vendo as obras de Picasso no Museu de L'Orangerie.



Exposição sobre os Irmãos Lumière e a invenção do cinema no Grand Palais. Clique e passeie por lá!



Da Sacré Coeur de Montmartre, temos a vista da cidade. Seguimos o roteiro do site Conexão Paris e fomos pelas ruas laterais e escadaria, ao contrário das outras vezes, em que fomos pela frente (clique e relembre).



Escultura Aranha Vermelha (L'Araignée Rouge), de Alexander Calder,  no bairro super moderno de La Defense.




Passeei muito, comprei pouco, me diverti demais.



Impossível resistir ao precinho de 5 euros dos livros de colorir, mas só trouxe dois.



Trouxe uma máscara de tratamento para usar após lavar os cabelos e spray para usar antes de secar com o secador, ambos para dar mais volume.  Depois conto se funcionaram.



Gel de limpeza sem álcool e sem parabenos. Vou testar e digo se deu certo. Ando com a pele áspera desde setembro do ano passado, quando tive uma alergia. 




Tivemos  um momento super agradável no Cafe Saint Honoré. Recomendo. Comida boa e atendimento simpático.



Na próxima semana, mostro os esmaltes e mais fotos.


Contei aqui que fiz esmaltação com gel para viajar (leia). O brilho do esmalte Gelish permaneceu intacto nestes 10 dias, mas como minhas unhas crescem rapidamente, logo apareceu a parte branca perto da raiz. Retoquei em casa com esmalte Alfaparf Moda. 



Mão esquerda coberta com esmalte Alfaparf, mão direita somente com o Gelish

Castanho escuro, quase preto. Não consegui ver o  nome da cor.



Mais fotos da semana em A Gente Escolhe Ser Feliz.


Dicas ótimas sobre Paris no site Conexão Paris

O bom e o barato de Paris #Dicas


*
Voltar ao topo