quarta-feira, 29 de junho de 2011

Dia dos Namorados - Jogo de Cintura


As histórias de Dia dos Namorados e os depoimentos de Dia das Mães não terminaram. Acabei atrasando de propósito a publicação delas, pois havia outros assuntos planejados para o blog e não quis desorganizar muito as postagens.Portanto, fique atento para não perder nenhuma delas!

Hoje eu trago a história da Samara e do Diel, do blog Fazendo Festa com Arte. Um amor alegre e com muito jogo de cintura. Leia o que diz Samara:


"Nossa história é cômica, divertida. Eu e o Diel erámos colega de trabalho, eu de chefe dele. Após um dia de trabalho, fui dar carona a ele e passei mal dirigindo. Imagina a loucura disso aqui em Sampa. Ele precisou dirigir e me socorrer, mas a coisa era séria, estava tendo um derrame e precisava de UTI.

A recepção do hospital se recusou a fazer a internação porque éramos só amigos. Ele não tinha nenhum contato com ninguém da  minha família, sabia apenas coisas básica sobre mim. Para poder me internar no hospital, passou-se por namorado, noivo e esposo...

O médico da UTI o chamou, pois tinha que conversar, contar meu estado, entregar meus pertences, roupas, etc... Ele fez tudo isso e me deixou na cama do hospital  nuazinha,  e o médico lá conversando... Isso já era de madrugada e nada de minha mãe saber onde eu estava. Quando ela soube do ocorrido, colocou Diel para correr!!!

Fiquei mais de uma semana na UTI, depois fui tranferida para o quarto no hospital, sem telefone e nenhum contato dele.  Precisava agradecer, porque se ele não tivesse me socorrido, eu teria morrido!

Depois disso, nossa amizade se estreitou  e, um mês e pouco depois, já tendo recebido alta, ele me chamou para lanchar. Lá começou a cantar,  tocar violão, imagina a cena? No salão do Habib's´s cantando  minha namorada ... " do Vinícius de Moraes, mas eu não percebi a indireta (diretíssima) do NAMORADA.

Ao voltar pra casa, uma colega perguntou  quem ele era, se era meu namorado. E ele responde: estou a noite inteira cantando "Minha Namorada", pagando mico e ela nem se ligou!!! 


Nosso casamento também tem historinha: casamos no civil em uma cerimônia coletiva nas Casas Bahia e fomos assaltados. Fiz foto na delegacia! E o motel da lua-de-mel tinha gente na suíte, acredite... Para compensar, ganhamos a estadia da suíte presidencial, um luxo! Depois de tudo isso e mais um pouco, nosso amor cresce e somos muito felizes.  Com stress de todo casal, mas felizes!!!

Loja virtual da Samara
LEMBRA-ART PRODUÇÕES

Leia aqui todas as histórias de DIA DOS NAMORADOS




terça-feira, 28 de junho de 2011

Receita de Pão de Mel Muito Fácil



Eu amo pão de mel, amo! Esta receita é muito fácil. Peneirou, misturou, assou. Nem precisa batedeira. Na próxima vez, vou fazê-los pequenos e redondinhos, porque acho mais delicado.





Passe na peneira os ingredientes secos:

1/2 xícara de açúcar mascavo
1 xícara de açúcar branco
3 1/2 xícaras farinha de trigo
3 colheres sopa de chocolate em pó
1 colher de chá rasa de canela em pó
1 colher de chá rasa de cravo moído
1 colher de chá rasa de noz moscada
1 pitada de sal


Observe como a peneira é importante para reter os grãozinhos que podem criar grumos.









Dissolva 1 colher de sopa de bicarbonato em 1 xícara de leite frio, junte1 xíc. de chá de chá forte feito com1 copo de água, canela em pau, cravo e erva doce

Cada xícara tem um formato e um tamanho, então comprei este medidor na loja de 1,99 para uniformizar as receitas.

Por fim, acrescente uma xícara de mel. Não precisa bater. À medida que for juntando os ingredientes, vá misturando com delicadeza até a massa ficar lisinha.



Coloque a massa em uma forma untada e polvilhada com o chocolate em pó



Leve para assar em forno médio por cerca de 40 minutos. Enfie um palito ou faca no bolo após esse tempo e, se sair limpo e seco, está pronto. Deixe esfriar um pouco para desenformar. Faça alguns furinhos e ponha a cobertura.





Para a cobertura


Derreta 250g de chocolate ao leite (eu usei 100g ao leite e 150g meio amargo) e derreti no microondas por 2 minutos. Passei sobre o bolo com um pincel de silicone, por isso ficou com esta textura, mas você pode passar com uma espátula e deixá-lo bem lisinho.






Lista de ingredientes


1 xíc. de chá de mel
1 xíc. de chá de açúcar
1/2 xíc. de chá de açúcar mascavo
3 1/2 xíc. chá de trigo
1 colher de sopa de bicarbonato dissolvido em 1 xíc. de chá de leite frio
1 xíc. de chá de chá forte (1 copo de água, canela em pau, cravo e erva doce)
3 colh. de sopa de chocolate em pó ou cacau em pó
1 colher de chá rasa de canela em pó
1 colher de chá rasa de cravo moído
1 colher de chá rasa de noz moscada
1 pitada de sal

250 g de chocolate ao leite em barra em raspas para a cobertura


Tempo
10 min de preparo e 45 min no forno (ou menos, depende do seu fogão)

Fonte 

.

  Eu pincelei a cobertura sobre o pão de mel usando um pincel e silicone que ganhei de presente da Alessandra. E olha o que temos aqui???


 A receita de pão de mel da Ale no blog Tomando uma Chávena de Chá! 
Que bacana! Veja lá quantas coberturas gostosas...






Antes e Depois - Escrivaninha do Guga

Quando mudei o guarda-roupa de lugar, surgiu este cantinho no quarto do Guga, que logo se transformou em um canto de bagunça. Eu sabia que o primeiro movimento era instalar uma escrivaninha. A mesa de plástico dele ficou muito pequena para acomodar livros, cadernos, cola, tesoura etc.





Antes de furar as paredes, resolvi colori-las aplicando papel para scrapbooking. Foi uma solução rápida e barata. Há folhas importadas muito lindas e caras, mas estas são nacionais e custaram bem baratinho na Scrap Nana. Um rolo de fita dupla face e uma tesoura, meia hora cortando e colando, pronto, parede transformada!

Marquei os lugares e furei, instalando as mãos francesas e o MDF que mandei cortar.




Para remover as folhas, basta puxá-las delicadamente e a fita dipla face se solta. Portanto, quem não quer danificar as paredes pode se divertir modificando a decoração assim, com papel ou com tecido colado. No dia anterior à colagem, eu lavei e sequei as paredes, para que elas tivessem boa aderência.




Lixei e pintei a face da frente do MDF para que ficasse liso e branquinho. Testei a altura do tampo e da cadeira, mas achei melhor instalar em uma altura de adulto, assim todos podem usar. O MDF ficou a cerca de 60 cm do chão. A cadeira tem uma alavanca que sobe e desce, ajustando-se à altura do usuário.




Guga recolheu seu arsenal de caixas do Pequeno Príncipe e nós as lavamos bem, então ficaram com cara de novas.Elas têm mais de 3 anos e servem para guardar giz de cera, lápis e canetinhas.




Ele ficou tão empolgado com seu novo cantinho que logo correu para fazer os deveres, louco para estreiar a mesa.



Nesta parede que imita patchwork, vou instalar duas prateleiras em MDF branco para organizar o material dele, como folhas, bateria do notebook, pastas com trabalhos. Atualizarei o post assim que elas estiverem instaladas.


Custo

Tampo em MDF 1m X 0,50 m = R$ 33
Rolo de fita dupla face com 30m = R$ 8
Folha de papel para Scrapbooking = R$ 2,50 aprox
Par de mãos francesas = R$ 24,00
Buchas e parafusos = R$ 7,00

Total R$ 109,50
Ver seu filho pulando de alegria para fazer a lição - não tem preço

A ideia de fazer uma imitação de patchork surgiu quando vi uma imagem no blog da @danimoreno_mf
Visite-a clicando AQUI.

*

Explicando: o MDF que mandei cortar tem o acabamento branco, uma espécie de melamina, mas as laterias (cerca de 2 com de altura) não têm acabamento. Foi ali em toda a volta da placa que passei lixa e tinta branca.

Clique e veja como ficou o canto de estudos do Guga com as novas prateleiras e o tapete!



Voltar ao topo Real Time Analytics