Encontre o que você precisa

Comer Bem para Ficar Bem - Post 27 - Dieta Coletiva

em 25/07/2011


Tento comer pouco, de forma bem equilibrada, a cada 3 horas. Desde a consulta médica em junho, reduzi em cerca de 90% o consumo de laticínios e comecei a ginástica na Curves 3 a 4 vezes na semana. Não emagreci, mas nestes 30 dias consegui perder 5 cm de abdomen e 1,5 cm de cintura.

Restringindo muito o consumo de laticínios, percebo que a barriga murchou. Pena que não consigo seguir a dieta completa como a doutora explicou (leia aqui sobre a consulta e a dieta do grupo sanguíneo).


Recebi o seguinte texto por e-mail da amiga @Rosanina, a Rosana Cumpri. Não sei se as informações nutricionais procedem, mas li e reli e acho que só podem fazer bem.




Alimentos & Emoções

Se você anda mais ansiosa que o normal, aposte na banana para elevar os níveis de serotonina. Quando os níveis desse neurotransmissor estão baixos, falha a comunicação entre as células cerebrais. Aí você fica irritada e especialmente ansiosa. A fruta combina doses importantes de triptofano e vitamina B6. Juntas, as duas substâncias se tornam poderosíssimas na produção da serotonina.
Quanto consumir: 2 unidades por dia

Mel - pura alegria
Triste sem motivo? De novo a causa pode ser a serotonina de menos. Nesse caso, o mel funciona como um calmante natural, pois aumenta a eficiência da serotonina no cérebro. Mas não é só aí que ele atua. Quando alcança o intestino, ajuda a regenerar a microflora intestinal. Resultado: o ambiente se torna mais propício para a produção de serotonina. Surpresa? Pois é, cerca de 90% do neurotransmissor do bom humor é produzido no intestino.
Quanto consumir: 1colher (sopa) / dia.

Abacate - amigo do sono
Dormir é tão importante para viver bem quanto comer direito e fazer exercícios. Tem noite que o sono não vem? Põe fé no abacate. Tudo bem, ele tem gordura, mas é boa. E oferece vitaminas que ajudam você a se entender melhor com o travesseiro. A vitamina B3 equilibra os hormônios que regulam as substâncias químicas cerebrais responsáveis pelo sono. Já o ácido fólico funciona como se fosse uma enzima, alimentando os neurotransmissores que fazem você dormir bem.
Quanto consumir: ½ abacate pequeno, 3x / semana.

Mau humor constante pode ser sinal de falta de ômega 3 no prato. O representante oficial dessa gordura amiga é o salmão. Mas existem outros peixes (atum, arenque e sardinha) que jogam seu astral lá para cima. O ômega 3 melhora o ânimo porque aumenta os níveis de serotonina, dopamina e noradrenalina - substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar. Estudos também comprovam que este ácido graxo tira os radicais livres de cena e assim protege o sistema nervoso central.
Quanto consumir: 1 porção, 3x / semana.

Lentilha - afasta o medo
Angústia e medo podem estar relacionados ao desequilíbrio de cálcio e magnésio. Essa dupla atua no balanceamento das sensações. Além de incluir alimentos com cálcio (queijo e iogurte) e magnésio (acelga) na dieta, consuma mais lentilha. Ela tem efeito ansiolítico, ou seja, tranqüiliza e conforta. Isso porque é precursora da gaba, neurotransmissor que também interfere nos sentimentos.
Quanto consumir: 3 conchas pequenas / semana.

Nozes - mantém você concentrada
São muitos os nutrientes das nozes. Mas é a vitamina B1 a responsável por essa fruta oleaginosa melhorar a concentração, pois a B1 imita a acetilcolina, neurotransmissor envolvido em funções cerebrais relacionadas à memória.
Quanto consumir: 2 nozes, 4x / semana.

Chá verde - espanta o estresse
Essa erva, a Camellia sinensis, tem fitoquímicos (polifenóis e catequinas) capazes de neutralizar as substâncias oxidantes presentes no organismo que, em excesso, deixam você cansada e estressada e acabam desorganizando o funcionamento do organismo. O estresse é capaz de desencadear a síndrome metabólica, culpada por doenças como a obesidade e a depressão. Beber chá verde, conforme alguns estudos, melhora a digestão e deixa a mente lenta.
Quanto consumir: 4 a 6 xícaras (chá) / dia.

Brócolis - deixa a mente esperta
É comum você demorar alguns segundos para lembrar o número do seu telefone? Este alimento é rico em ácido fólico, acelera o processamento de informação nas células do cérebro, conseqüentemente, melhorando a memória. Porções extras desta verdura vão fazer você lembrar de tudo rapidinho.
Quanto consumir: 1 pires / dia.

Óleo de linhaça - dribla o apetite voraz
O óleo extraído da semente de linhaça e prensado a frio é uma fonte vegetal riquíssima em gordura ômega 3, 6 e 9. Melhor: é um dos poucos alimentos com ômega numa proporção próxima do ideal, o que é imprescindível para que exerça suas funções benéficas. Uma delas é regular os hormônios que ajudam a manter o sistema nervoso saudável. Com isso, a ansiedade perde espaço e a cumpulsão à comida fica bem menor.
Quanto consumir: 1colher (sobremesa) / dia, antes das refeições principais.

Gérmen de trigo - acaba com a irritação
Assim como as nozes, o gérmen de trigo tem vitamina B1 e inositol, que reforçam a concentração. Mas por ter uma boa dose de vitamina B5, o gérmen é especialmente indicado como calmante, já que melhora a qualidade de impulsos nervosos, evitando nervosismo e irritabilidade.
Quanto consumir: 2 colheres (chá) / dia.

Tofu - espanta o desânimo
O queijo de soja tem o dobro de proteínas do feijão e uma boa dose de cálcio. Também é rico em magnésio (evita o enfraquecimento das enzimas que participam de produção de energia) e ferro (combate a anemia). Quando estes minerais estão em baixa no organismo, você se sente fraca e sem ânimo. Mas é a colina, substância que protege a membrana das células cerebrais, que dá ao tofu o poder de acabar com o cansaço mental.
Quanto consumir: 1 fatia média / dia.

Segundo o e-mail, estes dados são dos seguintes autores:
Dr. Luiz Carvalho - Nutrólogo e Nutricionista
Gabriela Zanatta Port - Nutricionista

*

Você costuma consumir estes alimentos? Sente algum benefício?

Leia também








15 comentários:

  1. Eu perdi 4 kg mas percebi que minha barriga continuava inchada, até que vi na TV um médico explicando que os laticínios faziam exatamente isso, causava inchaço na barriga. De imediato cancelei o iogurte, que tomava duas vezes por dia, às vezes até mais. E diminuí o queijo. Impressionante como minha barriga está ficando chapada.
    Beijocas...

    ResponderExcluir
  2. Que dicas super interessantes sobre os alimentos... este fim de semana mesmo estive super ansiosa, querendo devorar tudo que tinha em casa e o que não tinha, rsrs...
    Preciso gastar energia, tá muito acumulada, rrs.
    Beijokas e boa semana!
    Quando vamos nos ver?
    O problema não é morar longe, é que eu trabalho todo dia! rsrs. Se eu não trabalhasse, podia te ver toda semana.

    ResponderExcluir
  3. Saber sobre os benefícios dos alimentos nunca é demais ...

    Uma ótima semana p/ vc!

    Beijosssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Oi Fer, faz muita diferença tirar o leite, a barriga some! Mas como é difícil né? Eu não abro mão da pizza de sexta a noite, claro que com moderação e boas escolhas. Amo tudo o que tem leite, mas tenho intolerância, e se abusar, enxaqueca aparece como um monstro me devorando os neurônios, tenho que desmarcar pacientes, aff.
    Um beijo amada, vou aproveitar sua dicas.

    ResponderExcluir
  5. Legal saber dessas coisas, adoro, eu já consumo todos esses alimentos rsrs
    Resolvi aderir a uma Blogagem Coletiva minha (quer dizer nossa!) Seria um prazer enorme ter você lá.
    Participa, vai!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Engraçado que não consigo enfiar essa regra dentro de mim de comer de 3 em 3 horas....eu acho que vou me estufar, sei lá! Agora a Curves é algo fantástico e já fiz! Curti porque só tem mulherzinha. hehehehe

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi!

    Olha eu amo alimentação saudavel, sempre como fibras,linhaça,frutas e só como carne uma vez por semana enfim eu faço uma alimentação bem bacana, mas o problema é o fim de semana aqui em casa sábado e domingo é só besteira dai eu não resistoKKKKK, engordei 6 kilos em dois anos de casada sei que não é muito mas se eu não me controlar vai virar uma bola de neve né vou anotar as dicas!

    Bjs; Nini

    http://ninifazendoarte.bogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Fernada! Eu estou precisando bastante de cuidar da minha alimentação! rsrs
    Eu fiz um post de sobre a transformação de de 2 quadros. Veja lá. Se gostar coloque no post "antes e depois" de amanhã. :)

    http://mflorido.blogspot.com/2011/07/patchwork-com-papel-quadros-renovados.html

    beijosss

    ResponderExcluir
  9. Pior é que sabemos destes beneficios todos, dos alimentos funcionais, do que faz bem e mal à saude...e não tem jeito...a tentação é sempre maior!
    Tô tentando me equilibrar...vamos ver se consigo, pelo menos estipulei uma meta pra mim até o fim do ano!
    Bjos e força!

    ResponderExcluir
  10. Fiquei mega feliz com atua passadinha no meu blog, obrigada querida, bjs. Eu não te sigo, eu te persigo falou! kkkkkk

    ResponderExcluir
  11. eu tenho que aprender a comer direito, sou praticamente uma criança birrenta, detesto verduras... afff...

    Mto interessante o post de hj, parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Adorei as dicas! o melhor foi saber que parte desses alimentos eu já consumo diariamente.
    Bjs! Zí
    www.casadazi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Sou bastante disciplinada na minha alimentação,mas sempre gosto de aprender a me reeducar melhor.
    Bjs!

    Simone Souza

    ResponderExcluir
  14. Acho que estou precisandpde muita banana, rs
    :)

    ResponderExcluir
  15. Fe
    Eu tenho uma esteticista que já havia comentado comigo sobre isso. Também li o seu post sobre o tipo sanguínio... sou também O. Ela me disse para cortar leite (substituir por aquele leite zimil, de lactose reduzida), todos os derivados, farinha branca (essa para a minha enxaqueca) e batata. Consegui substituir o leite por 3 meses (sou uma bezerra menina!), mas a batata e a farinha foi impossível. Hoje em dia, tenho conseguido cozinhar com farinha integral, o marido não ama, mas come... a batata é impossível!
    Sobre a carne, sou viciada... então tá fácil!
    Outra coisa que to achando super bacana, é q o meu paladar mudou nestes 15 dias fora... o açúcar da europa, é de beterraba ou o mascavo, então adoça menos. Decidi que vou manter e não vou voltar a usar o refinado. Na medida do possível também não vou adoçar mais... estava com o paladar mto doce e isso me ataca a enxaqueca em cheio!!!!!
    Segundona, dia mundial de início da dieta... vou tirar as medidas e vou ver quanto perco!
    Beijos!
    lelê

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Se gostou do post, por favor, clique e compartilhe. Se puder, deixe seu link.



TOPO