sábado, 28 de fevereiro de 2015

Isto é normal? #ASemana 9


O que é normal para você?  Questione-se de tempo sem tempos. O que passa na sua cabeça?


Veja este trecho do livro que citei no post anterior (Qual a tua obra?), em que o autor Mario Sergio Cortella conta a história de dois índios xavantes em visita a São Paulo e a estranheza que sentiram ao ver nossa vida "normal". O capítulo trata de ética.


"(...) No Mercado Municipal é comida para todo lado. Eles (os xavantes) deram dois passos e ficaram pasmos. Pilhas de alface, de tomates, de cenoura, de laranja. Ficaram com o olhar talvez como o nosso olhar ficaria se entrássemos no cofre de um banco. Em certo momento, um deles viu uma coisa que nenhum e nehuma de nós veria. Ele cutucou e perguntou: "O que ele está fazendo?" E apontou no chão um menino negro, pobre (a gente sabia que era pobre por causa da roupa, ele não saberia) pegando alface pisada, tomate estragado, batata já moída e colocando num saquinho. 

Nenhum e nenhuma de nós veria aquilo, pois para nós era normal. Normal? Cuidado com o conceito de normal. 

Nós falamos: "Ué, ele está pegando comida". O cacique não disse mais nada. Ele continuou andando conosco, mas não prestou atenção em mais nada. Depois de uns 15 minutos, ele falou:

- Eu não entendi. Por que ele está pegando essa comida estragada aqui no chão, se tem essa pilha de comida boa?

- É que para pegar comida dessa pilha aqui precisa de dinheiro.

- E ele não tem dinheiro?

- Não tem.

- Por que não tem dinheiro? - indagava o cacique.

No que ele está cutucando? Na nossa base ética, no nosso valor de vida. A gente acha que criança com fome, mesmo diante de uma pilha de comida boa, pode comer comida estragada. Porque a vida é assim. É normal."



*

Para contrabalançar a visão dura que adquirimos no o cotidiano, temos a Arte, que nos atiça a sensibilidade, nos suaviza.


Cabeça, 1948, pintura de Milton Dacosta.



A pintura Cabeça, de Milton Dacosta, nitidamente influenciada pela arte do pintor espanhol Pablo Picasso, "quando representa diferentes visões do rosto da figura, dividindo-o em duas faces, com grandes olhos negros que nos miram de frente." como se a moça fosse feita de uma dobradura de papel". 



Coleção da Folha, Grandes Pintores Brasileros.



Esmalte vermelho alaranjado da marca Panvel, cor Topázio, para combinar com a pintura de Dacosta.




Você está se alimentando com boas leituras? 
Está dando se dando o prazer da contemplação? 
Está trazendo arte para a sua vida? 
Está questionando a normalidade do cotidiano? 
Está se dando o MELHOR, dentro de suas possibilidades?



Para ver mais fotos desta semana, 

clique em @fernandareali.




sábado, 21 de fevereiro de 2015

Qual é a tua obra? #ASemana 8




A festa de entrega do Oscar, premiação máxima do cinema norte-americano, é neste Domingo. Estou torcendo para Boyhood ganhar muitos prêmios, pois o considero o filme da década, inovador, supreendente.

Não houve roteiro com diálogos, apenas indicações do que deveria ser falado. Os atores iam improvisando, o diretor aproveitou o que considerava adequado. Durante doze anos, a equipe se reuniu por cerca de uma semana a cada ano, e filmava assim, livremente. Esta passagem de 12 anos no tempo não é demarcada, e aparece quando percebemos que o menino Mason cresceu, e que outros personagens estão diferentes.

Em vez de Boyhood (meninice), o filme deveria ter sido chamado de Motherhood (maternidade) porque o filme é todo voltado à mãe, interpretada por Patricia Arquette, e como ela supera os desafios, retoma os estudos, se profissionaliza, ama, casa, separa, mantém a família unida por toda a década. Deve levar o Oscar de melhor atriz coadjuvante.

No próximo post, vou falar sobre Still Alice, com Julianne Moore. É uma atuação perfeita, deve levar o Oscar de melhor atriz. 

Nos cinemas brasileiros, recomendo o documentário Cassia Eller. Emocionante, muito bem feito, ágil, nos envolve.


O livro que estou lendo nesta semana se chama "Qual é a tua obra?", do filósofo Mario Sergio Cortella, editora Vozes.


"Gente arrogante é gente que acha que ela é o único tipo de ser humano válido que existe."





"Ser humano é ser junto (...) exige uma noção especial da nossa igualdade de existência, o que nos obriga a afastar do ponto de partida qualquer forma de arrogância."






Clique e veja a palestra completa no youtube, do filósofo Mario Sergio Cortella: "Qual é a tua obra?".



Usei esmalte vinho com acento marrom para combinar com a capa do livro. É o velho e bom Mavala Burgundy 248.





Pintei mais peças em madeira. Escolhi a cor de fundo, um turquesa suave (Coral Bolhas Flutuantes), e a professora Odila escolheu as demais cores.




São diversas etapas, camadas, traços, por isso não consegui concluir. Assim que o sousplat estiver pronto, atualizo o post com as fotos.

Qual a tua obra nesta semana? Que filme te emocionou? Que leitura mexeu contigo?




segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Para afastar a depressão


Gostei desta dieta que li na Revista Saúde e foi feita para auxiliar no tratamento de combate à depressão, que é uma doença séria e precisa ser tratada. Além de terapia, acompanhamento médico, exames que medem a serotonina e alguns medicamentos adequados cada caso podem servir para livra você desta doença. Comendo bem você consegue diminuir ou mesmo afastar alguns sintomas.

imagem


O café da manhã deve ser a refeição mais elaborada para começar bem o dia. Mesmo com pouco tempo, dá para fazer:

Café da Manhã do Dia 1

1 pote de iogurte desnatado (receita aqui)
1 taça de cereal tipo granola
1 maçã
obs. eu não gosto de granola nem de maçã, então prefiro juntar amaranto, quinua e mel ao iogurte.

Café da Manhã do Dia 2
1 copo 200ml de leite desnatado batido com mamão e adoçante (não uso adoçante)
1 fatia de pão integral com requeijão light

Café da Manhã do Dia 3
1 copo 200ml de suco de laranja com cenoura
1 fatia de pão light com queijo cottage (tempere o cottage com fio de azeite de oliva e orégano, fica ótimo)

Café da Manhã do Dia 4
1 copo 200ml de leite desnatado com banana, cereal (eu ponho mel)

Café da Manhã do Dia 5
1 copo 200ml de vitamina de frutas (leite, fruta, farelo de aveia)


Invista diariamente no consumo de

Banana, espinafre, alho, maçã, laranja, arroz integral, peixe, frutos do mar, aveia, pães, massas, mamão, batata, cará, inhame, mandioca, biscoitos, cereais, farináceos, mel, chocolate e uva passa. 

(Alô, não é para comer a caixa toda de bombom. Coma 2 quadradinhos de chocolate meio amargo por dia e só).

Evite  consumir habitualmente

Café, chá preto, chá mate, refrigerantes, chocolate e guaraná em pó. São estimulantes e aumentam a ansiedade.


Para mim

Jamais fico sem café, mas substituo o da tarde e o da noite pelo descafeinado da Melitta, que é igual ao café comum. Tomo chá preto quando está fazendo frio. Não suporto leite puro, mas o iogurte caseiro que aprendi com a Nilda e o sorvete Molico o% substituem o leite comum.

O lanchinho do meio da manhã pode ser uma castanha do pará, uma frutinha seca como um damasco ou uva passa - pouca quantidade.


.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Real Time Analytics